Conecte-se agora

“Nós não vamos a lugar nenhum gastando 1,3% do PIB com o Judiciário”, diz Jorge

Publicado

em

O senador Jorge Viana (PT) compartilhou um vídeo de um de seus pronunciamentos no Senado, em sua fanpage, nesta segunda-feira (24), onde ele faz um relato que o Brasil gasta 1,3% de PIB com o Poder Judiciário. Viana fez um comparativo dos gastos brasileiros com o que outros países desembolsam para manter o Judiciário.

Segundo Jorge Viana, “1,3% do PIB é gasto com o judiciário e todo mundo acha muito natural”. O petista informa que a Alemanha 0,2%; Portugal 0,2%; Chile 0,2%; Colômbia 0,1%; Itália 0,17% e EUA 0,10%. Como exemplo dos gastos com a estrutura do Judiciário brasileiro, o parlamentar cita a estrutura do Conselho Nacional de Justiça.

O petista afirma que ouviu de ministro do STF, que foi criado o CNJ para ter 60 servidores, mas atualmente teria cerca 1.300. “Certamente com os maiores salários desse país, teto, acima do teto. Nós estamos na marcha da insensatez, gente, e todo mundo bate palmas”. Viana questiona qual estímulo para fazer o curso de Direito.

Para o senador acreano, “nós estamos fazendo escolhas, escolhas perigosas. E todo mundo nesse marasmo que entramos na sociedade está tudo certinho, agora vai ficar bom, agora está ficando péssimo”, diz Jorge Viana, ao comentar o caso da Petrobras, que de acordo com ele valia 15 bilhões de dólares antes do governo Lula.

“Quando Lula assumiu, ninguém tem coragem de falar isso, ela passou para o valor de mercado de 350 bilhões. Entraram os gatunos roubando tudo. Ao invés de prender os gatunos, prenderam a empresa, estão vendendo, destruindo a empresa. Nós não vamos a lugar nenhum gastando 1,3% do PIB do Brasil com o Judiciário”, finaliza.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas