Conecte-se agora

Historiador denuncia que obra de Mazinho Serafim está destruindo patrimônio histórico

Publicado

em

Uma obra de revitalização realizada pela prefeitura de Sena Madureira na praça central da cidade estaria ‘bagunçando o Coreto’. A denúncia é do historiado Carlos Vale. De acordo com ele, a alteração do formato original da Praça 25 de Setembro estaria sendo prejudicada pela construção de quiosques para comercialização de produtos, escondendo a beleza estética e prejudicando o patrimônio cultural.

“Uma praça centenária e que faz parte do nosso patrimônio histórico-cultural, o símbolo e cartão postal de Sena está sendo depredada. Sou a favor da revitalização e resgate dos costumes tradicionais da nossa população em usar esse espaço, pois faz parte do nosso povo, mas temos a responsabilidade de preservar a memória e principal símbolo da nossa cidade que é o Coreto no Centro dela”, diz Carlos Vale.

Para Vale, a obra da administração do prefeito Mazinho Serafim (PMDB) “está destruído parte do patrimônio histórico de Sena Madureira, desprezando a visão paisagística e sociocultural do espaço público. “É preciso, em Sena, que a gestão municipal desenvolva políticas públicas de educação para promover o resgate histórico e cultural das tradições do município, não destruir o que temos”, ressalta.

Segundo o historiador, a prefeitura está construindo quatro quiosques em volta do Coreto, ponto turístico de visitantes e da população local para tirar fotos. Carlos Vale denuncia ainda o que ele classifica como falta de transparência no processo de concessão dos pontos comerciais que deverão ser entregues pela administração municipal nos próximos dias, na cidade de Sena Madureira.

“Há rumores que as concessões de tais quiosques podem estar comprometidas, devido favorecimento político do executivo municipal com o legislativo em troca de apoio. Nesse sentido, seria interessante que o Ministério Público Estadual e a população ficarem atentos quanto a habilitação e os critérios adotados de sorteios dessas concessões públicas cedidas pelo atual prefeito”, finaliza Carlos Vale.

Mazinho Serafim diz que o projeto da obra é da administração anterior

Procurado pela reportagem, o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (PMDB) informou que o projeto da obra dos quiosques é da administração do ex-prefeito Mano Rufino. O peemedebista informou ainda que não pode fazer nenhum tipo de mudança, já que a obra passará por fiscalização do ministério responsável e se tiver alguma alteração os recursos são bloqueados pela pasta.

“Estou obedecendo um projeto de emenda parlamentar que o deputado federal Major Rocha destinou para administração passada. Só estou executando. Eu não posso mudar nada. Se você recebe o dinheiro e mudar um tijolo do lugar, o ministério não paga. A população precisa dos investimentos programados por gestões passadas. A revitalização da praça é um desses projetos”, destaca Mazinho Serafim.

Questionado pela suposta falta de transparência na concessão dos quiosques, o prefeito ressalta que todos os espaços serão licitados e não há possibilidade de fazer nenhum tipo de favorecimento. Mazinho Serafim nega qualquer tipo de benefício a vereadores de sua base de sustentação no município. “Quem me conhece sabe que não trabalho nem cedo a conchavos. Isso é um absurdo”.

Para o prefeito, a denúncia vem de pessoas que foram derrotadas nas urnas e não pensam no desenvolvimento de Sena Madureira. “Uma denúncia totalmente vazia. Basta acompanhar o desenrolar dos fatos está tudo detalhado no portal de transparência. Aqueles quiosques lá são todos licitados. Eu não sei ninguém que vai ficar neles. Quem faz esse tipo de denúncia é totalmente desinformado”, finaliza.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas