Conecte-se agora

Após denúncias e acidentes, Marinha resolve fiscalizar rios em todo o Estado do Acre

Publicado

em

vAs nove mortes contabilizadas apenas esse ano, nos rios do Vale do Juruá, no Acre, já supera os casos de acidente de trânsito registrados em Cruzeiro do Sul, a segunda maior cidade do estado. Após várias reportagens sobre o assunto, a Marinha anunciou que vai fazer o trabalho que lhe é devido e intensificará a fiscalização e apuração dos acidentes na região.

O comandante da Agência Fluvial da Marinha em Cruzeiro do Sul, capitão-tenente Oziel Albino, contou que estão sendo deflagradas campanhas de conscientização ao uso de coletes salva vidas, equipamento obrigatório. “E difícil conscientizar as pessoas a usarem coletes homologados. As pessoas que pagam suas passagens tem que fazer essa cobrança”, falou o comandante.

O último acidente um choque entre duas embarcações ocorreu no Rio Japiim em Mâncio Lima, um homem morreu. Naquele horário era permitido navegar em apenas um sentido. Este ano já morreram oito pessoas vítimas de afogamentos, em ao menos cinco casos a Marinha abriu inquérito administrativo para investigar as causas dos acidentes.

“No caso do Japiim houve um possível desvio de rota, por ser uma curva, uma embarcação devia dar um silvo longo de apito que devia ser respondido pela embarcação na direção oposta”, falou em entrevista coletiva.

Albino explicou, ainda, que ocorrerão as investigações dos acidentes. “Quando acontece um acidente é instaurado um inquérito administrativo que apura a causa determinante desse acidente, e aponta a possível responsabilidade”, explicou.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas