Conecte-se agora

Empresário confirma esquema de troca de votos por combustíveis e diz que está sendo ameaçado de morte

Publicado

em

O empresário Grandi Almeida, presidente do PP de Tarauacá e coordenador da campanha da então candidata nas eleições passadas e hoje prefeita do Município, Marilete Vitorino (PSD), confirmou em entrevista ao ac24horas, o que já havia dito em depoimento ao juiz Guilherme Aparecido do Nascimento Fraga, da 5ª Zona Eleitoral, na semana passada: Houve um esquema de troca de combustíveis por votos na campanha​ eleitoral da atual prefeita.

Segundo o empresário, foram distribuídos em combustíveis para o dia da eleição, 02 de outubro de 2016, R$ 30 mil. “Foi R$ 30 mil, mas a gente já tava devendo um dinheiro lá, ficou R$ 30.700. Ela pagou só R$ 30 mil e ainda deve R$ 5, 7 mil”, afirma. A aquisição foi feita no posto Pontão, na cidade de Tarauacá.

O empresário afirma que estava em casa quando recebeu a ligação de Marilete com a seguinte orientação: “Grandi, eu estou com muita gente aqui na frente da minha casa. Peço que você atenda esse pessoal. Libere combustível pra esse pessoal voltar pra zona rural, porque o negócio tá ficando complicado e eu vou viajar. Ela viajou, pediu pra liberar o combustível pro pessoal voltar pra zona rural, e eu liberei”.

Nesta segunda-feira, por telefone, ao ser perguntada sobre o assunto, a prefeita soltou o verbo contra o empresário. Disse que há chantagens e ameaças por trás do depoimento. “Ele (Grandi Almeida) tá com raiva porque, primeiro queria ser secretário de Finanças, depois perdeu uma licitação e entrou com recurso, perdeu do mesmo jeito. E aí queria outras coisas, chantagem, ameaças, e eu não cedo pra bandido, nunca cedi. Tenho certeza que não vai ter provas, não tem como provar. Foi mentira o que aquele bandido disse. Eu tô tranquila.”

Grandi Almeida diz, ao contrário, que nunca pediu para ser secretário, já que tem suas empresas. Ele também nega qualquer chantagem e diz que recebeu propostas de pessoas ligadas à prefeita para que ele, na audiência, não falasse a verdade sobre o esquema dos combustíveis.

“Recebi propostas de pessoas vindo aqui a mando dela, me oferecer vantagens pra mim na audiência não falar a verdade, queria que eu mentisse na audiência. Eu nunca fiz chantagem a ela, ao contrário, eles vieram aqui me oferecer vantagens. Sobre ela dizer que eu sou bandido eu quero dizer que vou processar ela na Justiça comum. Ela tem que provar que eu sou bandido, eu não sou bandido. Sou cidadão, sou pai de família, sou empresário, eu pago imposto, sou pai de dois filhos, sou casado.”

O empresário diz que depois de seu depoimento na semana passada passou ser ameaçado de morte. “Tô até sendo ameaçado. Se acontecer alguma coisa comigo, com os meus filhos ou com a minha esposa, ela é a responsável direto pelo que acontecer. As pessoas chegam pra mim dizem que eu tô na mira. As pessoas comentam comigo: “ô Grandi você tá na mira. Eu ouvi alguém​ comentado que qualquer vacilo que você der você pode morrer. Se eu fosse você eu ia embora de Tarauacá.”

Anúncios

Acre

Senador Guiomard inicia vacinação de idosos neste domingo

Publicado

em

A cidade de Senador Guiomard, no interior do Acre, começou a vacina pessoas acima de 70 anos neste domingo (28). Dezenas de pessoas começaram a chegar na praça central da cidade da cidade bem antes do horário marcado para o início da vacinação, que era às 8 da manhã de hoje.

Uma tenda foi armada para receber os funcionários da saúde, que de um por um se dirigiam aos carros obedecendo todo protocolo de segurança estabelecido pelo Ministério da Saúde. Dona Maria Helena, professora aposentada, estava ansiosa para receber a dose da vacina. Sabendo que a fila seria grande, mandou a neta na frente. A estratégia deu certo.

A vacinação foi pelo sistema drive-thru, ou seja, as pessoas não precisam sair dos carros. Uma equipe da saúde chegou cedo e distribuiu fichas para evitar que alguém desrespeitasse a ordem da fila.

A meta era aplicar 50 doses para idosos de 70 a 74 anos e 470 para idosos de 75 a 79 anos. A prefeita Rosana Gomes destacou o empenho dos trabalhadores da saúde. “A missão de servir não é para todos e o que eu vejo no grupo é determinação. Esse pessoal me orgulha muito”, disse.

A secretária de saúde, Dayana Reis disse que já esperava um grande número de pessoas atendendo ao chamado. “Fizemos uma boa divulgação porque sabemos o quanto essa vacina é importante, a expectativa era enorme por esse dia”.

Dona Maria de Lurdes, moradora antiga e bastante conhecida na cidade, disse que era um momento histórico, que estava bastante feliz e emocionada. “A vacina significa vida para todos nós, é um passo para a libertação que vamos ter, se Deus quiser”.

A vacinação vai até às 17 horas deste domingo, 28, mas quem não teve condições de ir ao local, pode ligar no número 99201-7530 para agendar uma visita e marcar a data para ser vacinado.

Continuar lendo

Acre

Padre Massimo é vacinado e agradece profissionais de saúde

Publicado

em

O padre Massimo Lombardi, responsável pela área missionária Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco, recebeu a primeira dose da vacina contra o novo coronavírus nessa semana. Uma das figuras católicas mais respeitadas do Estado, Lombardi fez questão de ter sua imagem divulgada e agradecer aos profissionais de saúde que atuam durante a pandemia de Covid-19.

O religioso diz que ficou satisfeito com a organização na Arena da Floresta. “Bom atendimento, celeridade, equipe harmoniosa que dava gosto. Ganhei o meu dia!”, argumentou. Ele se diz grato a todos que se dedicaram para esse momento, sobretudo aos profissionais de saúde e da ciência.

“Muito obrigado aos profissionais de saúde que, ao longo desta pandemia, que começou um ano atrás, se dedicam arriscando a própria vida por nós, que, às vezes, ficamos desatentos e, sem perceber a gravidade, colocamos a saúde dos outros em perigo”, comentou o padre ao ac24horas.

O padre pede ainda que as pessoas deem valor ao dom de Deus que usa os cientistas. “Acredito que todos nós temos uma esperança agora”, ressalta, afirmando eu os jovens percebem agora que vale a pena “se dedicar aos estudos e à ciência e seu um pesquisador, que é uma referência atualmente”.

Continuar lendo

Acre

Bocalom avalia sua gestão: “apesar dos negativistas, estou feliz”

Publicado

em

O prefeito de Rio Branco Tião Bocalom (Progressista) fez uma breve análise de seus primeiros dois meses como gestor da capital acreana. Neste domingo, 28, ele divulgou o que pensa sobre os primeiros dias como prefeito.

Mesmo sendo atacado por críticas, Bocalom considera que sua equipe tem feito o melhor neste momento. “Fechamos o primeiro bimestre. Apesar dos negativistas de plantão que torcem pelo nosso insucesso, estou feliz com todos vocês”, afirma Tião, ressaltando que sua equipe é nova e está tentando errar o menos possível. “Buscando sempre sempre o melhor”, garante.

O gestor destaca que a cada dia, tenta vencer os desafios. “Continuem a buscar a proximidade da perfeição”, pediu.

Ele espera fechar os 4 anos com o maior sucesso que uma gestão já teve em 4 anos. “Muita transparência, estabelecendo parcerias com os órgãos de controle, externo como MP, TCE, TCU e internos, controladorias locais e geral”, diz.

Por fim, o prefeito destaca ter respeito com 17 vereadores da capital acreana.
“Ouvir sempre as pessoas e suas organizações”, concluiu.

Continuar lendo

Acre

Médicos pedem socorro por falta de medicamentos; governo nega

Publicado

em

O Sindicato do Médicos no Acre (Sindmed-AC) emitiu uma nota neste sábado, 27, informando a população de que, além de não ter mais vagas nas Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) nos hospitais públicos e privados do Estado, também faltam medicamentos e insumos básicos para tratamento de pacientes internados com Covid-19.

“Há fila de espera para UTIs públicas e particulares. Não existem vagas. O Hospital do Idoso apresenta falta de estrutura, sem medicamentos. Medicação e demais insumos para atender os internados já são escassos e começam a faltar. Itens como Bomba de Infusão (que faz a infusão de medicamentos ou alimentos para serem injetados de forma regulada no paciente), faltam medicamentos – entre eles até a sedação para a intubação de pacientes, faltam antibióticos”, alegam os profissionais de saúde.

Os médicos denunciam ainda falta de médicos no Estado e que o governo teria se recusado a contratar os profissionais recém formados. “Parte desses colegas estão indo embora por não terem contrato”, lamentam, destacando que, os monitores utilizados para verificar a situação de pacientes estão pifados no Into.

O que diz o governo

O governo do Acre respondeu a nota do Sindmed com uma nota de esclarecimento. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), de fato, nas últimas semanas, as unidades têm apresentado taxas de ocupação superiores a 90% na média.

No entanto, conforme a Sesacre, os pacientes com indicação de UTI, na rede pública, recebem o tratamento necessário nas salas vermelhas das enfermarias que contam com todo suporte de UTI, enquanto aguardam a liberação da vaga.

Sobre a falta de profissionais apontada pelo Sindmed, o Estado do Acre diz que contratou profissionais, não só para capital,mas para o interior do Estado.

‘As equipes de saúde se revezam em plantões de 12h e muitos destes profissionais estão na linha de frente do atendimento às pessoas desde o início da pandemia. Mesmo trabalhando em escalas e quantitativos adequados às normativas profissionais, não há como não estarem cansados. A condição de desgaste gerado na pandemia é diferente de tudo que já vivenciaram na Saúde. O sofrimento gerado, familiares e amigos (quando não os próprios trabalhadores) infectados, alguns de forma grave e até irreversível, também afetam os trabalhadores das unidades”, garante.

O governo assegura que o Into dispõe de equipamentos suficientes para a adequada atenção aos pacientes. “Na última semana, mais um lote de bombas de infusão foram disponibilizadas ampliando a capacidade do parque de equipamentos. Esforço adicional têm sido feito para ampliar o backup destes equipamentos ampliando a reserva técnica. Não há falta de medicamentos. Os estoques são monitorados em tempo real, remanejados entre as unidades e substituídos dentro dos protocolos clínicos validados e utilizados nos hospitais”, concluiu.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas