Menu

Eber Machado diz que servidores estão cansados de discursos e querem apoio na questão de reajuste

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Mais uma vez os agentes penitenciários lotaram as galerias da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), reivindicando apoio para melhoria nas condições de trabalho e reajuste salarial. Durante discurso na tribuna da Casa, o deputado Eber Machado (PSDC) declarou apoio às demandas da categoria e destacou que os servidores públicos estão cansados de discursos e necessitam do apoio do parlamento na interlocução das pautas com o governo do Acre.


“A pauta dos agentes penitenciários é um exemplo. Estes profissionais desempenham um trabalho grandioso. Tenho certeza que esta Casa jamais fechará as portas para esta categoria que vive diariamente, deixa suas famílias em casa para proporcionar segurança para nossa sociedade. Entendemos que as reivindicações são legitimas. Não podemos deixar que estas reivindicações xxxxficassem apenas no âmbito da comissão de segurança da Casa”.


Eber Machado pediu que os colegas abracem as reivindicações dos servidores, tornando o Poder Legislativo “em porto seguro para as categorias de servidores públicos. Vamos continuar defendendo os servidores porque acreditamos que eles procuram ajuda na Assembleia por acreditarem neste poder. Para o deputado, é hora de sair do discurso para prática. Ele acredita que os parlamentares precisam arregaçar as magas e agirem.

Publicidade

“É muito fácil chegarmos aqui e fazermos boas falas. É muito fácil chegarmos aqui e criticar os governos federal e estadual. É muito fácil falarmos palavras suaves aos ouvidos dos servidores, mas eles estão cansados de discurso. Nós temos é que trabalhar. Porque aí, sim, nós estaremos fazendo nosso verdadeiro papel que é representar as categorias e a população”, disse Eber Machado, ao convocar os colegas para abrir portas para negociações dos servidores públicos.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido