Nazaré AraújoA crise que assola as finanças do poder público estadual parece não ter chegado ao gabinete da vice-governadora do Acre, Nazareth Araújo. O setor do Poder Executivo publicou nesta segunda-feira, 15, no Diário Oficial, um extrato de contratação de serviços que ultrapassa os R$ 200 mil. O documento causou polêmica.

Um servidor do gabinete, que pediu para não ser identificado, comentou ao ac24horas que “os comes e bebes são rotina lá no gabinete. Tudo é fartura. Só vendo para acreditar, de tanta cara de pau. A doutora tem um projeto ligado às mulheres, então esse pessoal dela sempre está viajando, na diária. Enquanto isso, eles ficam falando em crise. Basta olhar a transparência para comprovar”, disse o servidor comissionado.

Procurada, a Vice-Governadoria informou que a contratação “pega carona” num processo já em execução pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Além disso, ressalta em Nota Oficial, os gastos podem ou não chegar ao valor da contratação, a depender da demanda do gabinete. A pasta dá como exemplo os episódios em que a vice assume no lugar do governador Sebastião Viana.

No extrato, a contratação é bem clara: são três empresas diferentes “para fornecimento de coffee breaks, ornamentos, coroa de flores e demais objetos a serem utilizados em solenidades, seminários, conferências, treinamentos, workshops e outros acontecimentos estatais de interesse público”, ratificou a Nota. Na verdade, o valor estimado em contrato é de R$ 146 mil, informou ao Vice-Governadoria do Estado.

CASOS SEMELHANTES
Esse não é o primeiro caso de “carona” em licitação que gera polêmica. Uma contratação da Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour (FEM), para utilizar 100 horas de voos intermunicipais, no valor de R$ 196 mil, também levantou debate na sociedade.

A empresa contratada, Aerobran Táxi Aéreo Ltda, é de propriedade de Abraão Candido da Silva, uma familiar próximo do deputado oposicionista Nicolau Júnior (PP). A primeira rubrica havia sido feita pela Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre).

extratos vice-governadoria

Previous
Next
error: Conteúdo protegido!