0bd9d094-595f-4bfa-b0e5-15a5bd588afc

O governador Sebastião Viana disse durante discurso no Palácio Rio Branco, na manhã desta segunda-feira, 15, na solenidade de posse de Sibá Machado como secretário de Indústria e Comércio do Estado, que seu governo zerou a miséria rural no Acre. A declaração do governador foi dada a um público formado por empresários, representantes do setor do comércio e indústria do Acre, pesquisadores de diferentes órgãos públicos e secretários de Estado.

“O campo tornou-se um ambiente de prosperidade. Eu digo que nós acabamos a miséria rural no estado do Acre. Ela não existe mais”, afirmou o petista.

Em todo seu discurso Viana exaltou o que ele considera um avanço no processo de industrialização e produção no Acre. Esse avanço, que o governador diz existir, ocorre graças a diversos programas executados em seu governo.
O petista salientou, entretanto, a existência de “bolsões de miséria urbanos ainda. Pequenas unidades fruto da desavença da droga, da perdição de um desajuste e outro de natureza pessoal”, acrescentou.

O governador citou lugares visitados por ele como aldeias indígenas, reversas extrativistas que “vivem um ambiente de prosperidade”.

“Na área rural nós avançamos. Quando eu ando no Alto Envira, no Alto Amônia, nas comunidades indígenas, nas reservas extrativistas, você vê o tanto que já mudou a ascensão de renda da população desse estado. Pobreza temos ainda, miséria não temos mais”, completou.

Sibá Machado assume o cargo que era até então ocupado por Fernando Lima. O petista deixou a Câmara dos Deputados. No lugar dele, na Câmara, assume nesta terça-feira, 16, o professor Moisés Diniz, do PC do B, primeiro suplente da FPA.

Previous
Next
error: Conteúdo protegido!