Menu

Blogueiro Crica dispara contra os puxa-sacos do governo do Acre

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Sobre este episódio do sai e não sai do deputado federal Alan Rick (PRB) da Frente Popular, da qual já apareceram versões falsas de bajuladores, dizendo que não foi bem isso vai a minha posição. Tenho mais de 40 anos de jornalismo. Não brigo com a notícia. Não sou nenhum ingênuo. Dentro do PT, o secretário estadual Nepomuceno Carioca é um dos raros membros ao qual dou credibilidade quando se trata de passar uma notícia. Divulgo sem checar. Não dou credibilidade a bajuladores e orelhas secas do governo e do PT. Não me relaciono por baixo. Não liguei para ele. Foi ele que me ligou duas vezes: a primeira para falar que o deputado federal Alan Rick (PRB) estava fora da FPA, por não estar disposto a votar com a Dilma e é claro a favor da CPMF. A segunda vez para dizer que o motivo do rompimento na realidade era porque tinha havido uma ruptura nacional do PRB e que seria seguido no Acre. Todo mundo sabe que o deputado federal Alan Rick (PRB) e o governador Tião Viana não têm relação afinada. Isso até o Cabide sabe. Se agora estão tentando uma reaproximação com o Alan Rick e querem jogar água para baixar a fervura é outra história. E é preciso ser muito idiota para imaginar que antes de ligar para mim o Carioca não conversou com o andar de cima. Tenho posição diferente de alguns donos de jornais que para bajular o poder (e bajular é só o que sabem, e bajulador nenhum é respeitado) andaram dando versões querendo descaracterizar a notícia que dei em primeira mão, como se não tivesse acontecido. Quem muito se abaixa o fundo aparece. Ao Rei tudo, menos a honra, diz o ditado. E quantas vezes o Carioca me ligar dando uma notícia vou publicar. Porque é sério. No mais vou continuar fazendo o jornalismo que não dobra caminho. E quem quiser continuar fazendo jornalismo do sim senhor, bom proveito!.


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.