Menu

Sinteac fala a servidores sobre intransigência do governo do Acre

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

unnamed (1)A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinteac), Rosana Nascimento, percorreu dezenas de escolas públicas mantidas pelo estado e pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul, nesta sexta-feira. A sindicalista, que também preside da Central Única dos Trabalhadores (CUT) no Acre. cumprimentou professores, funcionários de apoio e administrativos nas 45 escolas urbanas da cidade. Um grupo de dirigentes do Sinteac visitou instituições de ensino na zona rural da cidade e no município de Mâncio Lima.


“A nossa tarefa aqui é explicar aos trabalhadores, que têm certa dificuldade de acessar as informações vindas de Rio Branco, sobre a intransigência do governo, que alega não ter dinheiro para atender a pauta dos professores mas tem gastos exorbitantes com altos funcionários. Rosana detalhou a difícil negociação ocorrida na última quarta-feira, na Secretaria de Educação, quando a equipe técnica da SEE manteve as alterações na Lei Naluh Gouveia – um direito conquistado há vários anos que, segundo Rosana não deve ser mexido.

Publicidade

Naluh, em entrevista exclusiva ao Veja Política, disse lamentar a postura do governo de oferecer abono de 10%, parcelados em 2016 e 2017, aos professores que alcançarem 25 anos na sala e optarem por cargos pedagógicos até atingirem o tempo de aposentadoria. O Sinteac apresentou contra-proposta de 30%, mas o governo alegou não ter dinheiro.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido