Conecte-se agora

Ativista Germano Marino alfineta petistas por falta de apoio a realização da parada gay no Acre

Publicado

em

Em sua página no Facebook, Germano Marino, representante do movimento GLBT no Acre, mandou um recado virtual aos seus “companheiros de sigla” (PT) na manhã desta sexta, 16. Ao defender a causa dos homossexuais do Acre, ele afirma estar cansado de “varrer a sujeira pra debaixo do tapete”.

No desabafo, ele afirma também que os chefes de gabinete dos parlamentares petistas, que podem contribuir para realização do evento, bloqueiam o acesso do líder e que sequer os ofícios enviados são respondidos.

Em entrevista à reportagem do ac24horas, Germano esclarece o post e explica que o mesmo está relacionado ao fato de que ele tem peregrinado em todos os gabinetes (independente de sigla partidária) em busca de ajuda financeira para realização dos dois eventos (Parada Gay 2014 e 2015), uma atrasada e a outra em plena organização, prevista para ocorrer no mesmo ano (2015).

Segundo ele, essa busca por ajuda tem causado estranheza em muitos companheiros de partido, mas Germano enfatiza que o movimento supera as bandeiras partidárias.

“Antes dos meus companheiros de sigla partidária xiarem com meus posicionamentos, esclareço que nestes 10 anos de movimento Gay apenas dois parlamentares do PT do Acre colocaram a cara a tapa defendendo a cidadania dos homossexuais do Acre, a ex deputada Naluh Maria Gouveia e o Deputado Federal Siba Machado. O restante neste período nem responde nossos ofícios, pauta de agenda porque seus chefes de gabinete nem nos deixam serem atendidos. Então a democracia e algo que devamos respeitar. Cansado de jogar tudo pra debaixo do tapete”.

Em outro post, Germano pede ajuda de seus quase 5 mil seguidores para realização da X Semana Acreana da Diversidade (Parada do Orgulho Gay 2015), pois dois eventos devem ocorrer este ano a de 2014, adiada pela segunda vez, sob a alegação do Governo do Estado envolvendo problemas burocráticos e de transição na liberação da verba e a de 2015 que está em plena organização e definição de data, que deverá ser acordada na tarde desta sexta, 16, em reunião com os demais representantes do movimento.

“Me ajudem a realizar a X PARADA DO ORGULHO LGBT DO ACRE? Estou precisando encarecidamente de apoio e solidariedade, pois este ano mais do que nunca nesses 10 anos de Parada Gay estamos na cara e na coragem. Vocês podem ajudar no 0800? Amanhã teremos uma reunião e definição de data, daí gostaria de pedir humildemente o apoio de todo o coração de vocês!”.

No post anterior, datado do dia 14 de janeiro, Germano esclarece o motivo do adiamento na realização do evento. “Vai ter Parada Gay! Amig@s a X Semana Acreana da Diversidade vai acontecer, esclareço que não há nenhum tipo de impedimento ou má vontade do Governo do Estado na realização das atividades da X Semana Acreana da Diversidade, bem como da X Parada do Orgulho LGBT. O retardamento da realização da atividade acontece devido que temos que seguir termos burocráticos para execução financeira das atividades. Faço esse esclarecimento para não surtar nas pessoas que o Governo quer acabar com a Semana da Diversidade e a Parada Gay, como muitos fazem a devida especulação. Não há nenhuma má fé do Governo do Estado em relação a nossa atividade. De antecedência asseguro que teremos uma das melhores e mais seguras Semanas da Diversidade do Acre. Já nesta segunda quinzena de janeiro sai nova data com a devida programação. Peço humildemente a compreensão, ajuda e a colaboração de tod@s vocês que são nossos heróis nestes 10 anos nessa luta”, esclarece.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas