Conecte-se agora

Sobreviventes do DTT clamam por socorro aos parlamentares do Acre; Confira a reportagem

Publicado

em

DDT_01

O representante do Movimento DDT e Luta Pela Vida, Aldo Moura da Silva, um dos 540 sobreviventes intoxicado pelo Dicloro Difenil Tricloroetano (DDT) no Acre procurou à reportagem do ac24horas para fazer um apelo às autoridades do Estado.

DDT_04Emocionado ao lembrar a difícil situação que se encontra os ‘Soldados da Malária, também conhecidos como ‘Guardas da Sucam’, senhor Aldo relata que dos 330 servidores da Superintendência de Campanhas de Saúde Pública (Sucam) e/ou Fundação Nacional de Saúde (Funasa), ambas extintas, 13 estão em estado gravíssimo, dois na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e um faleceu na primeira semana de 2015.

“Nós trabalhávamos dia e noite e hoje estamos esquecidos, doentes, alguns esperando só a hora de partir. É uma situação muito triste, de abandono mesmo. Naquela época foi dada uma missão e demos conta do recado e hoje estamos morrendo a míngua”.

Aldo Moura faz um apelo especial ao governador Sebastião Viana. “Quero aqui pedir ao nosso governo que se sensibilize com nossa situação, que olhe com mais carinho. Em épocas passadas, a saúde de milhares de pessoas, seringueiros e suas famílias foram colocados em nossas mãos e hoje estamos de mãos estendidas pedindo socorro pela vida!, diz emocionado.

DDT_02

Representante pede união de parlamentares
para aprovação da Lei em Brasília

Aldo Moura acredita que a falta de união e esforço conjunto dos parlamentares acreanos em prol das vítimas do DTT foi o fator principal para ainda não terem assegurado seus direitos.

“O Governo Federal e Estadual tem por obrigação reconhecer esse esforço e oferecer condições mínimas aos sobreviventes e suas famílias para que possam seguir com o tratamento, mas o que temos dos nossos representantes é a omissão. Nunca fomos chamados para uma reunião com objetivo de trazer ou oferecer melhorias de fato à essas pessoas”

O apelo do representante está relacionada a Proposta de Emenda à Constituição 17/2014, de autoria do senador reeleito Valdir Raupp (PMDB-RO), que estava em tramitação no senado, porém encontra-se atualmente parada, em virtude das eleições, recesso parlamentar e readequação da nova bancada.

Em suma, a proposta prevê assistência médica, hospitalar e medicamentosa as vítimas e familiares contaminados e, ainda, uma indenização de R$ 100 mil a cada um desses ‘Soldados da Saúde’.

“Este ano de 2015, teremos uma nova bancada de deputados estaduais, federais e senadores. Precisamos que nossos parlamentares unam forças para ajudar às vítimas e, também, as famílias daqueles que já faleceram. O que pedimos é que a nova Bancada Federal do Acre venha, de fato, fazer a defesa na aprovação desse projeto, em Brasília, que vai beneficiar as vítimas”.

DDT_05

Demora na entrega de exames
‘empurra vítimas pra morte”

Segundo Aldo Moura, desde que o atendimento ‘prioritário’ deixou de ser oferecido às vítimas (2009 e 2010), o número de óbito, que tinha sido zero neste período, subiu no ano seguinte para oito mortes (2012), nove em 2013 e no ano passado (2014) 11 pessoas morreram. Moura ressalta que na última semana, outros três pacientes se deslocaram para Porto Velho – Rondônia – por conta própria -, em busca de melhor tratamento médico. Os gastos com medicação, que na maioria não é disponibilizada pelo SUS, varia de R$ 600, 00 a R$ 800,00 por mês. Sem eles, o quadro clínico do paciente pode evoluir para óbito em questão de dias, informou.

“Em 2009, foi um ano que tivemos atenção prioritária quanto ao tratamento médico, realização de exames, mas hoje a situação é de calamidade. Essa ‘prioridade’ nos foi tirada. O Governo do Estado, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), oferece consulta rápida, porém os exames demoram até 90 dias para serem entregues. Pra quem tá lutando pela vida, isso é um empurrão pra morte”, desabafa.

O representante faz ainda um alerta: “O ano de 2015 será negro para nós, pois já tivemos uma morte na entrada de ano e a previsão é que ocorram outras, já que três estão em estado gravíssimo”.

DDT_05

Entenda o caso

Nos anos 70, eles eram conhecidos como ‘Soldados da Prevenção à Saúde’. Atualmente, aqueles que sobrevivem lutam contra diagnósticos como : câncer e sintomas variados causados por intoxicação severa e crônica, que afeta o aparelho respiratório, além de provocar dores insuportáveis nas articulações, coluna vertebral, trombose, entre outros sintomas causados pelo contato direto com a substância (veneno) manipulado e transportado nas costas de cada ‘soldado’, que percorria todo Acre e Amazônia.

“Naquele tempo, não tínhamos qualquer informação ou treinamento. A gente mesmo quem fazia o preparo [DTT] e carregava o equipamento de borrifar nas costas. O contato era direto e íamos fazendo o combate de surtos e de prevenção e eliminação das doenças transmitidas por mosquitos, como o da malária, leishmaniose, dengue, febre amarela e doença de chagas. Nosso trabalho era feito desde a região urbana as mais longínquas da zona rural”, explicou Aldo Moura.

O trabalho de campo que era feito a pé, a cavalo ou em pequenas embarcações e se deu por anos sem qualquer orientação, treinamento e tampouco equipamentos de proteção individual (EPIs).

Aldo Moura foi entrevistado pela repórter Angela Rodrigues e chegou a se emocionar a relatar o seu drama e dos demais companheiros que perderam a vida. Confira o video exclusivo:

play-rounded-fill

[doptg id=”13″]

 

Destaque 3

Friale prevê chegada da mais forte friagem do ano no Acre, a partir desta quinta-feira (18)

Publicado

em

Segundo o portal O Tempo Aqui, do pesquisador meteorológico Davi Friale, o calor continua até a quinta-feira, 18, no Acre, mas a temperatura mudará bruscamente e acentuadamente com a chegada de uma forte onda de frio polar.

A famosa e típica friagem da Amazônia Ocidental, deixará os termômetros oscilando entre 10 e 13ºC, no leste e no sul do Estado.

De acordo com o boletim divulgado nesta segunda-feira, 15, o fenômeno poderá ser o mais forte do ano, até o momento. Tudo isso após a capital registrar calor recorde, com 35,5°C, no último domingo, 14.

“Alertamos para a alta probabilidade de ocorrência de temporais entre quinta-feira e sexta-feira, com chuvas fortes, raios e ventos, cujas rajadas poderão passar de 50km/h, em alguns pontos”, informa.

Continuar lendo

Destaque 3

Propaganda eleitoral começa na próxima terça-feira (16) e horário gratuito no rádio e TV dia 26

Publicado

em

O mês de agosto marca o início oficial da campanha eleitoral 2022 e nesta segunda-feira, 15, encerra o prazo para os registros das candidaturas.

Na terça, 16, começa o período de propaganda dos candidatos que disputarão as eleições, a ação acontecerá até 01 de outubro.

Durante a data, também será realizado atos políticos em todo o país como caminhadas, carreatas ou passeatas, distribuição de materiais gráficos, panfletagem, divulgação na internet, comícios, somente nos horários das 08h às 22h, entre outras ações.

Já em 26 de agosto, estreia o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão, que irá até 30 de setembro, para os candidatos que concorrem ao primeiro turno.

No dia do pleito, em 2 de outubro, qualquer propaganda poderá ser caracterizada como crime de boca de urna, com pena de reclusão de até 4 anos e pagamento de 5 a 15 dias-multa.

Continuar lendo

Destaque 3

Acre é o estado com mais reclamações sobre comparação de preços de combustíveis

Publicado

em

Segundo dados do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), o Acre é o estado com o maior número de reclamações de consumidores sobre comparação de preços dos combustíveis.

A medida está sendo realizada em relação a lei complementar 194, que alterou as alíquotas do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis.

No canal de reclamações aberto em julho, os consumidores de todo o país, podem preenche um formulário, colocar o nome do posto, a localização e se o estabelecimento está informando em área visível o preço dos combustíveis cobrado no dia 22 de junho e o preço atual para que os consumidores possam comparar.

Além disso, é possível ainda anexar uma foto do local denunciado e especificar cada valores, na página denuncia-combustivel.mj.gov.br.

O último resultado foi divulgado na quarta-feira, 10 de agosto, destacando o Acre em 1° lugar com 480 registros e o Ceará em 2°, com 179 denúncias. Roraima e Amapá foram os que menos registraram reclamações, com 1 e 3, respectivamente.

Continuar lendo

Destaque 3

Acre já apresenta tendência de queda nas síndromes respiratórias graves, diz Fiocruz

Publicado

em

Divulgado nesta segunda semana de agosto, o novo Boletim InfoGripe, da Fiocruz, mostra que a maioria dos estados do país já apresenta sinal de queda nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

O estudo aponta manutenção de queda em grande parte das unidades federativas do Sudeste, Centro-Oeste e Sul; sinal predominante de interrupção do crescimento com alguns estados já iniciando queda no Nordeste; e manutenção do indícios crescimento no Norte.

Três das 27 capitais apresentam indícios de crescimento na tendência de longo prazo até a SE 31: Belém, Boa Vista e Recife. Nas demais, há predomínio de sinal de queda, com sete capitais apresentando estabilidade nesse indicador.

Em oito dos 27 estados, observa-se ao menos uma macrorregião de saúde com sinal de crescimento na tendência de longo ou curto prazo: Acre, Amazonas e Roraima no Norte; Piauí e Sergipe no Nordeste; Espírito Santo e São Paulo no Sudeste; e Mato Grosso no Centro-Oeste.

A análise mostra queda nas tendência de longo (últimas seis semanas) e curto prazo (últimas três semanas). Nas últimas quatro semanas epidemiológicas, a prevalência entre os casos positivos foi de 1,9% para influenza A; 0,2% para influenza B; 5,9% para vírus sincicial respiratório (VSR); e 79,1% Sars-CoV-2 (Covid-19).

Os dados referentes aos resultados laboratoriais por faixa etária seguem apontando para amplo predomínio do vírus Sars-CoV-2, especialmente na população adulta. No grupo de 0 a 4 anos, o volume de casos associados à Covid-19 se mantém acima do observado para o VSR nas últimas quatro semanas.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!