Conecte-se agora

“Se o PT ganhar, quem vai embora sou eu”, diz Sérgio Petecão

Publicado

em

Apesar de a oposição ter conquistado a segunda das três vagas no Senador Federal, o Estado poderá ficar sem um dos três senadores. O senador Sérgio Petecão (PSD) prometeu durante uma reunião, que vai embora do Acre, caso a Frente Popular, coligação comandada pelo PT ganhe a disputa do segundo turno pelo comando do governo na disputa eleitoral deste ano.

O senador Jorge Viana (PT) entrou na polêmica levantada por Petecão. O petista disse que ficou surpreso com as declarações “do meu colega de Senado. Eu o trato como colega, por respeito, mas foi a declaração mais infeliz da vida dele. Tomara que não esteja vinculada ao insucesso que ele tem tido uma eleição após a outro. Inclusive, nesta que ele não conseguiu eleger ninguém”, ressalta.

OUÇA A GRAVAÇÃO

play-rounded-fill

 

A coligação de Sebastião Viana (PT) pode ter jogado baixo ao usar o horário eleitoral para expor uma gravação que pode ter sido feita sem autorização judicial, mas expõe Petecão, que nos bastidores é visto como um político que trabalha apenas para atender seus interesses particulares. Ele tentou eleger a esposa como deputada federal, que ficou na suplência.

A gravação de áudio teria sido feita em uma reunião para traçar estratégias para disputa do segundo turno das eleições para o governo do Acre. “… eu acho que esta eleição, ela não é uma eleição. Essa é a eleição. Eu sinceramente. Eu já disse para alguns: se o PT ganhar, quem vai embora sou eu. Não dá mais, não tem sentido, se vai renovar tudo de novo”, diz Petecão.

O parlamentar que passou longos anos na Frente Popular, apoiando os governos petistas, prossegue o relato informando que já teria 50 anos, que não teria sentido esperar mais 20 anos, com o PT no poder. “Eu vou ter que partir. É que parece brincadeira, mas é muito sério isso”, finaliza Petecão na gravação de áudio que vem sendo explorada pelo PT nas inserções de TV.

Procurado pela reportagem, o senador Petecão afirma que foram assessores do PT que participaram da reunião com o único objetivo de atingi-lo. Ele destaca que a reunião teria acontecido na sede da Fameta. “Falei numa roda de debate com a militância. Tem muita gente que pensa desta mesma forma que, se o PT ganhar é melhor ir embora do Acre. É muita perseguição”, enfatiza.

Sem esconder sua opinião sobre os líderes petistas, Petecão diz que gravar pessoas é uma prática comum dos líderes petistas. “Eles proíbem até celular em suas reuniões, porque sentem medo do próprio veneno. Muitas pessoas estão pensando exatamente em fugir desta ditadura. Muita gente que não aguenta mais tanta perseguição e tanta roubalheira”, finaliza Petecão.

“A formiga sabe a folha que corta”

Jorge Viana não poupou as críticas a Petecão. “Como é que um senador que tem mais quatro anos de mandato, pode fazer uma ameaça destas ao eleitor, que se a eleição não sair como ele quer vai embora do Acre?”, questiona Viana ao lembrar que Petecão teve sucesso na política, na época de seu governo, quando foi presidente da Aleac nos oito anos de mandato de Viana no governo do Acre.

A oposição não escapou das observações do cardeal petista. “Eu acho que ele, que conhece bem a oposição, deveria estar preocupado não se a oposição perder, mas se ela ganhar. O Acre não aguenta um governo ruim. Estamos em processo de reconstrução do que foi destruído nas administrações oposicionistas. A preocupação dele deveria ser se a oposição ganhasse. A formiga sabe a folha que corta, ele sabe do lado que está. Ele sabe que este pessoal da oposição é perigoso e quer fazer o Acre em retalhos”, destaca.

O parlamentar evitou fazer comentários sobre os assessores petistas infiltrados nas reuniões da oposição. “Não posso fazer juízo sobre pessoas infiltradas, a gravação mostra a voz dele. Ele poderia se retratar com o povo acreano sobre a ameaça de abandonar o Acre, que é antidemocrática. Ele é um acreano contemporâneo, precisa ter mais humildade e se somar aos políticos que queiram ajudar o Acre, independente de ser situação ou oposição. O Petecão não pode impor sua vontade ao eleitor. Eu estou na campanha como militante, pedindo votos na esquinas, mas o eleitor é quem decide em quem vota. Nós devemos estar dispostos a aceitar o resultado das urnas”, finaliza Jorge Viana.

Cotidiano

Prefeitura de Rio Branco realiza ação em alusão ao Agosto Lilás na Cidade do Povo

Publicado

em

A prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), em parceria com a Unidade de Referência em Atenção Primária (URAP) da Cidade do Povo, realizou na tarde de quarta-feira (17), uma panfletagem em alusão ao Agosto Lilás, levando informações e orientações aos moradores do bairro.

A campanha é realizada em todas as regionais, por meio das Unidades de Saúde, CRAS, CREAS e escolas, com atividades de conscientização. Durante a caminhada a diretora de Direitos Humanos da SASDH, Rila Freze, reforçou a importância da ação que visa reduzir a violência contra a mulher no município.

“O prefeito Tião Bocalom sempre está nos dando essa liberdade de trabalhar, assim como a nossa secretária Marfisa Galvão. Então estamos todos os meses, não só em agosto. É uma ação contínua dentro do município de Rio Branco”, disse.

Gerusa Souza é uma das moradoras da Cidade do Povo que recebeu as orientações da equipe.

“Às vezes a mulher sofre violência dentro de casa calada e não tem coragem de denunciar o agressor, porque às vezes é ameaçada psicologicamente. Eu acho que essa campanha é muito importante para que a mulher venha ter força para denunciar”, expressou.

O combate à violência contra a mulher deve ser diário. Por isso é necessário reforçar os canais de denúncia. Caso você ou alguém próximo esteja sofrendo algum tipo de violência, se dirija a delegacia mais próxima ou ligue para 180 ou 190. A prefeitura de Rio Branco dispõe de uma rede de proteção dando assistência e orientações para que essa mulher seja protegida.

Francisco de Oliveira é casado com dona Maria Francisca há mais de 40 anos. Ele falou como a campanha é importante e como os homens devem ter respeito pelas mulheres.

“Mulher é para ser respeitada e não judiada, até porque nós somos filhos de mulher. Então não podemos judiar delas. Estou casado com a minha esposa há 48 anos. Graças a Deus, eu amo muito ela e, até hoje, não tenho o que dizer”, expressou.

Continuar lendo

Cotidiano

Receita Federal apreende 3,1 kg de skunk enviada pelo Correio de SP ao Acre

Publicado

em

A Delegacia da Receita Federal conseguiu apreender 3,1 quilos de skunk, droga conhecida como ´super maconha´, em uma agência dos Correios de Rio Branco.

A encomenda foi postada em São Paulo e tinha como destino a capital acreana. Após a apreensão e a confirmação positiva da droga por meio de narcoteste, o produto foi remetido à Polícia Federal para apuração criminal.

O valor estimado da droga no mercado é de R$ 80 por grama. O produto ilícito foi interceptado em 17/08/2022, a partir de informação da área de gerenciamento de riscos da Receita Federal.

A Receita Federal informa que continuará monitorando o fluxo de encomendas postais no estado uma vez que tem confirmado a ocorrência de crimes por meio dos serviços dos Correios.

Continuar lendo

Destaque 3

Síndromes respiratórias estão estáveis no Acre, mas seguem em nível alto na capital, diz Fiocruz

Publicado

em

O novo Boletim InfoGripe Fiocruz, divulgado nesta quarta-feira (17) sinaliza para um patamar similar ao de abril em casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) – o mais baixo desde o início da epidemia de Covid-19 no Brasil. Neste boletim, só Acre e Amapá apresentam sinais de estabilidade no longo prazo. As outras mostram queda na tendência de longo prazo até o mesmo período.

No entanto, em Rio Branco o nível de incidência ainda é considerado alto pela Fiocruz nas SRAGs, em que enquadra a Covid-19.

Referente à Semana Epidemiológica (SE) 32, período de 7 a 13 de agosto, o estudo tem como base os dados inseridos no Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) até 15 de agosto.

Das 27 unidades federativas, apenas Roraima apresenta sinal de crescimento na tendência de longo prazo até a SE 32.

Observa-se que três das 27 capitais apresentam indícios de crescimento na tendência de longo prazo até a semana 32: Belém, Boa Vista e Vitória. Nas demais há predomínio de queda, com nove capitais apresentando estabilidade nesse indicador.

Das 27 capitais, 3 estão em macrorregiões de saúde em nível pré-epidêmico (Cuiabá, Palmas e São Luís), 4 em nível epidêmico (Belém, João Pessoa, Porto Velho e Vitória), 18 estão em nível alto (Aracaju, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Macapá, Maceió, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Teresina, além de Rio Branco), 2 em nível muito alto (Belo Horizonte e Boa Vista), e nenhuma em nível extremamente alto.

Continuar lendo

Destaque 2

Juiz do Acre alerta para volume expressivo de deepfake nestas eleições: “é gravíssimo”

Publicado

em

O juiz de Direito atuante no estado do Acre, Giordane Dourado, alertou por meio de suas redes sociais nesta quinta-feira, 18, que este período eleitoral deve contar com mais uma prática criminosa: a deepfake. Trata-se de uma técnica de síntese de imagens ou sons humanos baseada em técnicas de inteligência artificial, usada para combinar a fala qualquer a um vídeo já existente.

O comentário veio após ser identificada a primeira deepfake do período oficial de campanha eleitoral de 2022 (iniciado na terça-feira, dia 16/8). Uma montagem mistura a voz da apresentadora do Jornal Nacional Renata Vasconcellos, com os resultados de uma falsa pesquisa de intenção de votos.

A gravação apresenta Renata diante da famosa bancada, anunciando uma nova pesquisa de intenção de votos referente ao primeiro turno da eleição deste ano. Depois, mostra uma tela com um gráfico de barras visualmente idêntico ao usado pela emissora no mesmo programa. A foto do rosto do presidente Jair Bolsonaro aparece em primeiro lugar, com 44%, e a do ex-presidente Lula da Silva em segundo, com 32%. Ocorre que a última pesquisa divulgada pelo Ipec mostra o oposto: Lula em primeiro, com 44% das intenções de voto, e Bolsonaro em segundo, com 32%.

Segundo o magistrado, há algum tempo vem falando sobre o enorme risco à democracia decorrente da produção de deepfake no período eleitoral, sobretudo na véspera da votação. “Também alertamos que nesta eleição de 2022 haverá, de forma inaudita, expressivo volume de deepfake”, escreveu Dourado.

Segundo ele, não gostaria de estar certo, mas as evidências demonstram que será nesse caminho. “Deepfake com finalidade eleitoral é algo gravíssimo e deveria ser crime”, garante.

O juiz sugere que os candidatos celebrem pacto firme e sério de combate à desinformação e suas sofisticadas formas de manifestação. “Alegar que não controlam a militância é argumento superficial e evasivo de quem não ostenta condições éticas para representar o eleitor”, concluiu.

video
play-rounded-fill
Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.