Conecte-se agora

Milhares de peregrinos participam do Novenário de Nossa Senhora da Glória em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A devoção à Nossa Senhora da Glória atraí todos os anos milhares de pessoas a Cruzeiro do Sul durante o mês de agosto. Desde 1917 que as nove noites da Novena se tornaram uma referência de fé e devoção na região Norte do Brasil. A afluência de fiéis ao Vale do Juruá, que terá seu ápice na noite da próxima sexta, dia 15, com uma gigantesca procissão pelas ladeiras da cidade, só perde em número de pessoas pra o Círio de Nazaré de Belém. Na noite deste domingo, dia 10, cerca de quatro mil pessoas participavam da novena e da missa na Catedral de Nossa Senhora da Glória.

Segundo o organizador do Novenário Cruzeirense, o jovem empresário Francisco Castro, este ano estão sendo esperadas mais de 50 mil pessoas na procissão. “No ano passado tivemos pelo calculo da Polícia Militar cerca de 45 mil. Mas pelo movimento que estamos sentindo nessas primeiras noites acreditamos num aumento considerável de peregrinos ao Novenário de Nossa Senhora da Glória,” afirmou.

Praticamente todos os hotéis da cidade estão lotados. E os restaurantes estão com um movimento acima do normal. “Além de ser uma festa religiosa o nosso Novenário representa também um impulso para economia do município através do turismo religioso,” conta o empresário Emerson Barbary, do ECC (Encontro de Casais com Cristo).

Igreja_01

Já o advogado paraibano José Augusto que participa da festa religiosa, desde 1985, o lado espiritual é o quê mais atraí os peregrinos para Cruzeiro do Sul. “A fé opera milagres. E a procissão de Nossa Senhora da Glória é uma oportunidade para os católicos renovarem a sua devoção pela Mãe de Jesus. São muitos os que vem pagar promessas e pedir graças para a Santa Padroeira,” ressaltou.

Vale lembrar que todos os anos são milhares de devotos participam do Novenário pedindo algum tipo de milagre. E outros tantos costumam vir para Cruzeiro do Sul agradecer a graça recebida da Santa.

A festa do espírito versus a matéria

novena_02Até há quatro anos, nas barracas do Novenário, se podia encontrar todo o tipo de bebidas. Mas por uma determinação da organização do evento isso foi proibido. “Depois que proibimos a venda do álcool nos espaços do Novenário o número de pessoas que participam da novena e da missa aumentou consideravelmente. Essa é uma celebração espiritual. E, desde que parou a venda de bebida nunca mais tivemos uma ocorrências policiais no evento,” informou Francisco Castro.

Atualmente continuam a existir o espaço comercial com barracas alugadas pela diocese. E a Barraca do Padre transformou-se numa super-praça de alimentação. Castro informa que tudo que é arrecadado é investido para manutenção das creches infantis, Pastoral da Criança e outras obras da Igreja Católica.

Outro meio de arrecadar fundos é o leilão que acontece todas as noites depois da missa. Na véspera da procissão, na quinta, dia 14, os empresários fazem doações mais vultuosas. São leiloados bois, motos, televisões e outras prendas de valor. Quando ainda era vivo, o empresário e ex-governador Orleir Cameli costumava colocar várias cabeças de gado no leilão. Depois ele mesmo arrematava as prendas por um preço alto para ajudar nas obras da diocese.

Peregrinação de políticos

Principalmente em ano eleitoral as ladeiras de Cruzeiro do Sul ficam repletas de candidatos no dia 15 de agosto durante a procissão de Nossa Senhora da Glória. Como praticamente os políticos de todos os lados vêm participar da devoção fica difícil imaginar quem a Santa irá beneficiar. Mas existe uma lenda que aqueles que levam as velas que queimam mais rápido é porque estão cheios de pecados. E, evidentemente, com menos chances de receberem a graça da padroeira, ou seja, a eleição.

 

Anúncios

Acre

Membros do CV que mantinham família refém dentro de caminhão baú são presos

Publicado

em

Uma ação rápida dos policiais militares da Força Tática do 1° Batalhão, com o apoio do GIRO, resultou na prisão de três criminosos e na apreensão de um adolescente de 16 anos, que estavam mantendo uma família refém dentro de um caminhão baú. A prisões ocorreram na BR-364, nas proximidades do Shopping Via Verde, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, o motorista do caminhão baú, sua esposa e filha trafegavam na BR-364 no sentido Rio Branco-Sena Madureira para deixar um carregamento de remédios e cigarros no município de Feijó. Na proximidades na estrada de Sena Madureira, em uma buraqueira, os criminosos se aproximaram do caminhão em um veículo modelo Ônix, de cor branca e renderam o motorista com sua família e os colocaram atrás do caminhão baú.

Um dos bandidos assumiu a direção do caminhão e juntamente com seus comparsas voltaram para Rio Branco na tentativa de deixar toda a mercadoria em um ramal na capital.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os policiais receberam uma denúncia anônima que tinha uma família refém em um caminhão baú de cor branca trafegando na BR-364. Nas proximidades do shopping Via Verde, os policiais encontraram o caminhão baú e conseguiram prender os quatros criminosos e resgatar o trabalhador com sua família.

Durante uma revista, foi encontrado em posse dos bandidos, uma escopeta calibre 20 com duas munições, uma espingarda de fabricação caseira adaptada para munição de calibre 38, quatro celulares e uma quantia de R$ 336,00 do motorista do caminhão.

Diante dos fatos, foi dado a ordem de prisão e os membros da facção foram encaminhados à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Continuar lendo

Extra Total

Com aumento de 9,5% nas internações, Into tem apenas oito leitos de UTIs vagos

Publicado

em

A média de internações geral foi de 198 pacientes, observando-se, este sábado, 16, um aumento de 9,5% no total de internações em relação à média dos últimos 7 dias.

A taxa geral de ocupação de leitos de Unidade Tratamento Intensivo (UTI) exclusivos para pacientes com a Covid-19 no Acre está em torno de 61,5%. Os dados são do boletim deste sábado (16).

Segundo dados do boletim, foram identificados 213 pacientes internados nos estabelecimentos monitorados, dos quais 134 com teste positivo para Covid-19. Do total hospitalizado, 40 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 165 em leitos em leitos (clínicos, obstétricos e pediátricos).

Na região do Baixo Acre, que engloba as cidades de Rio Branco, Sena Madureira, Plácido de Castro e Acrelândia, das 55 Unidades de Tratamento Intensivo (UTI), 34 estão ocupadas, registrando uma taxa de ocupação de 61,8%. Destes 34 leitos de UTI ocupados, dois são do Pronto Socorro, que registrou 20% de ocupação e os outros 32 são do Into, que registrou 80% de ocupação.

Já a região do Juruá, que engloba Cruzeiro do Sul, Tarauacá e Marechal Thaumaturgo, dos 10 leitos de UTI existentes, seis estão ocupados, registrando 60% de ocupação. Os leitos clínicos somam 95 e 29 estão ocupados, registrando 30,9% de ocupação.

Já regional do Alto Acre, que engloba as cidades de Brasileia e Epitaciolândia, 12 estão ocupados, num total de 18 leitos disponíveis. A regional do Alto Acre é a única que não tem leitos de UTI para a Covid-19.

Continuar lendo

Acre 01

Órgãos recorrem ao TRF1 para adiar Enem 2020 no Acre por direito à vida e saúde

Publicado

em

Um recurso em caráter urgente foi enviado ao Tribunal Regional da 1ª Região, em Brasília, neste sábado, 16, contestando a decisão judicial da 1ª Vara Federal do Acre que negou o adiamento da aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Acre, mesmo com todos os argumentos fáticos e jurídicos apresentados pelo Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) e Defensoria Pública da União (DPU).

No recurso, os autores mantém os mesmo argumentos da ação civil pública, enfatizando que manter a decisão, e portanto as datas de realização das provas, fragilizará, ainda mais, os  custosos  esforços  dos cidadãos acreanos no combate à pandemia da Covid-19.
Segundo os órgãos autores da ação, é incongruente colocar o direito ao prosseguimento da vida acadêmica em posição superior ao direito à vida e à saúde, além do mais, adiar em alguns meses a aplicação das provas não retira de ninguém a possibilidade de exercer o direito à educação.

O recurso também questiona a impossibilidade de se garantir que a circulação dos estudantes para a realização das provas não irá potencializar a o agravamento da pandemia, com consequentes e graves implicações para a saúde pública.

Diante dos argumentos utilizados na decisão judicial atacada no recurso, o MPF, MPAC e DPU pediram que o Tribunal Regional determine o adiamento da aplicação das provas agendadas para os dias 17 e 24 de janeiro, até que existam condições para que isto aconteça com segurança, conforme atestado por órgão técnico, ou, que sejam remarcadas para data futura com a possibilidade de novo adiamento em caso de continuidade da calamidade sanitária.

Continuar lendo

Acre

Movimento organiza carreata pedindo impeachment de Bolsonaro

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 16, um grupo apartidário de acreanos começou a organizar, por meio das redes sociais, um movimento pedindo o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

No cartaz, o grupo marca uma carreata contra Jair Bolsonaro para o próximo sábado, 23, na rua Alameda Alemanha, ao lado da Uninorte, em Rio Branco. O grupo pede aos adeptos que vão de máscara e que levem cartazes contra Jair Bolsonaro.

O objetivo do movimento denominado de ‘Impeachment Já’, é protestar pela conduta de Jair Bolsonaro na pandemia da covid-19, na qual o presidente se referiu ao vírus como uma “gripezinha” e adotado uma conduta negacionista, inclusive, pressionando os profissionais de saúde a receitar medicamentos como hidroxicloroquina e ivermectina, que não tem eficiência comprovada para covid-19.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas