Conecte-se agora

Em quatro anos de mandato Sebastião e Bittar ficaram mais pobres; sem mandato, Tião Bocalom ficou mais rico

Publicado

em

CANDIDATOS

As declarações de bens que os candidatos ao governo do Acre apresentaram à Justiça Eleitoral revelam detalhes curiosos este ano. Apesar de eleitos nas eleições 2010, o petista Sebastião Viana (que se elegeu governador no último pleito) e o tucano Márcio Bittar (eleito deputado federal) ficaram mais pobres.

Dos três principais candidatos que disputam o comando do governo do Acre, o único que apresentou evolução patrimonial foi Tião Bocalom (DEM), que apesar das derrotas consecutivas, aumentou seu patrimônio. Contrariando o que acontece nos demais estados, os políticos com mandato no Acre ficaram pobres.

Na declaração de bens apresentada em 2010, Sebastião Viana informou patrimônio avaliado em R$ 535 mil. Depois de passar quase quatro anos, ganhando salários e diárias de governador, o petista empobreceu. O chefe do executivo declarou este ano, R$ 476,6 mil – redução de R$ 58,4 mil.

O presidente regional do PSDB, Márcio Bittar, que se elegeu o deputado federal mais votado do Acre, declarou R$ 1.765.024,00, em 2010. Já em 2014, o manda chuva do ninho tucano apresentou redução patrimonial, ficando mais pobre R$ 265,024 mil. O tucano declarou à Justiça Eleitoral R$ 1,5 milhão.

A surpresa ficou por conta de Tião Bocalom, derrotado nas duas últimas eleições, o dissidente tucano ficou mais rico. Bocalom declarou R$ 534 mil, em 2010. Este ano, o democrata esnobou os concorrentes com mandato e apresentou uma evolução patrimonial de R$ 359 mil, declarando R$ 893 mil.

Anúncios

Cidades

Funcionários batem ponto e fazem buzinaço em frente à prefeitura de Epitaciolândia

Publicado

em

A queda de braço entre os servidores da Educação e o prefeito de Epitaciolândia, Sérgio Lopes (PSDB), por conta da decisão do gestor municipal de retirar dos contracheques, a partir de janeiro passado, um reajuste de salário concedido em 2016, pelo ex-prefeito André Hassem, posteriormente tornado nulo pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-AC), teve mais um capítulo nesta quarta-feira (3).

Como prometeram em manifestação realizada no dia anterior, os trabalhadores da categoria bateram ponto e fizeram um buzinaço em frente à prefeitura. Eles dizem que permanecerão no local até que o município encontre uma solução para o problema que, segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac), deixou parte deles recebendo menos que o salário-mínimo.

Os servidores exigem a devolução imediata dos valores descontados e o prefeito diz que não pode atender a reivindicação por impedimento legal. Tanto André Hassem quanto Tião Flores, antecessores de Lopes, foram condenados pelo TCE-AC a devolver recursos para os cofres públicos em razão dos pagamentos considerados irregulares, que somados ultrapassam os R$ 3 milhões.

O ac24horas já conversou com os dois lados da questão por mais de uma oportunidade. O prefeito tucano garante que continuar pagando o reajuste tornado nulo pelo Tribunal de Contas também será sentenciado a devolver os valores. Por outro lado, o Sinteac diz que há saídas possíveis para o prefeito não manter a redução dos vencimentos dos trabalhadores, mas que há falta de vontade para isso.

O prefeito Sérgio Lopes contra-ataca afirmando que o movimento dos trabalhadores não é unânime e tem viés político-partidário. Ele diz que entre os incentivadores das manifestações que vêm ocorrendo há quase duas semanas estão alguns dos adversários que foram derrotados por ele nas eleições de novembro passado, como a professora Neide Lopes, que disputou a prefeitura pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Continuar lendo

Cotidiano

Detran vai retomar cinco serviços de forma presencial a partir desta quinta-feira (4)

Publicado

em

Cinco serviços oferecidos pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) voltarão a ser oferecidos na modalidade presencial em Rio Branco a partir desta quinta-feira, 4, mesmo durante a Bandeira Vermelha da pandemia de Covid-19. A medida foi decidida pelo Conselho Diretor do órgão em reunião ocorrida nessa quarta, 3.

Agora, enquanto a capital acreana estiver classificada na faixa vermelha, serão realizados apenas os serviços de Vistoria, Transferência, Primeiro Emplacamento, Renovação de CNH, Inclusão de Atividade Remunerada e Liberação de Veículos Removidos (Roubo/Furto). Serão 108 agendamentos diários para Vistoria, 51 para o Atendimento de Veículos, 51 para o Atendimento de CNH e 16 para Veículos Removidos (roubo/furto).

Os atendimentos ocorrerão das 7 às 13 horas, mediante agendamento prévio no site do órgão. A decisão foi tomada em razão do grande número de pessoas que procuram o órgão para executar estes serviços e que muitas vezes precisam de suas CNH’s e veículos para desenvolver atividades comerciais.

O cidadão deverá usar máscara de proteção durante todo o período de seu atendimento nos guichês. Os demais serviços seguem suspensos enquanto perdurar a classificação do Acre na faixa vermelha.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo

Acre

Exames de primeira-dama e filho de Gladson dão negativo para Covid-19

Publicado

em

O resultado dos exames da primeira-dama do Acre, Ana Paula Cameli, e do filho do governador Gladson Cameli, o pequeno Guilherme, deram negativo para infecção do novo coronavírus. A informação foi divulgada pela própria primeira-dama em publicação nas redes sociais na tarde desta quarta-feira (3).

Os exames foram feitos após o chefe do executivo do Estado testar positivo para Covid-19 na última segunda-feira. Além deles, todos os funcionários que trabalham na residência do casal também fizeram os exames e testaram negativo para a doença.

“Graças a Deus o resultado deu negativo para todos”, informou Ana Paula. A primeira-dama aproveitou para agradecer as mensagens de carinho que ela e toda a família vêm recebendo. “Estamos tomando todos os cuidados e continuaremos de quarentena, até a melhora do governador Gladson Cameli”.

Ela pediu que a população continue tomando todas as medidas necessárias para a prevenção da doença. “Obedeçam todas as regras e recomendações dos órgãos de saúde. Cuidem dos seus, logo tudo isso vai passar”.

Gladson está estável e sendo acompanhado por médicos em casa, fazendo exames rotineiramente e se apresentar alterações clínicas ou pulmonares.

Continuar lendo

Destaque 2

Acre tem mais 10 mortes e 425 novos casos de Covid-19

Publicado

em

O Acre teve mais 425 novos casos de infecção por coronavírus nesta quarta-feira, 3. Destes, 229 casos foram confirmados por exame de RT-PCR e 196 testes rápidos. O número de infectados saltou de 58.081 para 58.506 nas últimas 24 horas.

Segundo a secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), mais 10 notificações de óbitos foram registradas nesta quarta-, sendo 3 do sexo masculino e 7 do sexo feminino, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 1.030 em todo o estado.
Até o momento, o Acre registra 159.706 notificações de suspeita da doença, sendo que 100.517 casos foram descartados e 683 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 46.933 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 332 pessoas seguem internadas.

Óbitos do sexo masculino:

Morador de Rio Branco, R. A. N. S., de 40 anos, deu entrada no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), no dia 28 de fevereiro, e faleceu no dia 1º de março.

Morador de Rio Branco, J. D. A., de 72 anos, deu entrada no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC), no dia 18 de fevereiro, e veio a óbito nesta terça-feira, dia 2 de março.

M. A. S., de 63 anos. Morador de Cruzeiro do Sul, deu entrada no Hospital Regional do Juruá, no dia 23 de fevereiro, vindo a óbito nesta quarta-feira, dia 3 de março

Óbitos do sexo feminino:

Moradora de Rio Branco, S. S. S., de 68 anos, deu entrada na Fundação Hospital do Acre (Fundhacre), no dia 14 de fevereiro, e faleceu no dia 28 do referido mês.

Moradora de Rio Branco, G. R. M., de 40 anos, deu entrada no dia 26 de fevereiro, no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC), e veio a óbito no dia 2 de março.

L. G. S., de 61 anos. Moradora de Rio Branco, deu entrada no dia 23 de fevereiro, no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb), vindo a falecer no dia 2 de março.

M. N. B. S., de 60 anos. Moradora de Cruzeiro do Sul, deu entrada no Hospital Regional do Juruá, no dia 1º de março, vindo a óbito no dia seguinte, 2.

Moradora de Rio Branco, A. B. S., de 63 anos, deu entrada no dia 26 de fevereiro, no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC), e veio a óbito no dia 2 de março.

D. P. N., de 68 anos. Moradora de Rio Branco, deu entrada no dia 9 de fevereiro, no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC), e veio a óbito no dia 2 de março.

O sétimo óbito entre as mulheres é de M. S. S. M., de 46 anos. Moradora de Rio Branco, deu entrada no dia 27 de fevereiro, no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC), vindo a óbito nesta quarta-feira, dia 3 de março.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas