Conecte-se agora

Com redução no FPM, municipios do AM acumulam perdas de R$ 3,8 bilhões

Publicado

em

Em 17 anos, os municípios do Amazonas acumularam perdas de repasses de R$ 3,8 bilhões do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), segundo a Associação Amazonense de Municípios (AAM). Em protesto contra a precária situação financeira dos municípios, a AAM prepara para o dia 11 uma paralisação dos serviços oferecidos nas sedes das prefeituras do interior do Estado para alertar a população sobre o assunto.

O diretor da associação, Luiz Cruz, explicou que a paralisação das prefeituras será um protesto contra a crescente queda do repasse do FPM. “Esta não é uma mobilização apenas do Amazonas, é nacional. Os municípios brasileiros vêm passando por uma série de dificuldades, como, a seca no Nordeste, a cheia no Norte, e que leva os municípios a uma sobrecarga financeira muito grande. Então através da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) iremos apresentar ao Congresso Nacional a pauta de reivindicação para a sobrevivência dos municípios, e que queremos que seja votado até o mês de junho, antes das eleições”, disse.

O presidente da AAM e prefeito de Boca do Acre, Iram Lima (PSD), destacou que, no mês de março deste ano, em comparação com o mesmo período de 2013, houve uma queda de 37,7% no repasse do FPM aos municípios do Amazonas, o que corresponde a R$ 21,6 milhões depositados a menos nas contas municipais.

“Cinquenta e nove dos 62 municípios amazonenses se mantêm, basicamente, com repasses do Imposto Sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que vêm do Governo Estadual, e do FPM, oriundo do Governo Federal. É irrelevante a receita de tributos municipais, com exceção de Manaus, de Presidente Figueiredo e de Coari. E não adianta a gente ser prefeito e não ter condições de fazer uma rua, por que não tem recursos. E essa falta de recursos não nos dá outra alternativa a não ser demitir parte dos funcionários das prefeituras municipais, pois não tem como fazer algo nesta situação, por isso está havendo essa mobilização nacional para que os prefeitos paralisem suas atividades, por um dia, em sinal de protesto”, declarou o presidente da AAM.

Para o prefeito de Autazes (a 118 quilômetros de Manaus) e vice-presidente da AAM, Wanderlan Sampaio, a renúncia fiscal praticada pelo Governo Federal sob o Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI), no intuito de manter o mercado aquecido e evitar queda na produção e consumo de bens como carros e eletrodomésticos, já representa, de 2009 até o primeiro trimestre deste ano, prejuízos de R$ 158,3 milhões para as prefeituras amazonenses. “Na verdade as demandas da república se concentram nos municípios, pois é lá que os cidadãos residem, e nós estamos incluídos no Amazonas, e estes cidadãos moram em Boca do Acre, em Autazes, e nos demais municípios”, disse Sampaio.

Prefeito cobra liberação de verba

O presidente da Associação Amazonense de Municípios (AAM), Iram Lima, criticou, nesta quarta-feira (02), durante coletiva na sede da entidade, a demora no repasse de verba pelo governo federal para auxiliar as ações da defesa civil nos 15 municípios do Amazonas que decretaram estado de emergência e em Humaitá que está em estado de calamidade por conta da cheia dos rios.

“Sou prefeito de Boca do Acre, e o meu município foi um dos mais afetados com a cheia deste ano, e continuamos numa situação muito difícil. Temos recebido ajuda do Governo do Estado que acionou a Defesa Civil, e assim vamos passando, mas até hoje nenhum dos 15 municípios que decretaram estado de calamidade receberam ajuda do Governo Federal”, disse Iram Lima.

“A água agora que desceu, mesmo assim a situação continua complicada, devido a estrada que liga Boca do Acre ao Acre ter fechado, ou seja, estamos sem combustível, sem remédio e sem alimentos. As pessoas que conseguem comprar 1 litro de gasolina chegam a pagar R$ 15 por litro, quando antes era R$ 3,19. Paramos a coleta de lixo, pois não tem como colocar diesel nos caminhões, paralisamos as aulas, pois não temos como transportar os estudantes, e ainda não está fácil”, relatou o prefeito.

Para o prefeito de Autazes, Wanderlan Sampaio (PMDB), o Governo Federal, sabendo das características da região Amazônica, deveria adiantar a liberação de recursos para que, no período de cheia, a população sofresse menos. “Todos os anos enfrentamos as mesmas dificuldades. E com a burocracia para a liberação de recurso do Governo Federal, a verba só chega no final da cheia. Nós entramos com o pedido. Fizemos tudo que a lei permite e até agora não tivemos nenhum sinal de quando a verba será liberada. Contamos com a sensibilidade do Governo do Estado que não nos desamparou em nenhum momento”, disse Sampaio.

De acordo com a Defesa Civil do Governo do Amazonas, o número de pessoas atingidas pela enchente chega a 56,7 mil, um universo de 11.345 famílias afetadas.

Acre

Em Tarauacá, Petecão se reúne com comerciantes e promete hospital

Publicado

em

O candidato ao governo pela “Coligação com a Força do Povo”, senador licenciado, Sérgio Petecão (PSD), esteve reunido com comerciantes no município de Tarauacá, na manhã desta quinta-feira, 18, para conhecer de perto a realidade dos trabalhadores do Mercado Municipal e da Rua do Comércio na região.

Petecão disse que durante a conversa tem ouvido muita reclamação dos moradores em relação ao governo. Segundo ele, são muitas promessas não cumpridas nos últimos anos.”Infelizmente o que nós temos ouvido muito é reclamação das pessoas sobre esse governo que está aí. As pessoas falam do abandono, das promessas não cumpridas, é muita gente que foi enganada”, declarou.

O candidato ao Palácio Rio Branco contou que seu objetivo será a reconstrução do Estado. “Nós temos uma responsabilidade grande, e com ajuda de Deus e do povo vamos reconstruir esse estado. Aqui é sem mentira, sem enganar ninguém, nós vamos fazer”, ressaltou.

O parlamentar licenciado prometeu a construção de um hospital na região de Tarauacá e recuperação de ramais para os produtores rurais. “O povo só quer o básico, é o ramal aberto, é o hospital com médico pra atender. É o jovem tendo uma oportunidade de trabalho para não ter que ir embora no Acre”, concluiu.

Continuar lendo

Acre

Zequinha nega apoio a candidatura de Ney Amorim ao Senado

Publicado

em

O prefeito de Cruzeiro do Sul Zequinha Lima (PP) disse ao ac24horas que não apoia a candidatura de Ney Amorim (Podemos) ao senado. Apesar de Ney ser o candidato oficial do governador Gladson Cameli (PP), Zequinha poderá apoiar Márcia Bittar (PL) ou outro candidato ao senado.

“Ainda não decidi nada. Só semana que vem terei uma definição de quem apoio para o senado”, destacou o prefeito da segunda maior cidade do Acre.

O descontentamento de Zequinha com Ney Amorim é pela não aceitação do nome da primeira dama de Cruzeiro do Sul, a pedagoga Lurdinha Lima, como suplente dele. Amorim registrou a candidatura na última sexta-feira, tendo como 1º suplente o candidato Rennan Biths, do PDT e como 2º suplente o candidato Rui Óscar, do Podemos.

Zequinha disse considerar justa a chapa “com um nome de Rio Branco e outro de Cruzeiro do Sul”.

Ele defendeu que lurdinha sempre foi uma pessoa ativa nos bastidores da política e que tem realizado um bom trabalho na liderança do Grupo Permanente de Trabalho e Apoio ao Serviço Humanitário do município. “Vejo que ela soma muito na política e na esperança de um Acre melhor pra todo mundo”, ressaltou Zequinha.

Continuar lendo

Acre

Confira a agenda dos candidatos ao governo do Acre nesta quinta

Publicado

em

O ac24horas reúne diariamente informações sobre os encontros, reuniões e compromissos dos candidatos do Estado do Acre neste período oficial de campanha.

Aqui você fica sabendo de tudo sobre as eleições 2022.

Veja abaixo a agenda dos candidatos ao governo acreano nesta quinta-feira, 18:

David Hall

– 9h: Encontro no Tribunal Regional Eleitoral (TER), com o objetivo de esclarecer informações sobre os procedimentos relacionados à definição das seções eleitorais a serem auditadas, sob a condução do Juiz-Presidente da Comissão de Auditoria de Urnas Eletrônicas;

-16h: Sorteio da rodada de entrevistas dos candidatos a governador do Acre no Papo Informal (Notícias da Hora);

– 17h até 19h: Encontro com os professores da rede estadual de ensino na Livraria Paim;

– 19h30 até 21h: Reunião de alinhamento com os candidatos a Deputado Estadual e Deputado Federal.

Gladson Cameli (PP)

– 15h30: O governador e candidato a reeleição pelo Progressista, realizará a 1° Caminhada em Rio Branco, na baixada da Sobral, com concentração no Mercado Elias Mansour.

Jorge Viana (PT)

A mobilização majoritária da Federação Brasil da Esperança, continua nesta quinta-feira, 18, nos 22 municípios acreanos, com reuniões, encontros, adesivaços e bandeiraços.

Após um café da manhã com apoiadores, Jorge Viana e Marcus Alexandre irão visitar bairros do Segundo Distrito da capital.

Às 13h, os candidatos ao governo participarão da gravação do programa de entrevista na TV Rio Branco.

A tarde, JV realizará uma reunião de planejamento e organização com os coordenadores da campanha e posteriormente comparecerá em um encontro com a diretoria da FIEAC.

Nazaré Araújo se reunirá com candidatos, apoiadores e militantes da base.

Mara Rocha (MDB)

– 08h: Caminhada da Esperança, na Estrada do Calafate, com concentração após o Residencial Topázio;

– 19h: Ato de Apoio a Candidatura de Márcia Bittar ao Senado na casa de eventos Afa Jardim, localizada no bairro Bosque.

Sérgio Petecão (PSD)

– 6h30: Visita aos comerciantes do Mercado Municipal de Tarauacá;

– 7h30: Visita aos comerciantes da Rua do Comércio, em Tarauacá;

– 10h: Deslocamento do município de Tarauacá para o município de Feijó;

– 15h: Reunião com os candidatos a deputados estadual e federal do município de Feijó, que fazem parte da Coligação “Com a Força do Povo”;

– 16h: Contatos políticos e mobilização para a inauguração do Comitê da Coligação “Com a Força do Povo”, em Feijó;

– 19h: Inauguração do comitê na Rua Epaminondas Martins, ao lado do Banco do Brasil, em Feijó.

Professor Nilson

– O candidato ao governo pelo PSOL participará de uma reunião de comando de campanha, na sede do partido com a militância.

– 17h às 19h: Encontro com os professores da rede estadual de ensino, no auditório da Livraria Paim, para apresentação de propostas voltadas para Educação.

A assessoria de Márcio Bittar não divulgou a agenda do candidato.

Continuar lendo

Acre

Petecão promete criação de centro de estudo para o agronegócio

Publicado

em

O senador licenciado, candidato ao governo pela “Coligação com a Força do Povo”, Sérgio Petecão (PSD), concedeu entrevista a Rádio comunitária Nova Era FM, no município de Tarauacá nesta quarta-feira, 17, e prometeu valorizar o agronegócio com a criação de um centro de estudo do solo aos grandes e pequenos produtores rurais do Acre – fortalecimento o agronegócio e a agricultura.

De acordo com o candidato que estava ao lado do seu vice, Totta Filho, será através do procedimento técnico do estudo do solo que será possível conhecer as características do terreno onde será realizada a obra, sendo assim, com este procedimento é possível saber a espessura das camadas que o compõem, sua resistência e a provável localização do lençol freático. “O estudo é feito ou em Rondônia ou no Mato Grosso”, declarou.

O senador teceu críticas ao atual governo de Gladson Cameli como o mais corrupto da história só Acre – com base nos escândalos expostos nos últimos anos. Segundo ele, em sua gestão, será cortado gastos com aluguel de jatinho particular e cargos comissionados de aliados. “Você não vai ver o Petecão andando de jatinho não. Eu não quero puxa-saco, quero pessoas trabalhando em favor das pessoas”, comentou.

Ao meio da entrevista, Sérgio disse ainda que pretende, caso eleito, por fim ao cartel de distribuição de licitações de empresas de fora do Acre. “Os empresários estão reclamando”, ressaltou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.