Conecte-se agora

Porto improvisado na BR-364 volta a operar com restrições

Publicado

em

A balsa e o porto improvisado às margens dos rios Abunã e Madeira, ambos em Rondônia, voltaram a operar com alerta máximo. Hoje, pela manhã, os serviços foram paralisados por conta de três caminhões que ficaram atolados no caminho. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fez a interdição da Rodovia até que a solução chegasse.

O novo porto, construído pelo Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (Dnit) liberou a via por volta das 13h15min desta quinta-feira e a travessia é feita com muita atenção, para evitar problemas durante a viagem.

Mais cedo o inspetor João Bosco Ribeiro, da PRF, reafirmou a presença de equipes e o continuo trabalho dos profissionais para resolver os problemas que aparecem na via. Ele também ressaltou muita preocupação. “Eu não vejo uma luz no fim do túnel, pelo contrário, fica mais escuro a cada dia. Hoje o rio atingiu 18,87, e vai a 19 metros. A situação está crítica. Quando a gente encontra uma alternativa, surge outro problema”, relatou o inspetor.

A travessia, segundo a PRF, dura cerca de três horas. Diversas imagens, que circulam na internet, mostram a existência de diversos atoleiros. Também fica clara a dificuldade para embarques e desembarques na região. A demora se dá pela distância de mais de nove quilômetros entre o novo e o antigo ponto de atracamento. Também há informações de que há duas filas quilométricas formadas por caminhões carregados que aguardam travessia.

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas