Conecte-se agora

Repondo a verdade

Publicado

em

O líder do governo, deputado Astério Moreira (PEN), restabeleceu ontem na tribuna da Aleac, a verdade sobre as versões da entrada dos prefeitos André Hassem (PSDB) e Dr. Betinho (PSDB) em um partido da FPA. “O Tião Viana nunca os procurou, os dois é que o procuraram, várias vezes, no seu gabinete e fizeram o compromisso. Se recuaram, aí é outra história”, disse.

A volta do “Terrível Zam
Zamir Texeira, o Terrível Zan, foi puxado da tumba pelo deputado federal Márcio Bittar (PSDB) e será o seu principal aliado de campanha e a atração principal no seu palanque eleitoral.

Jacaré com cobra grande
Na conversa, em Brasília, Márcio prometeu ao Zamir eleger seu filho Kenedy Onassis Texeira deputado federal. Zamir e Márcio é casamento de jacaré com cobra grande, um será engolido.

Trabalhando bem
O deputado federal Tchê (PDT) está montando uma chapa razoável à Aleac. Heitor Junior, Lenice Barros, Zenildo Vieira, Chicão Brígido, Gilberto Cabral, são alguns dos seus nomes.

Dançando na maionese
Pelos nomes filiados no PROS,  só jararaca do rabo fino, o presidente Roberto da Princesinha, candidato a deputado federal, esqueça seus apoios na campanha,  vai dançar na maionese.

Para 2018
Uma fonte do PT me disse ontem, que, o presidente do INCRA, Idésio Frank, é o nome que será trabalhado para ser o candidato petista à prefeitura de Brasiléia, na eleição de 2018.

Chute no saco
Hoje, tem sessão chute no saco, na Aleac, para comemorar 25 anos de Constituição Federal.

Ninguém perdeu
Nesse troca-troca de partido nem oposição e nem a base do governo perderam. Os deputados Walter Prado, Chico Viga, Marileide Serafim e Maria Antonia sempre votaram com o governo.

Nome de peso
O PEN vai ganhar uma filiada de peso, a Pastora Sandra, da Igreja Batista do Bosque, querida e de influência no meio evangélico. Sandra é esposa do deputado Jamil Asfury (PEN).

Anotem e confiram
Em 2014 estarão no mesmo palanque o senador Sérgio Petecão (PSD) e Tião Bocalon (DEM). Estou dando a notícia há mais de ano da eleição. Podem anotar para depois conferirem.

Engrossando a FPA
Ontem, pelas mãos do deputado Jamil Asfury (PEN), se filiou ao PROS o prefeito de Acrelândia, Jonas da Farmácia, ex-DEM. Não poderia se filiar ao PEN. Jonas apoiará o grupo do Jamil.

Buraco mais embaixo
Os votos do deputado federal Henrique Afonso (PV) a prefeito de Cruzeiro do Sul foram com o apoio do PT e da máquina do governo. Para governador o buraco é bem mais embaixo.

Não é parâmetro
Portanto, sua votação a prefeito não é parâmetro para a eleição de 2014, pois, os aliados da sua campanha, em 2014, serão os seus adversários e pode esperar um jogo bruto do PT.

Pode esquecer
E também pode esquecer unanimidade no eleitorado evangélico, onde o governador Tião Viana e os candidatos ao governo pela oposição terão um quinhão considerável dos votos.

No PSD
O senador Sérgio Petecão (PSD) faz hoje pela manhã, no auditório da Aleac, um ato de filiação. Entre os novos filiados estará o ex-deputado Luiz Calixto, que disputará vaga na Assembléia.

 Sempre na dianteira
O governador Tião Viana apareceu sempre na frente dos demais candidatos nas pesquisas para o governo. Nessa última rodada pela oposição continua mantendo tranqüilo a ponta da tabela.

Melhor avaliado
E dentro da oposição Tião Bocalon (DEM) continua sendo o melhor avaliado na população.

Passou do tempo
A ex-prefeita de Cruzeiro do Sul, Zila Bezerra, é apontada pelo PTB como uma das suas candidatas a deputada estadual. Zila é como fruta madura demais, seu tempo passou.

Porteira fechada
O PRP barrou todos os deputados que tentaram se filiar para disputar a reeleição.

 É uma pouca vergonha
Nos últimos dois anos o PTB que, só existe no nome, aqui no Acre, teve três presidentes regionais. Nesse período o PTB alternou no governo e na oposição, uma pouca vergonha.

Ninguém leva a sério
Por esse e outros episódios é que a quase maioria dos partidos nanicos não são levados a sério, viraram verdadeiros balcões de negócios, onde a mercadoria é o apoio político.

Grupo da morte
A chapa de deputado federal da FPA é o grupo da morte. Alguns dos seus nomes: César Messias, Angelim, Léo Brito, Astério Moreira, Taumaturgo Lima, Sibá Machado, Alan Rick, Regina Lino, Pastor Rodson, Roberto da Princesinha, Luiz Tchê, Edvaldo Magalhães e Marileide Serafim. Dependendo da chapa da oposição pode eleger cinco. Nesse grupo, para se garantir, o candidato não pode ter menos de 15 mil votos. Será o jogo mais bruto das últimas eleições.  

 

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.