Conecte-se agora

Alonso abandona plenário e não segue orientação do partido

Publicado

em

O vereador Alonso Andrade abandonou o plenário da Câmara Municipal de Rio Branco e deixou de seguir a orientação do partido, o PSDB, na votação do projeto de lei outorga a concessão de isenção do ISS às empresas de transportes coletivos de Rio Branco pelo período de 15 meses.

A orientação da executiva nacional foi da bancada municipal em Rio Branco fechar questão contra a isenção de impostos para as empresas de transportes públicos. O líder do PSDB, vereador Rabelo Góes, confirmou o entendimento.

“Nos reunimos ontem à noite e a executiva nacional orientou para fecharmos questão contra a isenção de impostos para as empresas de transportes coletivos de Rio Branco. Recentemente votamos um projeto de lei que autorizava o município a antecipar impostos, porque uns tem que pagar antecipado e outros são isentos?”, questionou Rabelo Góes.

O vereador Clézio Moreira também se manifestou durante a discussão da matéria, afirmando que essa medida não resolve o problema do transporte coletivo. “Durante décadas essas empresas vem descumprindo o contrato com o município” comentou Clézio.

O único vereador tucano que não se manifestou sobre a matéria e que abandonou o plenário sem dar nenhuma explicação foi o vereador e vice-presidente da Câmara, Alonso Andrade. A ação do vereador não foi perdoada pelas redes sociais. Em postagem feita no facebook de Acreucho, o internauta João Victor Alves disse: “amanhã ele aparece com atestado médico”, comentou.

 

 

 

Anúncios

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas