Conecte-se agora

Petista reclama da precariedade do hospital geral de Mâncio Lima

Publicado

em

A precariedade da saúde no Acre está sendo reconhecida até pelos detentores do poder. O deputado Jonas Lima (PT), usando do seu perfil nas redes sociais, enviou uma reclamação a Secretária de Saúde do Acre, Suely Melo, cobrando segurança no setor de emergência do hospital Dr. Abel Pinheiro em Mâncio Lima.

Na publicação o parlamentar afirma que presenciou a população quase agredindo os profissionais daquela unidade. Segundo Jonas, os funcionários estão assustados e com medo de serem agredidos pelos familiares que procuram atendimento. 

Jonas afirmou que há mais de 2 anos o governador Sebastião Viana prometeu  reforçar a segurança, mas, a situação ficou no esquecimento. “Desde 2011 o governador prometeu contratar seguranças, vigilantes, para atuarem neste hospital”, afirmou.

Enumerando os problemas, Jonas denunciou ainda que a população não pode fazer ligações para 192 em Rio Branco porque as ligações não são completadas. E citou o cenário do atendimento na unidade. “A população não pode fazer a ligação para o 192 porque a ligação cai em Rio Branco. São mal atendidos, o atendimento é demorado e não resolve o problema”, escreveu.

O petista, finalizando sua reclamação, relatou o caso de um paciente que foi a óbito e os familiares da vítima responsabiliza o SAMU pela morte do rapaz. Jonas encerra sua publicação indagando Suely Melo caso o assunto seja repercutido.

“Família da vítima de hoje está responsabilizando o SAMU pelo óbito do rapaz e pior, por pouco não incendiaram o carro da SAMU. Se um negócio desse acontece, a senhora já parou pra pensar na repercussão que iria dar? Como ficaria o nosso governador diante da população? Eu gostaria muito secretario que providencias urgentes fossem tomadas. Boa noite”, finalizou.

Suely Costa responde

Nove horas depois da publicação, a Secretária do governo do Povo do Acre respondeu o deputado petista. Ela disse que “o povo não pode ser tratado como se representasse perigo” e afirmou que vai tomar as providências nas denúncias que “tiverem procedência”. Ela disse ainda que “não posso admitir que nosso trabalho seja desqualificado por um ato isolado” e finalizou pedindo  confiança no PT e no governo da Frente Popular.

“É muito fácil julgar sem conhecer Deputado, estou a sua disposição na Sesacre para tratarmos destes assuntos. Nosso SAMU é um dos melhores SAMU do Brasil, posso provar o que digo. Com relação a segurança na porta do Hospital, quero lembra-lo que estamos tratando com pessoas doentes e não com bandidos, o povo não deve ser tratado como se representasse perigo. Ficar nervoso por que um familiar sofreu um acidente, exigir atendimento imediato é direito de todo cidadão. Fique tranquilo que vou averiguar suas denúncias e vou tomar providências para aquelas que realmente tiverem procedência. Nosso governo tem trabalho muito e com muita responsabilidade para oferecer assistência de qualidade para a população do Acre, não posso admitir que nosso trabalho seja desqualificado por um ato isolado, em nossa rede de saúde passam aproximadamente 5 mil pessoas dia, trabalhamos com gente e como seres humanos somos falhos, porém para a saúde esse direito nos é negado. Não podemos ser perfeitos sempre. Confie no seu partido e no governo da frente popular e procure ajudar. Juntos poderemos fazer mais”, respondeu.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas