Conecte-se agora

Renda de mulheres cresce 13%, mas equivale a 70% do ganho de homens

Publicado

em

A renda média das mulheres brasileiras permanece menor que a dos homens, embora essa diferença venha caindo, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em 2009, o ganho médio entre as mulheres equivalia a 67,1% do rendimento dos homens. Em 2011, a proporção subiu para 70,4%.

O rendimento médio mensal das mulheres, que era de R$ 882 em 2009, passou para R$ 997 no ano passado – uma alta de 13%. Entre os homens, no entanto, o rendimento médio cresceu menos, de R$ 1.314 para R$ 1.417 no mesmo período, o equivalente a 7,8%.

A taxa de desocupação – considerando homens e mulheres – que fora de 8,2% em 2009, caiu para 6,7% em 2011, a menor desde 2004, de acordo com o IBGE.

“Desde 2004, é a menor taxa. Desde aquele ano vinha numa tendência de declínio. Em 2009, com a crise mundial, subiu um pouco, e, em 2011, e atingiu 6,7%, a menor desde 2004”, disse Maria Lucia Vieira, gerente da Pnad do IBGE.

Os dados fazem parte da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2011, divulgada nesta sexta-feira (21). O estudo investiga dados sobre população, migração, educação, emprego, família, domicílios e rendimento. Foram ouvidas 358.919 pessoas em 146.207 domicílios. Segundo o IBGE, a população residente em 2011 no país era de 195,2 milhões.

(Veja todas as notícias da Pnad abaixo)

“Historicamente, o rendimento das mulheres é inferior ao dos homens, mas as condições de trabalho, que antes eram mais distintas, começam a ficar parecidas, dando mais chances de as diferenças entre os salários diminuírem. Hoje, as mulheres têm menos filhos, passam mais tempo no trabalho, ocupam cargos de chefia. Se cruzarmos os salários de homens de 2004 até 2011, vemos que as curvas convergem”, disse  a gerente.

De acordo com o instituto, em 2011, 31,4% das mulheres ocupadas recebiam até um salário mínimo por mês (R$ 622). Entre os homens, essa proporção era de 22,1%. No ano passado, somente 0,4 % das mulheres ganhavam acima de 20 salários mínimos (R$ 12.440), enquanto entre os homens a proporção era de 0,9%.

Ela de carro, ele de ônibus
Na casa da professora Maria Euda, essa proporção já se inverteu. Há 15 anos o rendimento dela é o dobro do recebido pelo marido. Ela acumula os salários de professora aposentada do estado e professora ativa do município de Fortaleza (CE), enquanto ele trabalha na vigilância sanitária da prefeitura.

Com isso, ela consegue ter “luxo” que o marido não tem: enquanto Euda vai de carro próprio para o trabalho, ele faz uso de transporte público. “Você ter um carro traz muito custo, gasolina, revisão, seguro… daí ele prefere não ter esse custo a mais”, diz Maria Euda.

Na casa de dona Euda, ela é responsável por pagar o carro, além de gastos com saúde e alimentação. “Também compro meus perfumes, vestidos, como toda mulher gosta, e compro presentes quando precisa”, diz. O marido de Maria Euda é o responsável pelas contas de luz e energia da residência. Mas ela diz que nunca sentiu mais responsabilidade quanto ao orçamento familiar. “A gente sempre dividiu as responsabilidades e os gastos, e a responsabilidade é igual”, conta.

Ocupação
Na passagem de 2009 para 2011, a taxa de desocupação caiu menos para as mulheres (de 11% para 9,1%) do que para os homens (de 6,2% para 4,9%). Quanto ao tipo de ocupação, do total de 39,41 milhões de trabalhadoras no ano passado, 15,6% eram domésticas. Em 2009, esse percentual era um pouco maior, de 17%.

Os dados da pesquisa indicam também que, além da jornada no mercado de trabalho, homens e mulheres estão se ocupando menos de tarefas domésticas. Em 2011, 89,4% das mulheres ocupadas tinhas afazeres domésticos depois do trabalho. Em 2009, essa fatia era de 90,2%. Já entre os homens, a proporção é diferente. Apenas 47% se ocupavam dessas atividades dentro de casa, contra 49,8% dois anos atrás.

Em relação à jornada de trabalho, os homens trabalham mais horas. Entre os que trabalham de 49 horas ou mais por semana, 19,5% são homens e 11% são mulheres.

Rendimento total
Em 2011, o rendimento médio mensal de todos os trabalhadores ocupados foi estimado em R$ 1.345, representando um incremento de 8,3% em relação ao verificado em 2009 (R$ 1.242).

Entre as faixas de remuneração, a pesquisa mostra que o rendimento médio mensal de todos os trabalhos das pessoas entre os 10% com rendimentos mais baixos foi de R$ 144,00 em 2009, tendo subido para R$ 186,00, em 2011. Entre os 1% com os rendimentos de todos os trabalhos mais elevados, o valor médio passou de R$ 15.437 em 2009 para R$ 16.121 em 2011.

Números gerais
Em 2011, havia 92,5 milhões de trabalhadores no país, um aumento de 1 milhão de pessoas em relação a 2009 (1,1%). Na região Sudeste, que registrou alta de 1,6% da população ocupada, estavam concentrados 43% dos trabalhadores do país. Entre as regiões pesquisadas pelo IBGE, a que apresentou a maior alta foi a Norte, com avanço de 3,7%.

Quanto à regularização, a quantidade de trabalhadores com carteira de trabalho assinada no setor privado foi estimado em 33,9 milhões, apontando alta de 3,6 milhões de empregos com carteira em relação a 2009 (11,8%).

Do G1,

Renda de mulheres cresce 13%, mas equivale a 70% do ganho de homens

Cotidiano

Concerto, shows, festas e muito mais: saiba onde aproveitar o fim de semana

Publicado

em

Quem busca opções de lazer e entretenimento neste final de semana em Rio Branco, tem à disposição diversas celebrações que movimentam os espaços públicos e privados da cidade.

O ac24horas separou as melhores atrações para se divertir com segurança. Acompanhe.

– Concerto com o Trio Rio Branco

O Sesc Partituras realiza nesta sexta-feira, 23, o concerto musical com o Trio Rio Branco. A iniciativa é compostas de apresentações das obras dos compositores brasileiros Lorenzo Fernândez, Luciano Gallet e Flausino Valle, autores de músicas clássicas.

O evento acontecerá  às 19h30, no Anfiteatro da Ufac e tem entrada gratuita.

– 15° Parada do Orgulho LGBT

Com o encerramento da Semana Acreana da Diversidade, neste domingo, 25, acontece a a tradicional Parada do Orgulho LGBT.

O evento inicia as 15h, com concentração na Praça do Skate Parque (Parque da Maternidade) e terá o show de Sandra Melo e banda na Concha Acústica.

– Filme O Livro dos Prazeres

Nesta sexta-feira, 23, estreia no Cine Teatro Recreio, o longa metragem baseado na obra de Clarice Lispector, ‘O Livro dos Prazeres’, às 16h30 e às 19h.

O filme tem lançamento em todas as capitais do Brasil e conta a história de Lóri (Simone Spoladore), uma professora com uma vida monótona, mas tudo muda quando ela conhece Ulisses (Javier Drolas), um provocador professor argentino.

– Recanto Food&Beer

O Recanto Food&Beer, bar e restaurante na Estrada Dias Martins, preparou três noites especiais para aproveitar bem o fim de semana. Agora com novo horário, das 16h às 03h.

Nesta sexta-feira, 23, tem “Baladinha das Atléticas”, com os Djs Aldine e Neto Barcelar, e ainda o torneio de bebidas com 60 litros de gummy Free. Já no sábado, ocorre a “Festa da Diversidade”, com a atração nacional DJ Nanda Machado e no domingo, tem o After da Parada do Orgulho LGBT.

– Especial Lendas do Rock Nacional

Neste sábado, 24, às 22h, no Studio Beer, o especial dos especiais com as Lendas do Rock Nacional acontece com 5 das maiores bandas brasileiras. No repertório tem a homenagem a Legião Urbana, Engenheiros do Havaí, Paralamas do Sucesso, Capital Inicial e Titãs.

O evento tem apresentação dos músicos Araão Prado, Dito Bruzugu, Saulo Olimpo e Paulinho Nobre.

Continuar lendo

Cotidiano

Polícia Civil do Acre prende foragido da Justiça no interior de Minas Gerais

Publicado

em

Contando com o apoio da Polícia Civil de Minas Gerais e da Coordenação Geral de Combate ao Crime Organizado do Ministério da Justiça, investigadores da Polícia Civil do Acre obteve êxito em prender Jonas Pereira de Souza, o “Pirata”, de 45 anos, que estava na condição de foragido da justiça acreana, ele estava escondido em uma residência no município de Esmeraldina (MG).

De acordo com as investigações da Polícia Civil, o suspeito é pessoa envolvida em crimes no Acre, especialmente no tráfico de drogas. O foragido inclusive foi preso 2015 pelo crime de importar arma de fogo para a pratica de delitos diversos.

No ato da prisão, o acusado tinha em seu poder documentos de identidade falsos e uma arma de fogo, passando a responder por mais dois crimes. Depois de um breve levantamento no sentido de levantar a numeração do armamento, foi comprovado que a arma tinha sido subtraída de um Policial Penal.

Nas buscas, os policiais encontraram com o acusado um automóvel cuja numeração havia sido adulterada, além de R$ 4.202,00 em dinheiro.

A parceria da Coordenação Geral de Combate ao Crime Organizado do Ministério da Justiça e Polícia Civil do Acre vem reforçando as ações na captura de criminosos.

Continuar lendo

Cotidiano

Família de jovem morto por PM em Tarauacá alega que ele não era invasor de terreno

Publicado

em

A família do jovem Marcos de Souza Mesquita, de 21 anos, morto na manhã da última quarta-feira (21) em suposto confronto com integrantes de uma guarnição do 7º Batalhão da Polícia Militar, sediado em Tarauacá, alega que ele não estava invadindo terra, mas havia comprado um lote no local.

Elcelândia de Souza, que é irmã da vítima, se manifestou pela primeira sobre o caso, que ela classifica como um ato covarde e desnecessário. Ao “Blog do Accioly”, ela afirmou que o irmão não estava invadindo terra de ninguém.

“Na realidade ele tinha comprado o terreno de uma senhora, pelo qual pagou a importância de R$ 3.500,00. Temos o recibo de compra e venda para provar o que estamos dizendo”, comentou a denunciante.

Segundo Elcelândia, Marcos saiu de casa na quarta-feira bem cedo para limpar o terreno que havia comprado e evitar o sol causticamente.

“Ele era só felicidade, pois estava prestes de realizar um dos seus sonhos, que era de ter sua casa própria. Infelizmente, esse e os demais sonhos foram cortados por dois tiros disparados por um policial, de forma desnecessária”, afirmou.

A denunciante fez um apelo para que as pessoas que assistiram ao desenrolar da ocorrência que culminou com a morte de Marcos, não tenham medo de comparecer à Delegacia de Polícia para prestar depoimento e relatar o que realmente ocorreu.

“Queremos apenas a verdade, e, que de fato tudo seja esclarecido”, disse Elcelândia.

Ela ainda disse entranhar o fato de até a tarde de quinta-feira a família não ter conseguido contatar com o delegado da cidade e registrar o Boletim de Ocorrência.

De acordo com Elcerlândia, a sensação de impunidade preocupa os familiares. Ela afirma que a população tem o delegado como um homem sério, e que não tolera injustiça, e encerrou com frase de Martin Luther King: “O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons”.

Paralelamente ao trabalho que já está sendo feito na Delegacia Geral de Polícia de Tarauacá, o Comando do 7º Batalhão da Polícia Militar já abriu um procedimento interno para apurar a conduta.

Os integrantes da guarnição se apresentaram e prestaram os esclarecimentos à respeito da ocorrência, tida inicialmente como um ação de legítima defesa.

Continuar lendo

Cotidiano

Suposto camelô que traficava maconha pelos Correios tem prisão preventiva decretada

Publicado

em

O camelô Marcos Dias do Nascimento, de 30 anos, preso na tarde de quarta-feira (21) por investigadores da Delegacia de Narcóticos (DENARC) e do Núcleo Especial de Capturas da Polícia Civil (NECAPC), quando retirava encomenda dos Correios contendo 7,5 de cocaína, já está à disposição da Justiça na Unidade de Recuperação Social Dr. Francisco d’Oliveira Conde. Ele teve sua prisão preventiva decretada pelo Juiz Clóves Cabral, em audiência de custódia realizada nesta quinta-feira (22) no Fórum Criminal.

Marcos Dias sequer sabia que há algum tempo vinha sendo monitorado por investigadores da DENARC por seu suposto envolvimento com um grupo que traficava drogas pelos Correios. Durante a fiscalização de encomendas com um dos cães farejadores, os policiais descobriram uma caixa que continha certa quantidade de drogas.

Restou aos policiais da especializada apenas aguardar o momento exato de agir. Na tarde da última quarta-feira (21), Marcos Dias apareceu em uma agência dos Correios em Rio Branco e tão logo recebeu a encomenda foi abordado pelos investigadores com uma ordem de prisão.

Ele mesmo abriu a caixa com roupas que camuflavam 7,5 de maconha. Mesmo preso em flagrante e recolhido ao presídio, Marcos Dias, que se passava por camelô, vai continuar sendo investigado, pois existem suspeitas de que seja membro de um grupo que trafica drogas pelos Correios, especialmente para o nordeste brasileiro.

Marcos Dias foi preso preventivamente.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.