Conecte-se agora

Promotores participam de curso de Combate à Corrupção e lavagem de dinheiro para o MP/AC

Publicado

em

Com o objetivo de capacitar seus integrantes no combate ao crime organizado, o Ministério Público do Estado do Acre (MP/AC) trouxe à Rio Branco o curso de Capacitação e Treinamento no Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro. O curso é uma iniciativa do Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional (DRI), do Ministério da Justiça, e ocorre no auditório da Justiça Federal entre os dias 10 e 14 próximos.

O curso faz parte da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e a Lavagem de Dinheiro (Enccla), um fórum interinstitucional coordenado pelo Ministério da Justiça. De acordo com o coordenador-geral do DRI, Roberto Biasoli, o curso já capacitou mais de 11 mil agentes em todo país; e esta é a segunda vez que é realizado no Acre. Ninguém consegue fazer nada sozinho. Precisamos nos despir das vaidades institucionais, nos articular e combater o crime organizado , disse.

Ainda segundo Biasoli, a melhor maneira de combater o crime organizado é asfixiar financeiramente as organizações criminosas. Nesse sentido, o MP/AC está criando instrumentos de investigação e implantando ferramentas tecnológicas para atuar no combate à corrupção e à lavagem de dinheiro. Para o promotor de Justiça Danilo Lovisaro, o MP/AC encontra-se diante de uma nova perspectiva de atuação institucional a partir da instalação do Laboratório de Combate à Lavagem de Dinheiro e da capacitação ofertada pela Enccla.

A procuradora-geral de Justiça Patrícia de Amorim Rêgo agradeceu o empenho de todos os parceiros para realização do curso e destacou o esforço do MP/AC na implantação dos instrumentos de combate à corrupção. Esse movimento que inicia hoje, com a instalação do Núcleo de Apoio Técnico do Laboratório de Combate à Lavagem de Dinheiro e dos programas de capacitação para os membros e servidores, é resultado de um grande esforço movido pelo Ministério Público do Acre para a efetividade desses instrumentos de combate ao crime organizado , destaca.

As informações são do MP/Acre

Acre

Marcia Bittar diz que deverá trabalhar pelo agronegócio

Publicado

em

A candidata ao Senado Federal Márcia Bittar (PL), retomou as agendas e participou nesta sexta-feira, 23, de uma caminhada na entrada do bairro Tancredo Neves, onde conversou com comerciantes e populares.

Após a caminhada, a candidata marcou presença em uma grande reunião no Palácio do Comércio, promovida pelo empresário Henrique Afonso, candidato a deputado estadual.

Durante a sua fala, Henrique Afonso falou sobre a necessidade de políticas que visem o avanço e o crescimento econômico do Estado, pauta apoiada por Marcia, que vê no agronegócio um dos pilares para esse desenvolvimento. “A gente precisa avançar muito nesse Estado e um dos avanços é justamente o desenvolvimento econômico. Eu sou um senhor de 60 anos vendo os mesmos discursos, já estou de cabelo branco e nunca mudaram. A gente precisa sair da inércia. Conheço Márcia a mais de 30 anos nas lutas e precisamos eleger políticos comprometidos com o desenvolvimento. Temos todas as condições, nós temos que plantar a semente”, disse Henrique.

Bittar contou que deverá focar no desenvolvimento econômico do Acre. “Nós estamos chegando na reta final, eu andei muito no Estado inteiro e não arredo o pé, nós temos que tomar um lado, estou do lado do desenvolvimento, do agronegócio, da família e da tradição cristã do nosso Brasil, não podemos permitir a volta de ideias políticas e econômicas tão nefastas como a florestania, que atenta contra tudo que nós defendemos”, declarou Márcia.

Continuar lendo

Acre

Jorge Viana e Nazaré Araújo se comprometem a lutar pela BR-364

Publicado

em

Há dez dias da eleição, a Caravana da Esperança retorna aos municípios de Feijó e Tarauacá, nesta quinta-feira, 22, com o entusiasmo do candidato ao Governo Jorge Viana, e a candidata ao Senado Nazaré Araújo, que realizam uma campanha “pé no chão” pelo interior do Acre.

A comitiva iniciou o dia com uma caminhada pelo centro comercial de Feijó, seguido de entrevista a rádio local. Ainda pela manhã, Jorge e Nazaré seguiram com a militância rumo a Tarauacá, onde foram recebidos com uma animada passeata pelo centro do município. Os candidatos participaram do podcast Blog do Accioly e caminharam no bairro da Praia, um dos maiores da cidade.

Diante das péssimas condições da BR-364, Jorge Viana, que foi governador do Acre por oito anos, ressaltou o desafio e a conquista de sua gestão, que trouxe uma nova realidade para o estado.

“O Acre era apartado, era isolado. Nós acabamos com esse isolamento em meu governo. E com isso vieram outros benefícios para essa região. Agora é sacrifício novamente andar por essa estrada, e nas cidades a situação é mais grave ainda, com muita gente desempregada. Eu e o Marcus Alexandre somos candidatos para enfrentar essa situação. Nós queremos socorrer as pessoas que estão desamparadas, criar um grande programa de geração de emprego, recompor essa infraestrutura e fazer essa região de Feijó e Tarauacá voltar a prosperar”, disse Jorge Viana.

A candidata ao senado, Nazaré Araújo, apontou as dificuldades enfrentadas pelas pessoas que precisam trafegar pela BR-364.

“Fazemos uma força para chegar a Feijó e Tarauacá pela estrada, são vários pontos críticos. Não podemos perder essa estrada, que é uma conquista do povo acreano e que só foi possível por causa do presidente Lula e do trabalho dos governos populares. Eu como senadora quero fazer o compromisso com as pessoas do interior do estado que precisam das estradas, dos ramais funcionando para o escoamento das produções, para que se possa fazer o transporte das pessoas, porque isso é fundamental para a vida”, declarou.

A agenda de Jorge Viana e Nazaré Araújo segue durante a noite na comunidade Vila São Vicente, ao longo da BR-364, na beira do Rio Gregório, ainda em Tarauacá.

Continuar lendo

Acre

Procuradoria Eleitoral enfatiza fiscalização do “voo da madrugada”

Publicado

em

O procurador eleitoral substituto Vitor Hugo Caldeira Teodoro encaminhou orientação normativa instruindo os promotores eleitorais sobre a atuação em casos de propaganda irregular, especialmente o derramamento de santinhos pelas ruas às vésperas das eleições, prática conhecida como “voo da madrugada”.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a irregularidade, se materializa por meio do derrame ou da anuência com o derrame de material de propaganda, tais como panfletos, santinhos e adesivos, no local de votação ou nas vias próximas, ainda que realizado na véspera da eleição.

A prática configura propaganda irregular, ficando o infrator e o beneficiário à multa prevista no § 1º, do art. 37 da Lei n. 9.504/1997, sem prejuízo da apuração do crime previsto no inciso III, do § 5º, do art. 39, da mesma Lei, conforme dispõe expressamente a Resolução TSE nº. 23.610/2019 (art. 19, § 7º).

O documento reforça os procedimentos que devem ser adotados na fiscalização de propaganda irregular. Uma das principais medidas é que as imagens a serem registradas do material sejam nítidas para possibilitar a visualização e identificação dos(as) candidatos(as) beneficiados(as).

“Deve-se registrar nome, número e partido do(a) candidato(a), especificando-se, com exatidão, dia, hora e local em que o ilícito foi cometido, bem como a estimativa do quantitativo dos santinhos derramados”, diz a orientação.

A Procuradoria Regional Eleitoral diz ainda que a expedição da orientação visa conferir celeridade ao processamento dos elementos de prova a serem colhidos, uma vez que o prazo para ajuizamento das respectivas representações encerra-se 48 horas após a data dos pleitos, primeiro e segundo turno, se houver.

Continuar lendo

Acre

No Quinari, Mara defende fim do ciclo de poder dos “Viana” e “Cameli”

Publicado

em

A candidata ao governo do Estado do Acre, deputada federal Mara Rocha (MDB), realizou nesta quinta-feira, 22, a caminhada da esperança no município de Senador Guiomard, interior do Acre.

Em suas redes sociais, a candidata aparece ao lado de militantes e do candidato a deputado federal, vice-governador Major Rocha e apoiadores de sua candidatura percorrendo ruas e cumprimentando eleitores mesa reta final de campanha.

Ao falar de suas propostas, Mara defendeu o fim do ciclo de 28 anos de hegemonia política comandada pelas famílias dos “Viana” e dos “Cameli”. “Vamos acabar com essa política do atraso. É hora da mudança”, declarou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.