Conecte-se agora

Produtores falam de abandono de 13 anos para Tião Bocalom

Publicado

em

Jairo Carioca
Foto: De Angelis 

Em uma extensa agenda durante todo o domingo (09), o candidato da Coligação Produzir para Empregar, Tião Bocalom, se reuniu com produtores dos quilômetros 28 e 45 do Projeto de Assentamento Moreno Maia.

No primeiro encontro, Bocalom ouviu um verdadeiro desabafo da produtora Maria Luiza, no km 28 do Assentamento. Ela relatou um abandono de 13 anos.

“Estamos abandonados aqui dentro há mais de 13 anos, não tem investimento nenhum por parte do governo. O pior é que nós levamos o nome de preguiçosos”, desabafou.

Os produtores reclamaram ainda que foram jogados dentro do assentamento e esquecidos pelo poder publico. Depois de ouvir as reclamações dos produtores, Bocalom ressaltou que vai trabalhar em parceria, abrindo ramais e investindo na produção.

“O meu projeto nunca mudou, sempre disse que queria cuidar de gente, quero que o pequeno produtor rural produza e possa ter dignidade” disse o tucano.

A caravana seguiu para o km 45 do projeto de assentamento. Os produtores denunciaram a forma como são tratados pelos órgãos responsáveis pela manutenção dos ramais.

“Um dia nós nos reunimos com alguns técnicos do Deracre para pedirmos ajuda, eles perguntaram o que cada um de nós queria? Todos nós falamos em ramais, teve um técnico que disse que ramal não era preciso porque não produzíamos nada, somente criávamos boi, animal que não precisa de ramal para andar” denunciou Francisco Alvanir, presidente da Associação dos Produtores.

Bocalom conheceu a situação das pontes do projeto

Alunos andam em carroça de boi para chegar às aulas

Outra denuncia feita pelos produtores tem sido a vergonhosa forma que a prefeitura tem tratado os alunos que utilizam o transporte escolar.

“Os alunos estão andando de carroça de boi ou de caminhão boiadeiro que a prefeitura manda para levá-los a escola. Isto quando vem se não eles têm que andar mais de 12 km a pé para poderem estudar” denunciou Maria Silva.

Acre

Marcia Bittar diz que deverá trabalhar pelo agronegócio

Publicado

em

A candidata ao Senado Federal Márcia Bittar (PL), retomou as agendas e participou nesta sexta-feira, 23, de uma caminhada na entrada do bairro Tancredo Neves, onde conversou com comerciantes e populares.

Após a caminhada, a candidata marcou presença em uma grande reunião no Palácio do Comércio, promovida pelo empresário Henrique Afonso, candidato a deputado estadual.

Durante a sua fala, Henrique Afonso falou sobre a necessidade de políticas que visem o avanço e o crescimento econômico do Estado, pauta apoiada por Marcia, que vê no agronegócio um dos pilares para esse desenvolvimento. “A gente precisa avançar muito nesse Estado e um dos avanços é justamente o desenvolvimento econômico. Eu sou um senhor de 60 anos vendo os mesmos discursos, já estou de cabelo branco e nunca mudaram. A gente precisa sair da inércia. Conheço Márcia a mais de 30 anos nas lutas e precisamos eleger políticos comprometidos com o desenvolvimento. Temos todas as condições, nós temos que plantar a semente”, disse Henrique.

Bittar contou que deverá focar no desenvolvimento econômico do Acre. “Nós estamos chegando na reta final, eu andei muito no Estado inteiro e não arredo o pé, nós temos que tomar um lado, estou do lado do desenvolvimento, do agronegócio, da família e da tradição cristã do nosso Brasil, não podemos permitir a volta de ideias políticas e econômicas tão nefastas como a florestania, que atenta contra tudo que nós defendemos”, declarou Márcia.

Continuar lendo

Acre

Jorge Viana e Nazaré Araújo se comprometem a lutar pela BR-364

Publicado

em

Há dez dias da eleição, a Caravana da Esperança retorna aos municípios de Feijó e Tarauacá, nesta quinta-feira, 22, com o entusiasmo do candidato ao Governo Jorge Viana, e a candidata ao Senado Nazaré Araújo, que realizam uma campanha “pé no chão” pelo interior do Acre.

A comitiva iniciou o dia com uma caminhada pelo centro comercial de Feijó, seguido de entrevista a rádio local. Ainda pela manhã, Jorge e Nazaré seguiram com a militância rumo a Tarauacá, onde foram recebidos com uma animada passeata pelo centro do município. Os candidatos participaram do podcast Blog do Accioly e caminharam no bairro da Praia, um dos maiores da cidade.

Diante das péssimas condições da BR-364, Jorge Viana, que foi governador do Acre por oito anos, ressaltou o desafio e a conquista de sua gestão, que trouxe uma nova realidade para o estado.

“O Acre era apartado, era isolado. Nós acabamos com esse isolamento em meu governo. E com isso vieram outros benefícios para essa região. Agora é sacrifício novamente andar por essa estrada, e nas cidades a situação é mais grave ainda, com muita gente desempregada. Eu e o Marcus Alexandre somos candidatos para enfrentar essa situação. Nós queremos socorrer as pessoas que estão desamparadas, criar um grande programa de geração de emprego, recompor essa infraestrutura e fazer essa região de Feijó e Tarauacá voltar a prosperar”, disse Jorge Viana.

A candidata ao senado, Nazaré Araújo, apontou as dificuldades enfrentadas pelas pessoas que precisam trafegar pela BR-364.

“Fazemos uma força para chegar a Feijó e Tarauacá pela estrada, são vários pontos críticos. Não podemos perder essa estrada, que é uma conquista do povo acreano e que só foi possível por causa do presidente Lula e do trabalho dos governos populares. Eu como senadora quero fazer o compromisso com as pessoas do interior do estado que precisam das estradas, dos ramais funcionando para o escoamento das produções, para que se possa fazer o transporte das pessoas, porque isso é fundamental para a vida”, declarou.

A agenda de Jorge Viana e Nazaré Araújo segue durante a noite na comunidade Vila São Vicente, ao longo da BR-364, na beira do Rio Gregório, ainda em Tarauacá.

Continuar lendo

Acre

Procuradoria Eleitoral enfatiza fiscalização do “voo da madrugada”

Publicado

em

O procurador eleitoral substituto Vitor Hugo Caldeira Teodoro encaminhou orientação normativa instruindo os promotores eleitorais sobre a atuação em casos de propaganda irregular, especialmente o derramamento de santinhos pelas ruas às vésperas das eleições, prática conhecida como “voo da madrugada”.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), a irregularidade, se materializa por meio do derrame ou da anuência com o derrame de material de propaganda, tais como panfletos, santinhos e adesivos, no local de votação ou nas vias próximas, ainda que realizado na véspera da eleição.

A prática configura propaganda irregular, ficando o infrator e o beneficiário à multa prevista no § 1º, do art. 37 da Lei n. 9.504/1997, sem prejuízo da apuração do crime previsto no inciso III, do § 5º, do art. 39, da mesma Lei, conforme dispõe expressamente a Resolução TSE nº. 23.610/2019 (art. 19, § 7º).

O documento reforça os procedimentos que devem ser adotados na fiscalização de propaganda irregular. Uma das principais medidas é que as imagens a serem registradas do material sejam nítidas para possibilitar a visualização e identificação dos(as) candidatos(as) beneficiados(as).

“Deve-se registrar nome, número e partido do(a) candidato(a), especificando-se, com exatidão, dia, hora e local em que o ilícito foi cometido, bem como a estimativa do quantitativo dos santinhos derramados”, diz a orientação.

A Procuradoria Regional Eleitoral diz ainda que a expedição da orientação visa conferir celeridade ao processamento dos elementos de prova a serem colhidos, uma vez que o prazo para ajuizamento das respectivas representações encerra-se 48 horas após a data dos pleitos, primeiro e segundo turno, se houver.

Continuar lendo

Acre

No Quinari, Mara defende fim do ciclo de poder dos “Viana” e “Cameli”

Publicado

em

A candidata ao governo do Estado do Acre, deputada federal Mara Rocha (MDB), realizou nesta quinta-feira, 22, a caminhada da esperança no município de Senador Guiomard, interior do Acre.

Em suas redes sociais, a candidata aparece ao lado de militantes e do candidato a deputado federal, vice-governador Major Rocha e apoiadores de sua candidatura percorrendo ruas e cumprimentando eleitores mesa reta final de campanha.

Ao falar de suas propostas, Mara defendeu o fim do ciclo de 28 anos de hegemonia política comandada pelas famílias dos “Viana” e dos “Cameli”. “Vamos acabar com essa política do atraso. É hora da mudança”, declarou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.