Conecte-se agora

Governo entrega mais de 550 títulos definitivos aos moradores do bairro Caladinho

Publicado

em

Nayanne Santana

“Esta proclamada a emancipação do Caladinho”. Esta frase foi dita pelo governador Tião Viana ao participar, nesta quinta-feira, 23, do ato de entrega de títulos definitivos para moradores do bairro Caladinho onde a ocupação habitacional iniciou há seis anos como uma invasão de terra.

“Há  seis anos estou nesta batalha. É um momento muito importante para as pessoas que vivem aqui. Graças a Deus nós estamos vencendo com o ajuda do governador Tião, de moradores que me deram apoio, do deputado Edvaldo Souza. Esse é um dia de muita felicidade para esse povo, agora eles têm a certeza de ser dono do seu espaço”, pontua a líder da comunidade.

Empenho e determinação

O diretor-presidente do Instituto de Terras do Acre (Iteracre), Glenilson Figueiredo ressaltou que as equipes do Instituto se empenharam para que o Caladinho fosse regularizado. O trabalho iniciou em janeiro.

A certeza da propriedade

Logo que surgiu a ocupação no Caladinho o morador Daurivan Araújo conta que comprou um lote no local para morar com sua família. Porém, como o lugar era uma área de ocupação irregular e, portanto, não possuía documentação, Daurivan Araújo amargou prejuízos.

“Eu comprei casa de uma pessoa que já era o segundo dono do lote e paguei pelo valor que ela me cobrou, mas depois apareceu a pessoa que tinha sido o primeiro dono da área me cobrando por estar no terreno. Precisei pagar três vezes pela terra que moro só porque a gente fazia negócio com papel que não valia nada”, lamenta o morador.

Contudo, após a intervenção do Estado naquela região Daurivan Araújo tem novos planos e confessa que vislumbra um futuro bem melhor.

“Agora com a titularização sei que a terra é minha e sou muito grato ao governo por fazer isso por nós. Ali tem muitas famílias honestas. Sei que depois disso as máquinas vão poder entrar e fazer ruas, colocar iluminação no bairro, água, esgoto e eu vou poder fazer melhorias na minha casa”, disse Daurivan Araújo.

A restituição da cidadania

O governador Tião Viana lembrou que o bairro era um dos mais sofridos da capital, das histórias de ocupações urbanas de Rio Branco. “Essa história daqui lembra o início da história de bairros como o João Eduardo, Taquari de comunidades onde as pessoas entravam, mas não sabiam como iam fazer a travessia”, observou. Tião Viana frisa que a regularização é a restituição da cidadania, de vida e dignidade para as famílias que vivem naquele local.

“Todo o Acre acompanhou o sofrimento dessas pessoas e o deputado Edvaldo Souza me fez um pedido pessoal para que eu pudesse fazer um esforço a mais por essa comunidade que sofria tanto”, contou o governador.

Após o pedido do parlamentar Tião diz que levou o esforço dos servidores do Estado para mudar a situação da comunidade.

“O plano de saneamento está pronto, a solicitação para que a companhia de eletricidade venha fazer a correção da situação ilegal de energia foi feita e será atendida e agora nós concluímos com esse trabalho de regularização e sei que assim a comunidade do Caladinho vai poder sorrir”, declarou.

A chegada da infraestrutura

O deputado Edvaldo Souza, que desde o início da ocupação atua para que área seja regularizada e urbanizada, confessou que estava emocionado e muito feliz coma conquista da comunidade.

“Pobre tem que ser tratado com decência e essa foi uma reivindicação minha em conversas com o governador Tião e ele foi sensível ao problema e garantiu que iria resolver esse problema de regularização do Caladinho e estamos aqui para celebrar esse momento”, afirmou o parlamentar.

Edvaldo Souza adiantou que nas próximas semanas o Governo do Estado inicia as obras de infraestrutura na comunidade e que isto promoverá uma mudança no local com ruas calçadas, drenagem, energia elétrica, entre outros. Souza frisa que para isso serão investidos R$ 30 milhões.

Acre

PF deflagra operações contra crime eleitoral em Rio Branco

Publicado

em

A polícia federal deflagrou desde as primeiras horas desta quarta-feira, 28, duas operações simultâneas em Rio Branco. Baizadas de Comitê Violeta e Algibeira, as acções polícias ocorrem em conjunto com o Ministério Público Eleitoral. Os nomes dos alvos não foram revelados pela PF.

Na Operação Comitê Violeta, o objetivo é reprimir a prática de compra de votos, bem como o abuso do poder econômico e político durante as eleições. Na ação policial mencionada, a Polícia Federal cumpriu três mandados judiciais de busca e apreensão na cidade de Rio Branco/AC, contra um pré-candidato e partidários.

Durante as investigações, que tiveram início este mês, foi possível identificar que pré-candidato às eleições, na cidade de Rio Branco, estabeleceu estreito laço com indivíduos pertencentes a facção criminosa atuante no Acre, com a finalidade de criar uma rede de proteção, a qual fora utilizada da maneira mais variada, principalmente com a possível compra de votos.

Os envolvidos responderão pelos crimes de corrupção eleitoral, com pena prevista de até quatro anos de reclusão; e falsidade ideológica, com até cinco anos de prisão. Os dois delitos são previstos no Código Eleitoral.

A investigação conduzida pela Polícia Federal no Acre foi chamada de “COMITÊ VIOLETA” por fazer alusão a principal cor utilizada pela pré-candidata durante as campanhas eleitorais.

OPERAÇÃO ALGIBEIRA

Na outra ação, denominada ALGIBEIRA, a finalidade é coibir a prática de abuso do poder econômico e político durante o período eleitoral, por meio da utilização indevida de dinheiro durante as eleições.

A Polícia Federal cumpriu três mandados judiciais de busca e apreensão também em Rio Branco.

Durante as investigações, iniciadas este mês, identificou-se a presença de operadores de dinheiro, que, no período pré-eleitoral, guardavam quantias em espécie em determinado “bunker”, com a finalidade de, posteriormente, dar suporte a eventuais candidatos e campanhas políticas.

Foi possível constatar, no decorrer das investigações, que indivíduos armazenavam altas quantias em seus bolsos e deixavam o local, inúmeras vezes ao dia, com volumes em suas roupas, em razão das grandes quantias em espécie que portavam.

Os envolvidos responderão pelos crimes de corrupção eleitoral e falsidade ideológica, ambos do Código Eleitoral; assim como Lavagem de Dinheiro. Em caso de condenação, as penas somadas poderão resultar em até 20 anos de reclusão

O nome da operação faz referência ao método mais utilizado pelos investigados na tentativa de retirar de forma discreta os recursos em espécie armazenados no imóvel alvo de buscas.

Com informações da assessoria de comunicação da Polícia Federal.

Continuar lendo

Acre

Nilson Euclides comparece ao debate com apoio da militância

Publicado

em

O candidato ao governo, professor Nilson Euclides (PSOL) foi o último a chegar aos estúdios da TV Acre para o debate com os postulantes ao Palácio Rio Branco nesta terça-feira, 27, em Rio Branco.

Com apoio de dezenas de apoiadores de esquerda, Euclides se disse confiante. “Fundamental para a democracia”, declarou.

Continuar lendo

Acre

Mara Rocha é recebida com festa antes de debate na TV Acre

Publicado

em

A candidata ao governo do Estado do Acre, deputada federal Mara Rocha (MDB) compareceu ao debate com os candidatos ao governo abraçada pela militância emedebista.

Com danças e ao som do jingle de campanha, Rocha chegou e foi abraçado pela militância presente na frente da emissora.

A candidata que estava acompanhada do vice-governador Major Rocha, não quis conversar com a reportagem.

Continuar lendo

Acre

Petecão se reúne com familiares de detentos antes do debate

Publicado

em

O candidato ao governo, senador licenciado Sérgio Petecão (PSD), se reuniu na entrada da TV Acre com representantes dos detentos em frente a emissora e prometeu tomar providências caso seja eleito ao comando do Palácio Rio Branco. Sobre os protestos, Petecão disse que é obrigação do governo atender as reivindicações dos familiares. “Me solidarizo e considero isso uma falta de respeito”, declarou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.