Conecte-se agora

Luiz Calixto diz que oposição “pisou na bola” ao negociar com governo para evitar investigação

Publicado

em

Não terá pedido de cassação do mandato do deputado Major Rocha (PSDB), como prometeu o deputado Ney Amorim (PT). Também não será instalada a CPI dos Grampos na Assembleia Legislativa, como defendeu a oposição. Segundo o ex-deputado Luiz Calixto, candidato a vice-prefeito da coligação Muda Rio Branco, o acordo já era previsível. “Escrevi afirmando que apostava “cem e uma coca¨” como nenhum deputado governista teria tutano para pedir a cassação do deputado Major Rocha. Conhecendo um pouco das manhas as manhas daquele Poder, afirmei sem medo de errar”, comentou Calixto, em seu blog, nesta quarta-feira (15).

A interferência do governador Sebastião Viana (PT) aliada à colaboração da oposição foi determinante para evitar a investigação que mostraria a verdade sobre denúncias de arapongagem no Governo com a utilização do Guardião, aparelho que grava ligações telefônicas. A CPI abortada também investigaria denúncias de espionagem clandestina contra membros do PSDB.

Para Luiz Calixto, como o acordo já era esperado, tudo não passou de teatro. Segundo ele, o presidente do PT, Leonardo de Brito, chegou a afirmar nos jornais que o partido apoiava a investigação. Na Casa, nenhum parlamentar petista se manifestou contra a CPI quando a decisão de abortar a investigação foi anunciada. Para o ex-deputado oposicionista, a oposição errou ao recuar. “Com a pizza pronta e as fatias servidas a oposição na Assembleia Legislativa deverá reconhecer que pisou feio na bola ao negociar com o governo”, disse.

Calixto lembra que “o motivo da investigação foi a grave afirmação do governador que as conversas eram grampeadas e que o PSDB também tinha seu gardiãozinho”, e acrescenta que “ (…) depois dessa patuscada ninguém poderá tirar o povo de duvidar se o governador também não estaria falando a verdade. O certo é que o pânico de falar ao telefone espalhou-se”, finaliza.

Da redação de ac24horas
Rio Branco-Ac

Acre

Nilson Euclides comparece ao debate com apoio da militância

Publicado

em

O candidato ao governo, professor Nilson Euclides (PSOL) foi o último a chegar aos estúdios da TV Acre para o debate com os postulantes ao Palácio Rio Branco nesta terça-feira, 27, em Rio Branco.

Com apoio de dezenas de apoiadores de esquerda, Euclides se disse confiante. “Fundamental para a democracia”, declarou.

Continuar lendo

Acre

Mara Rocha é recebida com festa antes de debate na TV Acre

Publicado

em

A candidata ao governo do Estado do Acre, deputada federal Mara Rocha (MDB) compareceu ao debate com os candidatos ao governo abraçada pela militância emedebista.

Com danças e ao som do jingle de campanha, Rocha chegou e foi abraçado pela militância presente na frente da emissora.

A candidata que estava acompanhada do vice-governador Major Rocha, não quis conversar com a reportagem.

Continuar lendo

Acre

Petecão se reúne com familiares de detentos antes do debate

Publicado

em

O candidato ao governo, senador licenciado Sérgio Petecão (PSD), se reuniu na entrada da TV Acre com representantes dos detentos em frente a emissora e prometeu tomar providências caso seja eleito ao comando do Palácio Rio Branco. Sobre os protestos, Petecão disse que é obrigação do governo atender as reivindicações dos familiares. “Me solidarizo e considero isso uma falta de respeito”, declarou.

Continuar lendo

Acre

Na TV Acre, Bittar diz que vai prestar contas do mandato de senador

Publicado

em

O candidato ao governo, senador licenciado Márcio Bittar (União Brasil) chegou na noite desta terça-feira, 27, em seu veículo para participar do debate da TV Acre, em Rio Branco. Sem o apoio de militantes, ele disse que deverá prestar contas do seu mandato como senador no Congresso Nacional. “Antes de prometer, devemos prestar contas do que fizemos”, comentou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.