Conecte-se agora

Sérgio Petecão irá mobilizar bancada em prol da ponte do Madeira que corta a BR 364

Publicado

em

Brasília – O senador Sérgio Petecão (PSD) informou esta terça-feira (7) em Brasília que pretende  mobilizar a bancada federal do Acre para uma visita à presidente Dilma Roussef. O objetivo, segundo o parlamentar, é solicitar informações acerca da liberação dos recursos destinados à construção da ponte do rio Madeira (Travessia Abunã-Jacira). De acordo com as últimas informações, a verba, da ordem de R$ 20 milhões, foi contingenciada pela Presidência da República sob alegação de contenção de recursos  sem qualquer previsão de retomada das obras. Para o parlamentar, “a notícia não podia ser pior já que a ponte é um sonho acalentado por todo o Estado do Acre”.

O senador lembrou ainda que a ponte já foi alvo de outros problemas que influenciaram no atraso das obras. O projeto inicial foi contestado pelo próprio Tribunal de Contas da União (TCU) e a Marinha do Brasil pois não atendia às necessidades da usina Jirau – o vão não tinha altura para permitir navegação na época das cheias e a extensão da ponte ficou pequena. Algum tempo depois, destacou o parlamentar,o próprio Ministério dos Transportes, por ofício, informou a retomada dos trabalhos, assegurando que o projeto de construção da ponte deveria estar concluído no final do ano. “Com o anúncio da retenção dos recursos, no entanto,a previsão foi anulada”.

O senador enfatizou que a ponte sobre o rio Madeira, por assegurar  a ligação terrestre  do Acre com o resto do Brasil via Rondônia,vai garantir de forma definitiva o transporte de mercadorias. E, desta forma, evitar o tão temido desabastecimento ou mesmo o encarecimento dos produtos, sobretudo para o interior do Estado. “Sem falar que a travessia por balsas cria filas intermináveis, causa problemas  de encalhe no verão e encarece as mercadorias devido ao alto preço cobrado por veículo”. Para o senador, somente a Presidência da República ou ainda o Ministério do Planejamento poderiam dar uma luz à retomada dos trabalhos de uma obra, “tão aguardada por todos os acreanos”.

Acre

Ministério da Saúde libera R$ 5,2 milhões em emendas de Alan Rick

Recursos são para investimentos em saúde em 12 municípios acreanos

Publicado

em

O Ministério da Saúde liberou emendas destinadas pelo deputado federal Alan Rick (União Brasil) para investimentos no Acre. Unidades básicas de saúde e hospitais de 12 municípios serão beneficiadas com os recursos para custeio dos serviços de atenção básica. São eles: Acrelândia, Sena Madureira, Xapuri, Porto Acre, Senador Guiomard, Rodrigues Alves, Porto Walter, Mâncio Lima, Manoel Urbano, Cruzeiro do Sul, Capixaba e Marechal Thaumaturgo.

Os recursos para a conclusão das obras e compra de equipamentos das Unidade Mista de Acrelândia e Unidade Mista de Santa Luzia, em Cruzeiro do Sul, também foram pagos. Ainda para a regional Juruá, o MS pagou emenda de R$ 205 mil para aquisição de equipamentos para o laboratório da Unidade de Saúde Indígena Mario Puyanawa Mãpa, em Mâncio Lima.

Para Capixaba, foram quase R$ 700 mil para aquisição de equipamentos e de um micro-ônibus para a apoio as ações de saúde do município.

Alan Rick destacou que sempre que visita os hospitais, as UPA’s, as unidades de saúde se depara com a necessidade das pessoas, com os desafios que precisam ser superados.

“Lembro bem que em uma das idas a Unidade Mista de Santa Luzia, em Cruzeiro do Sul, me deparei com a Dona Maria Inês, de 68 anos, que tinha caído em casa e sentia dores no ombro e na perna. Precisava de um raio-x e a unidade não tinha o equipamento. Ela precisou ir até o Hospital na cidade para fazer o exame e saber se tinha quebrado o ombro. Me coloquei no lugar daquela família apreensiva, daquela idosa sentindo dores, mas saber que com a conclusão da reforma, a ampliação e a equipagem da unidade esse deslocamento, de aproximadamente 30 km, não será mais necessário traz esperança de dias melhores. Vamos realizar um sonho da comunidade” – disse o deputado.

Alan Rick está em Cruzeiro do Sul e fará nova visita à unidade e vistoria na obra, nesta sexta-feira, 24.

Continuar lendo

Acre

Direção do PS afirma que Ailton Oliveira foi prontamente atendido

Publicado

em

Uma nota pública assinada por Dora Vitorino, diretora do pronto-socorro de Rio Branco informa que o secretário de comunicação da prefeitura de Rio Branco, Ailton Oliveira, foi imediatamente atendido pelo médico de plantão na unidade assim que chegou ao local por volta das 22 horas desta quinta-feira, 23.

LEIA TAMBÉM:

>>>Secretário de Comunicação da prefeitura sofre infarto e esposa reclama de atendimento no PS

>>>”Dar dó de ver os pacientes no PS”, diz Bocalom ao comentar caso de Ailton Oliveira

A nota diz ainda que o paciente passou por todos os exames de rotina, entre eles um eletrocardiograma, foi medicado e permaneceu estável, em observação.

De acordo com o comunicado, Ailton Oliveira já foi transferido para o Hospital Santa Juliana, onde vai passar por um procedimento de cateterismo.

A nota, no entanto, não nega que o paciente tenha passado a noite em uma maca no corredor, como denuncia a esposa de Ailton, a jornalista Melissa Jares.

Continuar lendo

Acre

Aleac publica PEC que efetiva servidores temporários do ISE

Publicado

em

Após ser aprovada por 14 deputados, a Assembleia Legislativa publicou no Diário Oficial desta sexta-feira, 24, a Proposta de Emenda à Constituição que efetiva os servidores temporários do Instituto Socioeducativo do Acre (ISE).

A proposta, de autoria do deputado Roberto Duarte (Republicanos), incorpora aos quadros da Polícia Penal os agentes penitenciários e socioeducativos contratados em caráter temporário. Para que isso aconteça, é preciso que o servidor tenha mais de cinco anos de serviço.

Apesar de aprovada por ampla maioria, a PEC é considerada por muita gente inconstitucional, inclusive pelo deputado Pedro Longo (PV) que é juiz de direito aposentado e único voto contrário.

O entendimento é que a PEC é comparada à Lei que tentou incorporar os servidores do Igesac à um quadro em extinção na Secretaria Estadual de Saúde e foi considerada inconstitucional.

Continuar lendo

Acre

Após repiquete histórico, Rio Acre seca radicalmente e nível é crítico

Publicado

em

Depois do repiquete histórico que elevou radicalmente o volume de água, as cabeceiras do Rio Acre vivem uma vazante drástica: em 24 horas, entre os dias 22 e 23 de junho, o nível do manancial em Assis Brasil caiu de 2,94 metros para 2,86m, e apesar de ter subido 2cm em Brasiléia encontra-se atualmente com 2,40m -nada menos que 1,10 metros abaixo do previsto para esta 2ª quinzena de junho.

Praticamente toda a Bacia Hidrográfica do Rio Acre vive dias difíceis: o Igarapé Espalha está quase 2 metros abaixo do previsto e o Riozinho do Rôla, o maior tributário do Rio Acre no município de Rio Branco, encontra-se com 1,89m enquanto o ideal seria ao menos 3m, já dentro da cota de alerta máximo.

A situação não é muito diferente em parte das bacias hidrográficas. De acordo com as cotas definidas para Plataforma de Monitoramento Ambiental, o Rio Iaco encontra-se em nível de “atenção” em Sena Madureira.

De acordo com os dados da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Povos Indígenas (Semapi) o prognóstico para o trimestre de junho, julho e agosto de 2022 é de que a chuva deverá ficar abaixo dos padrões climatológicos na faixa sul do Mato Grosso. Acima dos padrões climatológicos em Roraima, faixa norte do Amazonas, centro-leste do Amapá, região do Marajó e nordeste Paraense. E nas demais áreas da Amazônia Legal, a precipitação ficará dentro dos padrões climatológicos, inclusive no Acre.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!