Conecte-se agora

Deputados visitam cracolândia de Rio Branco que funciona em antiga rodoviária

Publicado

em

Ray Melo,
da redação de ac24horas
[email protected]

Funcionando próximo ao box da Polícia Militar, a cracolândia de Rio Branco, que funciona na antiga rodoviária do bairro Cidade Nova recebeu neste fim de semana, a vista de um grupo de deputados, que trabalham a questão dos dependentes químicos, no Acre.

A deputada federal Antonia Lúcia (PSC), os deputados estaduais Eber Machado (PSDC), Denílson Segóvia (PSC) e o presidente do Conselho Penitenciário estadual, defensor públivo Valdi Perazzo, foram verificar de perto a situação de jovens e adultos que frequentam  o local.

Sem qualquer tipo de assistência por parte do estado, as pessoas que usam crack, no local que pertence a prefeitura de Rio Branco, reclamam da ausência do poder público, para se libertarem da dependência de drogas, sentimento é compartilhado pelos comerciantes.

Donos de pequenos estabelecimentos comerciais pedem uma ação das autoridades municipais e estaduais, para remover os dependentes químicos do local. Os comerciantes dizem ainda, que não se trata de reprimir, mas dar um tratamento adequado aos viciados para se livrarem da dependência.

“São pessoas que vivem em condições subumanas, que precisam de tratamento. Como representantes do povo, os políticos precisam acordar e trabalhar esta questão que vem tomando de conta da vida de jovens a adultos, silenciosamente”, diz Antônia Lúcia.

A deputada federal Antônia Lúcia está construindo uma comunidade terapêutica em sua chácara, na Vila Acre. O local está sendo preparado para receber dependentes químicos, que terão assistência completa com profissionais da área médica.

“Encontramos pessoas escravizadas pelo craque. Cidadãos que querem ajuda, mas não sabem a quem recorrer. Após tomar conhecimento da existência da cracolândia do Acre, convidei a deputada Antônia Lúcia para tentarmos interceder nesta questão”, destaca Eber Machado.

A equipe de gabinete de Antônia Lúcia fez imagens e fotografias do local. Os deputados pretendem sensibilizar as autoridades estaduais na criação de instituições de ajuda aos dependentes químicos das cidades acrianas.

“O poder público precisa se empenhar na luta pela recuperação dos dependentes químicos. Estas pessoas estão sendo excluídas das ações dos administradores do estado, que reprimem e lotam os presídios com pessoas que precisam de tratamento”, enfatiza Antônia Lúcia.

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Cotidiano

Terça será de dia ensolarado com possibilidades de chuvas rápidas no decorrer do dia

Publicado

em

De acordo com o Serviço de Proteção da Amazônia (Sipam), esta terça-feira, 27, será de dia ensolarado, com o céu variando de claro a parcialmente nublado e há possibilidade de chuva rápidas e isoladas entre a tarde e à noite.

Segundo o boletim, uma frente fria que se aproxima pelo Sul do País deve mudar o tempo no Acre ao longo desta semana, trazendo mais um evento de friagem.

Confira as temperaturas:

Alto Acre

Em Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, as temperaturas oscilam entre a mínima de 20°C e a máxima de 35ºC.

Baixo Acre

Mínima de 21°C e máxima de 35ºC são as temperaturas registradas em

Acrelândia, Bujari, Capixaba, Plácido de Castro, Porto Acre, Senador Guiomard e Rio Branco.

Vale do Juruá

Já em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Rodrigues Alves os termômetros ficam entre 21ºC e 35°C.

Vale do Purus

Em Manoel Urbano, Santa Rosa do Purus e Sena Madureira faz entre 20º C e 35°C.

Vale do Tarauacá/Envira

Por fim, em Feijó, Jordão e Tarauacá a variação de temperatura fica entre a mínima de 22°C e a máxima de 35°C.

Continuar lendo

Coluna do Astério

Fundão eleitoral, o combinado custa caro!

Publicado

em

Há um ditado popular que diz que, “o combinado não custa caro”. Como toda regra tem exceção, o dito não serve para deputados federais, senadores e o presidente da república. O que eles combinaram vai custar muito caro aos cofres da nação.

A Câmara e Senado aprovaram na LDO o aumento de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões no Fundo Especial Eleitoral, o “Fundão de Campanha”, a ser torrado nas eleições do ano que vem. A nação ficou em choque com tão vergonhoso aumento. Uma afronta a população no meio de uma pandemia com mais de 550 mil mortos e cerca de 20 milhões de brasileiros na miséria absoluta.

A princípio, o presidente Jair Messias Bolsonaro que não é “coveiro” nem “faz milagres” se mostrou bastante indignado com a proposta indecente dos antigos parceiros de parlamento. Para acalmar o povo e os seus seguidores, em nome da moral e dos bons costumes, assinalou que vetaria a proposta.

Ledo engano! Conforme o combinado com o Centrão, já que a proposta real não era a de manter os R$ 5,7 bilhões, mas qualquer valor acima dos dois R$ 2 bilhões, afirmou a nação brasileira que R$ 4 bilhões estão de bom tamanho.

A pergunta é: Bolsonaro está errado quando faz isso? Moralmente sim, mas politicamente não. Ou ele se junta com o famigerado Centrão ou sua cabeça rola do planalto bem antes mesmo da data da reeleição ano que vem com um impeachment.

Ao se recusar a negociar com o ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, Dilma assinou a sentença de morte política. Coisa que Bolsonaro não faz nem aqui nem na lua. Para ele, perder para o Lula é impensável. O Impensável não existe.

“São tão simples os homens e obedecem tanto às necessidades presentes, que quem engana encontrará sempre alguém que se deixa enganar”. (Maquiavel)

. Uma gestão pode começar ruim e terminar muito boa.

. Ou, pode começar bem e terminar muito mal.

. Vai depender sempre da competência do gestor de rever e ajustar posições como em um jogo de futebol.

. O deputado Jenilson Leite (PSB) se porta como um verdadeiro candidato a governador de 3ª via política; faz muito bem a sua parte.

. Seus movimentos são corretos.

. Aguardar para ver o resultado.

. O senador Sérgio Petecão (PSD) anda “cascaviando” votos pelas bandas do Juruá.

. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vetou projeto de lei aprovado pela Câmara dos deputados que facilitava o acesso a remédios orais contra o câncer.

. A proposta tentava reduzir exigências relacionadas aos planos de saúde.

. Uma lástima!

. Salve! Salve! Ó Brasiléia! Sentinela da fronteira…

. Salve Brasiléia!

. Terra querida que me viu nascer.

. Não convidem o prefeito Bocalom para jogar bola, pense num perna de pau.

. “A pior arma das sereias não é o canto, mas o silêncio”. (Uma do Franz Kafka)

. Bem lembrado, em seu primeiro ano de governo Jorge Viana obrigou as construtoras a pagarem com a primeira parcela da medição os salários dos trabalhadores.

. Com a outra, poderiam comprar carros, chácaras, fazendas, apartamentos no nordeste e viajar para a Disney.

. Bom dia!

Continuar lendo

Blog do Crica

A grande cartada do PT

Publicado

em

2022 será a grande cartada do PT no estado, onde na última eleição para o Governo, Câmara, Assembleia Legislativa e Senado, foi massacrado nas urnas, perdendo o poder após 20 anos de reinado político. Perdeu além do governo, a vaga que tinha no Senado, e todas as vagas de deputado federal. 

Na eleição municipal, não conseguiu eleger um vereador na capital. A eleição do próximo ano será o grande divisor petista para saber se este vendaval negativo passou e o partido passará a ter novamente um papel de protagonista na política estadual, ou se, a sigla se manterá alijada. 

Não se vê um nome de potencial para disputar o governo dentro do partido, ao não ser o do ex-senador Jorge Viana, mas este está mirando a disputa do Senado. O PT vem só reforçar a velha máxima, que na política, se dorme no poder e se acorda fora dele. E, é deste pesadelo que o PT vai tentar sair em 2022. Só que, precisa combinar antes com o senhor eleitor. 

FUGINDO DO FISIOLOGISMO

AO AFIRMAR que vai respeitar as posições políticas do seu secretariado, quanto a escolha do candidato ao governo, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Zequinha, quebra um paradigma: toma uma decisão que foge ao fisiologismo natural da política, de que um secretário tem que rezar politicamente pela cartilha de quem governa.

CASO POLICIAL

COMENTAR os episódios sexuais nebulosos, supostamente atribuídos ao secretário municipal de Saúde, Franck Lima, é prematuro, para não se fazer julgamento antecipado. O caso é estritamente policial.

CISCANDO NO MESMO TERREIRO

O GOVERNADOR Gladson Cameli e o senador Sérgio Petecão (PSD) foram no mesmo voo para Cruzeiro do Sul, onde foram ciscar votos no mesmo terreiro. Até aqui, ambos vêm mantendo uma relação de respeito mútuo.

EM CONSOLIDAÇÃO

A CANDIDATURA do deputado Jenilson Leite (PSB) ao governo, está se consolidando nas visitas periódicas aos municípios. Será o candidato dos partidos de esquerda.

QUESTÃO DE TEMPO

PARA O SENADOR JORGE VIANA (PT) anunciar que será candidato ao Senado, é uma questão de tempo, é só raiar 2022, para que, ele confirme o que já é previsto.

DISPUTA DE GENTE GRANDE

ALÉM das candidaturas bem posicionadas no Alto Acre para a ALEAC, da deputada Maria Antonia, da ex-prefeita Leila Galvão, e do gestor municipal Tadeu Hassem, quem tem se articulado e amarrado bons apoios em Brasiléia, é o candidato a deputado Eduardo Ribeiro (PSD).

VAI FICAR NO TRIVIAL

O RESTANTE DO ANO ficará nas conversas dos candidatos ao governo; não esperem um fato mais relevante, como sobre como ficarão suas chapas para Governo e Senado.

COBRAR SOLUÇÃO

O QUE SE nota nestas confusões sobre o atraso no pagamento dos terceirizados, é que o governador Gladson Cameli anuncia a quitação; e os seus secretários não dão andamento, e acaba respingando negativamente na sua imagem. É o caso da empresa PROTEGE.

APOSTA ABERTA

FONTE não se revela, mas posso adiantar que há uma movimentação de setores palacianos, no sentido de convencer a senadora Mailza Gomes (PP) a ir para deputada federal. Uma aposta aberta: ela vai recusar.

GRANDE MARMELADA

VAI TERMINAR numa grande marmelada combinada com o Centrão, a promessa do presidente Bolsonaro de que vetaria os quase 6 bi do Fundo Eleitoral. Já fala em deixar em 4 bi. Não se promete o que não se pode cumprir.

ESPADA SOB A CABEÇA

“QUERO ver como o PCdoB vai reeleger a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) sem coligação proporcional, sempre se elegeu na soma da nossa legenda”. Comentário ontem ao BLOG, de um cardeal petista. Mas, a dificuldade não é exclusiva ao PCdoB, boa parte dos partidos no estado, enfrentarão o problema.

PACOTE FECHADO

O PACOTE DA CANDIDATURA da deputada federal Jéssica Sales (MDB) ao Senado, está fechado no seu partido. Mas a meta principal está em aberto: saber se o Gladson a colocará como a candidata ao Senado da sua chapa.

FOGO DE MONTURO

OBSERVADOR da política regional comentou ontem ao BLOG que, o inferno astral do prefeito Tião Bocalom ainda está por vir, já que, a reação negativa entre os vereadores à sua administração, cresce como “fogo de monturo”.

NÃO IA DAR CERTO

MANTER com a classe política uma relação de distanciamento, como inovou o prefeito Tião Bocalom; com o atual modelo eleitoral, funciona apenas no mundo da fantasia. Neste modelo, ninguém governa solitário.

FRASE MARCANTE

“Quando mil pessoas afirmam uma coisa, ou é a voz de Deus ou uma grande besteira.” (Ditado italiano”.

Continuar lendo

Destaque 2

Gladson se irrita com equipe do governo e cobra diretor publicamente: “só está sobrando pro meu rabo”

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) revelou que solucionou o impasse do atraso de salários dos servidores da empresa Maia e Pimentel, em Cruzeiro do Sul.

No entanto, vazou nas redes sociais um vídeo do governador em frente a sua residência, em Cruzeiro do Sul, irritado com a morosidade como parte da equipe governamental que vem tratando o problema. Um dos que ouviu poucas e boas, foi o diretor da Casa Civil, Paulo Justino.

Visivelmente incomodado com a cobrança dos servidores, Gladson disse que esse impasse que já dura dois anos pode comprometer sua reeleição, além disso, ele voltou a solicitar o cancelamento dos contratos com as empresas terceirizadas inadimplentes. “Por que vocês não cancelam esses contratos e chamam outras. Vocês já esqueceram que isso está sobrando só pro meu rabo? O que está acontecendo aqui é todo dia um problema com essa daí. E eu quero saber por que isso está acontecendo, está continuando. Quantas vezes eu chamei você e o Alysson para que isso não acontecesse, que eu não ia aceitar esse tipo de coisa. Eu chego aqui em Cruzeiro do Sul com minha cabeça a mil por hora, e os coitados que recebem um salário mínimo, sem receber… Isso fica muito bonito pra minha cara um negócio desse, rapaz”, desabafou.

O chefe do executivo não aceita as argumentações feitas por Justino e exige saber quem é o responsável pela situação. “Eu só queria saber quem é o responsável por isso. O seu João Paulo (procurador) acabou de pegar uma, porque eu estou há dois anos falando sobre essas terceirizadas. E aí, Paulinho, não adianta jogar culpa pra A pra B pra C, porque cada um tem que ter consciência e assumir suas responsabilidades, porque só está sobrando pro meu”, destacou.

Os funcionários terceirizados da empresa Maia e Pimentel, que fazem o serviço de limpeza da maternidade de Cruzeiro do Sul, fizeram uma manifestação na última sexta-feira, 23,  cobrando pagamento dos salários que está atrasado há três meses.

Para solucionar o problema, ainda na segunda-feira, 26, o governador Gladson Cameli (Progressistas) se reuniu com os trabalhadores e ouviu as reclamações da categoria. Ao ac24horas, Cameli disse que garantiu a quitação do débito, que deverá ser regularizada, provavelmente, na terça-feira, 27. “Eu sentei com eles e amanhã o pagamento deve ser regularizado”, declarou.

VEJA O VÍDEO:

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas