Conecte-se agora

Escola Municipal Antônio Pena, em Sena Madureira, o retrato da educação em preto e branco

Publicado

em

Jairo Carioca,
da redação de ac24horas
[email protected]

O ac24horas inicia nesta sexta-feira (08) uma série de reportagens realizadas através de uma investigação voltada para área de educação no interior do Acre. A produção de Jairo Carioca conta com a contribuição de vários agentes, entre eles: professores, diretores, secretários municipais, secretaria de educação do Estado, políticos e a comunidade. Tem como objetivo, conhecer a realidade da escola acreana que chega aos lugares mais isolados. Como é feita as transformações sociais nesse contexto. Quais os conjuntos de problemas que serão enfrentados pelos próximos gestores?

Nossa viagem começa pelo Rio Iaco. A subida foi no período em que o manancial se apresenta de forma mais volumosa, no famoso inverno amazônico. Cinco dias de barco pelas belezas do subsidiário do Rio Purus. O percurso nos deu uma visão bastante completa e segura do que é fazer educação nessa região. Até chegar à comunidade Santa Ana registramos cenas de legalidade, de ilegalidade, destruição, fome, necessidade, coragem. No coração da selva amazônica, nos deparamos com a luta do homem brasileiro.

– Quem cedeu essa tapera foi a comunidade, o governo não queria construir uma escola! – exclamou o senhor Purú. Ele foi quem recepcionou a caravana composta também por vereadores e deputados estaduais.

O pardieiro que Purú se refere é a escola onde os seus filhos e um total de 15 alunos estudam de primeira à quarta série. Contou-nos ainda o homem de confiança da região, que alguns alunos atravessam igarapés e andam cerca de trinta minutos e até uma hora, para chegar ao local.

– Aqui não chega merenda escolar não. É muito difícil! A gente se vira com o que tem mesmo – acrescentou.

Faltam cadeiras. Não existem bebedouros, carência de professores, não existe instalação hidráulica e nem de banheiros. A escola Antônio Pena é o retrato fiel do que enfrentam alunos do interior. Por aqui, parte dos R$ 17 milhões destinados ao Pró-Acre em 2011 ainda não chegou. Tudo ainda parece ser um sonho na vida da comunidade. Isolada, sem educação, sem saúde e assistência técnica, os sonhos permanecem apenas nas palavras. O verde que cerca a área com esplendor e beleza, fica preto e branco, quando o assunto é educação.

– A gente espera que um dia o governo se lembre da gente aqui!- disse seu Purú.

Em Sena Madureira, a fotografia que mostra a estrutura da escola e de outras encontradas em precárias condições na região, foi pauta de debate na Câmara Municipal. O vereador Josandro Cavalcante [PSDB], cobrou do prefeito Nilson Areal, providências para a construção de escolas dignas para a comunidade. O discurso parece ter encontrado eco. Segundo a secretária de educação do município, professora Maria José, a obra para a construção da Escola Antônio Pena foi licitada.

– Os empreiteiros estão lá dentro da comunidade. Vão retirar madeira na região mesmo, não tem como levar da cidade. É muito longe. A escola foi aberta no ano passado, existe uma contrapartida nos recursos de R$ 8 mil destinados pelo Pró-Acre, se não fosse o esforço do prefeito, não daria para atender a comunidade – destacou a secretária.

A boa notícia chega também para as escolas Barão do Rio Branco, Santa Ana e Tabatinga. Todas em precárias condições. Segundo Maurilho da Costa Silva, coordenador estadual dos subprojetos Escolares, a secretaria de estado de educação e esporte, firmou no final de 2011 termos de convênios e transferiu recursos para os Conselhos e Consórcios Escolares em Sena Madureira, beneficiando 63 escolas rurais da rede estadual. Ao todo, está sendo investido R$ 1,7 milhão.

Ainda de acordo o coordenador, no exercício de 2010, foram firmados 14 termos de convênios, parte ainda em execução, totalizando R$ 717.237,46, beneficiando 35 escolas rurais, sendo 31 da Prefeitura e 4 do Estado. O somatório de recursos aplicados pelo programa somente em Sena Madureira perfaz um investimento entre 2010 e 2011, de R$ 2,4 milhões. O dinheiro deveria beneficiar 98 escolas rurais da rede estadual e municipal de ensino.

– Deveria, por que na prática o que encontramos na zona rural são escolas que como você próprio viu estão todas acabadas – comenta o vereador Josandro.

Alguns prédios encontrados pela Caravana do Iaco, a tinta ainda é do tempo do ex-governador Jorge Viana. A logomarca ainda registra o projeto de Florestania que foi abandonado pelo atual governador Tião Viana.

A professora Maria José disse que assumiu a secretária de educação em abril e que ao chegar à pasta, todas as licitações já haviam sido homologadas. São repassados pelo Fundeb em média, recursos que variam entre R$ 800 à R$ 1 milhão/mês.

LEIA TAMBÉM:

Retrato do abandono: Escola Rural de Epitaciolândia

Inusitado: Boi morre eletrocutado em escola de Brasileia

Acre

Aliança para o Senado em 2022 é o assunto do Boa Conversa

Publicado

em

O Boa Conversa, exibido pelo ac24horas, na noite desta sexta-feira, 17, abordou diversos assuntos que movimentaram a política acreana nesta semana. O quadro foi conduzido pelo jornalista, Marcos Venicios, e teve comentários dos colunistas políticos Astério Moreira e Leonidas Badaró.

No programa, os jornalistas comentaram a aliança formada entre os deputados federais Jéssica Sales (MDB) e Alan Rick (DEM) e a senadora Mailza Gomes (Progressistas) com o objetivo principal a construção do nome que será apresentado para concorrer a vaga ao Senado em 2022.

A aliança liderada por Gladson tem cinco postulantes para a única vaga ao Senado Federal. A deputada federal Vanda Milani e a ex-esposa de Márcio Bittar, a militante Márcia Bittar não participaram do encontro e não integrarão o grupo.

No segundo bloco, os analistas comentaram a repercussão do Projeto de lei de autoria do Poder Executivo que pede a autorização da Assembleia Legislativa para contratar operação de crédito externo junto ao Fundo Financeiro para o Desenvolvimento da Bacia do Prata – FONPLATA, no valor de até US$ 51.250.000,00 de dólares americanos, o equivalente em Reais a cerca de R$ 260 milhões.

Por fim, o assunto encerrou com a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do transporte coletivo de Rio Branco. A Comissão tem o escopo de investigar as causas dos problemas enfrentados no setor de transporte público de Rio Branco, bem como a condução do contrato de concessão firmado com as atuais empresas prestadoras de serviço.

A Comissão terá o prazo de 180 dias para desenvolver seus trabalhos e emitir relatório de conclusão.

Assista e compartilhe:

video

Continuar lendo

Acre

Com mais um caso, Acre volta a registrar morte por Covid-19

Publicado

em

Em boletim divulgado nesta sexta-feira, 17, a Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) informou o registro de um novo caso e uma nova morte em razão do coronavírus nas últimas 24 horas.

Até o momento, o Acre registra 247.697 notificações de contaminação pela doença, sendo que 159.714 casos foram descartados e 12 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux.

85.935 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 19 seguiam internadas até o fechamento deste boletim. Uma notificação de óbito foi registrada nesta sexta-feira, 17, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 suba para 1.817 em todo o estado.

Continuar lendo

Acre

Duarte e Calegário parabenizam Cameli por chamar CR da PMAC

Publicado

em

Os deputados estaduais Roberto Duarte (MDB) e Fagner Calegário (Podemos) usaram as redes sociais nesta sexta-feira, 17, para parabenizar o governador Gladson Cameli (Progressistas) pelo chamamento de mais 92 aprovados do cadastro de reserva da Polícia Militar do Acre (PMAC), durante solenidade realizada no Palácio Rio Branco.

Na publicação, Duarte relembrou a luta dos aprovados e o termo de compromisso assinado por ele e Cameli nas eleições de 2018, onde foi firmado um compromisso onde todos os aprovados seriam convocados para integrar o Sistema de Segurança Pública.

“Eu nem consigo imaginar a alegria de cada um vendo seu nome na lista de convocação, eu acompanho essa causa desde que tudo começou. Lá no início dessa jornada tive o prazer e honra de construir/elaborar o termo de compromisso assinado pelo governador nas eleições de 2018 que deu início a essa luta”, comemorou.

“Aos cadastros de reserva da Polícia Civil (PC/AC), saibam que vocês têm o meu apoio irrestrito e que continuarei lutando por cada um de vocês! Só irei sossegar quando ver cada um sendo convocado pelo governador Gladson Cameli”, acrescentou Duarte.

Já Calegário relembrou que a convocação destes 92 candidatos só foi possível graças à lei de autoria de própria, que suspendeu o prazo de validade dos concursos públicos homologados durante a pandemia.

Na época, a data de validade do concurso de 2017 encerraria durante o mês de julho do ano de 2020, mas por conta da lei do deputado, a validade do concurso foi postergada durante o decreto de calamidade pública.

“Reafirmo o compromisso com os aprovados dos cadastros de reserva dos concursos do Estado do Acre e me mostrou aberto para recebê-los e lutar junto para mais convocações como estas serem possíveis”, salientou.

Continuar lendo

Acre

Petecão e Neném vão à PRF para discutir construção de novo posto

Publicado

em

O deputado estadual Neném Almeida (Podemos) e o senador Sérgio Petecão (PSD) se reuniram na manhã desta sexta-feira, 27, na sede da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Rio Branco.

Nas redes sociais, Neném afirmou que a pauta da reunião foi a discussão da ampliação do atendimento da PRF no Juruá, com a construção de um posto avançado no trecho entre Sena Madureira e Cruzeiro do Sul, interior do Acre.

“Gostaria de parabenizar o nosso senador Petecão pela articulação em busca de recursos também para a construção da sede própria da superintendência da PRF. Aproveito para parabenizar os seus profissionais pela dedicação nos serviços prestados”, escreveu Neném Almeida.

“Vou articular junto à bancada federal para garantirmos os recursos necessários para este grande avanço na PRF. O deputado estadual Neném Almeida acompanhou a reunião e vai nos ajudar a ampliar o debate na Assembleia Legislativa”, salientou Petecão.

 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas