Conecte-se agora

Moradores de Manoel Urbano fazem protesto bem-humorado contra o Ruas do Povo

Publicado

em

Ray Melo,
da redação de ac24horas
[email protected]

Em e-mail enviado à redação de ac24horas, um grupo de moradores de Manoel Urbano fez um protesto bem-humorado sobre o projeto Ruas do Povo, no município. Na entrada da cidade, onde foi entregue recentemente a recuperação da rua, um imenso buraco se formou.

Segundo os moradores, a compactação mal feita resultou no afundamento de parte da pista, onde se formou um grande lago. Populares colocaram uma placa com os dizeres: “pesque e pague”, num protesto contra a prefeitura e Governo do Acre.

A rua “recuperada” pelo Governo do Acre, através do projeto Ruas do Povo, coordenado pelo pré-candidato à prefeitura de Rio Brando, Marcus Alexandre (PT), é a Francisco Ferreira Mendes, porta de entrada do município e cartão postal recusado pela população da cidade.

“Esse é o retrato das varias ruas que não tem condições de trafegabilidade. Tudo não passa de propaganda. Este é o clamor de uma sociedade murbanense que pede socorro”, diz o morador, no e-mail.

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Cotidiano

‘Mourão atrapalha, mas vice é como cunhado: tem que aturar’, diz Bolsonaro

Publicado

em

Por

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje que seu vice, general Hamilton Mourão (PRTB), foi escolhido “em cima da hora” nas eleições de 2018. Segundo Bolsonaro, Mourão atrapalha “um pouco” o governo, mas faz seu trabalho e tem independência, e, por isso, é preciso “aturá-lo”.

“No meu [caso], [a escolha do vice] foi feita meio a toque de caixa, mas o Mourão faz o seu trabalho, ele tem uma independência muito grande. Por vezes, atrapalha um pouco a gente, mas o vice é igual cunhado: você casa e tem que aturar o cunhado do teu lado, não pode mandar o cunhado embora”, disse o presidente em entrevista à rádio Arapuan FM, da Paraíba.

Bolsonaro não confirmou se vai ou não tentar a reeleição em 2022, nem se, caso concorra, Mourão será seu candidato a vice. Mas o presidente reforçou que o vice é uma pessoa “importantíssima” para conquistar a simpatia dos eleitores.

“Alguns falam que um bom vice poderia ser de Minas Gerais, ou de um estado do Nordeste, ou uma mulher… Um outro perfil mais agregador pelo Brasil. Isso está no radar de qualquer candidatura majoritária no Brasil”, minimizou. “Estamos com Mourão, sem grandes problemas, mas o cargo dele é muito importante para angariar simpatias”.

A escolha do meu vice na última [eleição] foi muito em cima da hora, assim como a composição das bancadas, em especial para deputado federal. Você viu que muitos parlamentares, depois de ganharem as eleições com nosso nome, transformaram-se em verdadeiros inimigos. A gente não quer sofrer desse mesmo problema por ocasião das eleições do ano que vem, caso venha [a ser] candidato a presidente Jair Bolsonaro, à rádio paraibana.

Relação distante

Declarações feitas pelo vice-presidente Hamilton Mourão em junho indicam que sua relação com Bolsonaro anda um pouco distante. No dia 15 daquele mês, o general negou que tenha sido convidado para uma reunião com ministros e autoridades e disse sentir falta de se encontrar com o presidente.

“Não, não fui convidado. Sinto falta [de me reunir com Bolsonaro]. A gente fica sem saber o que está acontecendo, né?”, lamentou o vice a jornalistas, acrescentando que considera importante saber de mais detalhes do governo. Ele ainda ironizou a situação, que contrasta com a sua vontade particular: “Paciência, ‘c’est la vie’ [é a vida], como dizem os franceses”.

Depois, em 20 de junho, Mourão afirmou a O Estado de S. Paulo que não tem condições de substituir Bolsonaro em uma eventual ausência — função de um vice-presidente — por não saber o que tem sido pautado internamente pela gestão federal.

É muito chato o presidente fazer uma reunião com os ministros e deixar seu vice-presidente de fora. É um sinal muito ruim para a sociedade como um todo. Eu, como vice-presidente, fico sem conhecer, sem saber o que está sendo discutido. Isso não é bom, não faz bem. Eventualmente, eu tenho que substituir o presidente e, se não sei o que está acontecendo, como vou substituir? Não há condições.

Continuar lendo

Acre 01

Sem receber há três meses, terceirizados se reúnem com Gladson que garante pagamento

Publicado

em

Os funcionários terceirizados da empresa Maia e Pimentel, que fazem o serviço de limpeza da maternidade de Cruzeiro do Sul, fizeram uma manifestação na última sexta-feira, 23, cobrando pagamento dos salários que está atrasado há três meses.

Para solucionar o problema, nesta segunda-feira, 26, o governador Gladson Cameli (Progressistas) se reuniu com os trabalhadores e ouviu as reclamações da categoria.

O chefe do executivo acreano reclamou do impasse do governo com as empresas terceirizadas. “Todo mês essa novela, uma hora não paga porque o Estado tem processo judicial, outro é as empresas”, desabafou.

Ao ac24horas, Cameli disse que garantiu a quitação do débito, que deverá ser regularizada, provavelmente, na terça-feira, 27. “Eu sentei com eles e amanhã o pagamento deve ser regularizado”, declarou.

Continuar lendo

Extra Total

Avião que levava gestores do governo sofre pane no motor e faz pouso de emergência no Acre

Publicado

em

Equipes da Secretaria de Empreendedorismo e Turismo do Acre e do Departamento de Estradas, Hidroviária e Aeroportuária do Estado (Deracre) passaram por momentos de tensão na manhã desta segunda-feira, 26,  durante um voo para Cruzeiro do Sul, no Vale do Juruá.

Segundo informações divulgadas pela secretária de Turismo, Eliane Sinhasique, o motor direito da aeronave sofreu uma pane. Em meio ao pânico, o piloto da aeronave teve que retornar para Rio Branco.

Assustada, Sinhasique agradeceu a Deus pelo retorno em segurança. “Deu pane em um dos motores do avião bimotor. Já estávamos com uma hora de voo, escutamos um barulho, tipo um ‘tec’, perdemos um pouco de altitude, mas o piloto não falou nada”, disse.

A gestora acrescentou que após alguns minutos o piloto decidiu voltar à capital. “Saímos daquela pista da Ortiz, que fica na estrada de Boca do Acre”, contou.

Os servidores estavam indo para o interior com objetivo de participar de uma reunião com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Continuar lendo

Cotidiano

Ministério do Turismo abre inscrições para curso de Libras para atendimento ao público

Publicado

em

O Ministério do Turismo, em parceria com o Instituto de Educação de Rondônia (IERO-Acelibras), abriu inscrições para a segunda edição do curso “Libras atendimento ao público”.

Profissionais e estudantes que atuam ou desejam atuar no setor de turismo e que têm interesse em se capacitar e promover um serviço mais inclusivo, podem se inscrever até o dia 13 de agosto na qualificação.

“A primeira edição do curso foi um sucesso! Contamos com mais de mil inscritos e tivemos diversos depoimentos positivos de alunos que concluíram o curso. Agora estamos disponibilizando mais uma oportunidade para que os profissionais do setor se capacitem e ofereçam o melhor do turismo brasileiro aos viajantes”, comentou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

O curso terá início em 14 de agosto e as aulas serão ministradas virtualmente ao vivo pelo canal da Acelibras no Youtube. A qualificação possui carga horária de 120 horas e o conteúdo é voltado para alunos iniciantes, que aprenderão desde o alfabeto da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) até à formação de frases e estarão aptos a se comunicarem ao final do curso. Também estão incluídos temas do dia a dia, como profissões, gastronomia, esporte, transporte, natureza, entre outros.

Inscrições pelo link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSc3pOBfFiGd4_M0YZyn9CIJqChmWJB4tLe8x8aTkvT7waYP6w/viewform

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas