Conecte-se agora

Moradores de Manoel Urbano fazem protesto bem-humorado contra o Ruas do Povo

Publicado

em

Ray Melo,
da redação de ac24horas
[email protected]

Em e-mail enviado à redação de ac24horas, um grupo de moradores de Manoel Urbano fez um protesto bem-humorado sobre o projeto Ruas do Povo, no município. Na entrada da cidade, onde foi entregue recentemente a recuperação da rua, um imenso buraco se formou.

Segundo os moradores, a compactação mal feita resultou no afundamento de parte da pista, onde se formou um grande lago. Populares colocaram uma placa com os dizeres: “pesque e pague”, num protesto contra a prefeitura e Governo do Acre.

A rua “recuperada” pelo Governo do Acre, através do projeto Ruas do Povo, coordenado pelo pré-candidato à prefeitura de Rio Brando, Marcus Alexandre (PT), é a Francisco Ferreira Mendes, porta de entrada do município e cartão postal recusado pela população da cidade.

“Esse é o retrato das varias ruas que não tem condições de trafegabilidade. Tudo não passa de propaganda. Este é o clamor de uma sociedade murbanense que pede socorro”, diz o morador, no e-mail.

Cotidiano

Aliados sugerem que Bolsonaro se autoproclame presidente em 2023

Publicado

em

Por

Apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) cogitam nos bastidores realizar um evento paralelo à posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em Brasília no dia 1º de janeiro. A ideia nasceu de parlamentares do núcleo duro do presidente e começa a ganhar força entre os fãs em aplicativos de mensagens. A intenção é organizar um comício para que ele discurse a seu eleitorado na capital do país no mesmo dia e hora em que o presidente eleito estiver tomando posse. A ideia é copiar Juan Guaidó e fazer uma espécie de autoproclamação.

A coluna conversou com uma pessoa do entorno de Bolsonaro e ela confirmou a intenção. “Ainda é embrionário e não sabemos se será possível porque há custos”, afirmou. Segundo a fonte, bolsonaristas querem a todo custo ir à Brasília pedir pela permanência do presidente no poder e seria de bom tom se ele discursasse para um público cada vez mais crescente nos acampamentos.

Bolsonaro já foi informado que a sugestão foi dada em grupos de Telegram e WhatsApp, mas não esboçou reação. Embora esteja planejando retomar as lives e as motociatas , o presidente avisou que precisa se recuperar do baque. Ele ainda não se considera pronto para falar com os apoiadores porque sentiu a derrota nas eleições, tanto que aparece em público até chorando .

Um nome importante do governo se reuniu nesta semana com Valdemar da Costa Neto, presidente do PL, para pedir apoio. Em nome do bolsonarismo – e não de Bolsonaro – ele verificou as chances da sigla bancar o evento, mas deu com os burros n’água. O cacique lembrou que a legenda está com suas contas bloqueadas e vive momento delicado na relação com o STF (Supremo Tribunal Federal). Membros do diretório do partido afirmaram que o político ficou irritado com o pedido e a falta de noção.

Caso o PL não banque e o evento saia do papel, a alternativa sugerida por um militar muito ligado ao presidente é uma vaquinha entre apoiadores. “Se o PT pode, a gente também consegue”, disse ele em troca de mensagens com colegas. A questão financeira não é vista como problema, mas o grupo entende que é preciso prudência e dar ares de movimento espontâneo para evitar consequências jurídicas.

Presidente autoproclamado

“O Bolsonaro precisa discursar contra as urnas, o STF, o TSE, o Lula e dizer que continua o presidente de quem quiser tê-lo como chefe da nação”, chegou a dizer um político mais empolgado. Membros do núcleo duro da campanha derrotada querem até criar uma espécie de gabinete paralelo para tomar decisões. A intenção é de que, a depender do que acontecer no evento, o presidente consiga forças para seguir em evidência. “Ele pode se autoproclamar presidente e seguir dando ordens”, concordou outro parlamentar no grupo de mensagens.

Bolsonaristas mais acuados pelas negociações avançando no Congresso e que indicam que Lula terá apoio da maioria dos parlamentares querem que Bolsonaro dê o rumo para a oposição. O argumento é de que ele precisa liderar o grupo e definir como cada deputado e senador, eleitos no esteio do presidente, deve se comportar no Parlamento. Mesmo com o grupo disposto a ir para a guerra, falta convencer o mais interessado: Jair Bolsonaro.

Assessores falaram à coluna que, mesmo gostando do poder, o político derrotado na busca pelas reeleições, não se empolgou com a ideia. “Ele está com medo de ser preso sem o aparato que a presidência lhe oferece”.

Continuar lendo

Cotidiano

Presidente do Peru anuncia dissolução do Congresso e convoca eleições

Publicado

em

Por

LIMA (Reuters) – O presidente peruano, Pedro Castillo, anunciou de surpresa nesta quarta-feira em uma mensagem a dissolução do Congresso, a poucas horas de enfrentar uma terceira tentativa de impeachment por parlamentares da oposição.

(Reportagem de Marco Aquino)

Continuar lendo

Cotidiano

Lar dos Vicentinos realiza campanha para arrecadar alimentos e produtos de higiene

Publicado

em

A direção do Lar dos Vicentinos está realizando uma campanha para arrecadar alimentos e produtos de higiene para conseguir proporcionar melhor qualidade de vida aos idosos que moram no local. Atualmente, são 47 idosos, com idade entre 60 e 104 anos, abrigados no Lar.

De acordo com a coordenação, a casa de acolhida está com dificuldades e precisa de alimentos como carne, frango, leite líquido e em pó, manteiga, bolachas para lanche, café, achocolatado, massa para mingau, óleo, macarrão, legumes, verduras, frutas e suco. Já os produtos de higiene mais necessários são desodorante spray, shampoo, lavanda, sabonete, fraldas g e gg.

“Nós estamos com dificuldades e apelando para a solidariedade das pessoas. Temos 47 idosos e mais 11 funcionários que almoçam no Lar dos Vicentinos. Estamos passando por mais uma fase difícil, com poucos recursos e um número grande de residentes e não estamos conseguindo suprir com qualidade nossas refeições. O dinheiro que tínhamos de emenda e o Cartão do Bem que eram usados para compra da alimentação já acabaram”, afirma Ana Sobreira, diretora do Lar dos Vicentinos.

Quem tiver o interesse em ajudar pode fazer as doações direto no Lar dos Vicentinos ou se preferir em dinheiro, pode usar o PIX 04.090.791.0001-04 (CNPJ).

Continuar lendo

Cotidiano

Governo realizará Dia D de vacinação infantil contra Covid neste sábado, em Rio Branco

Publicado

em

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde do Acre, promoverá no próximo sábado, 10, o Dia D de Vacinação contra a Covid-19, para ampliar a imunização infantil contra a doença, em Rio Branco.

A iniciativa busca alcançar cerca de 300 bebês de 6 meses a 2 anos, 11 meses e 29 dias com a vacina baby (Pfizer) e 200 crianças de 3 a 5 anos, 11 meses e 29 dias de idade com a vacina pediátrica (Coronavac).

A ação acontecerá no Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (Crie), das 8 às 17 horas. A criança deverá estar acompanhada de seus responsáveis, munida com a carteira de vacinação e o cartão do SUS.

Segundo a secretária de Saúde, Paula Mariano, a imunização é indispensável para reduzir a transmissão, em particular por enfrentar uma doença com ciclos inesperados e surgimento de novas variantes.

“Estamos vendo um aumento significativo de casos no país e no estado, atingindo, proporcionalmente, muito mais crianças e adolescentes do que há dois anos. É fundamental que os pais e responsáveis compareçam com seus filhos aos postos de vacinação e se protejam contra o coronavírus”, informou.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.