Conecte-se agora

O drama de quem perdeu tudo e precisa reconstruir a vida de novo

Publicado

em

Jairo Carioca,
da redação de ac24horas
[email protected]

Os números dos estragos causados pela cheia histórica do Rio Acre aumentam à cada instante em que uma família tenta retomar a vida normal. No bairro 06 de Agosto, uma das regiões mais atingidas, é grande a movimentação em frente das casas. O drama vivido pelo comerciante Adveraldo Perauto da Silva, retrata a situação de desespero que passam milhares de acrianos. “Perdi tudo, não deu tempo tirar nada, da noite para o dia o Rio encheu e acabou com o meu comércio”, revela.

Na Habitasa, outra região fortemente atingida, mesmo com as águas ocupando parte das ruas, algumas famílias tentam sem ajuda do poder público retornar para suas casas e comércios. Seu Antônio Braga tomou um grande susto quando abriu o Bar após uma semana sem a movimentação.

– Pode filmar aqui e mostrar o tamanho do prejuízo. Vou precisar de R$ 30 mil para começar tudo de novo. O que fazer? Como fazer? Pelo menos Deus nos dá saúde! – exclamou o comerciante.

Há ainda quem desafie as correntezas das águas. Casas de dois pisos, abrigam moradores na parte superior. Eles remam toda vez que precisam se deslocar para comprar alimentos. “Por aqui não chegou sacolão, não chegou água mineral e muito menos kit Limpeza. É nós mesmo que estamos nos virando” disse José Augusto Silva.

Reclamação semelhante tem o senhor Carlos Roberto de Araújo. Ele conta que o nível das águas chegou a 1m80 dentro de sua residência. Hoje pela manhã, ele colocava para fora de casa, parte dos objetos e do patrimônio perdido. Roberto chorou ao ver máquina de lavar e outros pertences, todos esculhambados com a enchente.

A família da doméstica Francisca Moreira foi uma das ajudadas pelo hoteleiro Francisco Silva. Com o auxílio dele, a moradora retornou para o segundo andar da casa, depois de ver o imóvel ser inundado. “Tudo aconteceu de repente, molhou meu sofá, geladeira, armário e fogão. O que eu mais queria era sair daqui. Graças a Deus, fomos amparados pelos vizinhos”, desabafou.

Quem está voltando para suas casas é por conta própria. A Defesa Civil não autorizou o retorno das famílias por que ainda existe o risco de nova enchente e de desbarrancamento das margens do Rio Acre.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acre

Emenda de Vanda vai construir Porto de Pescadores em Plácido

Publicado

em

A deputada federal Vanda Milani (PROS-AC) participou na manhã de ontem (23) em Plácido de Castro, do ato de assinatura da ordem de serviço para construção do Porto de Pescadores. R$ 540 mil foi liberado através de emenda parlamentar para atender uma reivindicação antiga da categoria. A deputada também fiscalizou as obras de revitalização da praça central do município que acontece após aplicação de mais R$ 1 milhão de emenda especial de sua autoria.

“A deputada tem sido uma verdadeira madrinha não somente de Plácido de Castro, mas, de todos os municípios do Acre. Hoje foi mais um dia de muita alegria com a ordem de serviço que vai construir o Porto dos Pescadores, ajudando a realizar um sonho antigo da categoria”, disse o prefeito Camilo Silva.

Para Helenice Souza, que preside a Colônia de Pescadores, o Porto complementa os apoios já consolidados pela deputada. Ela lembrou que recentemente, a categoria recebeu um moderno caminhão para o transporte do pescado.

“Esse porto vai agregar muito mais valor aos produtos comercializados pela categoria. É mais qualidade de vida. Ela tem palavra e compromisso com nossa categoria”, acrescentou Helenice.

Vanda Milani lembrou que desde 2019 já foram alocados mais de R$ 11 milhões para o município de Plácido de Castro. Meio milhão foram entregues em implementos agrícolas e veículos no início do ano.

“Temos outras obras que serão iniciadas para apoiar o setor produtivo, como o novo Mercado Municipal para onde destinei R$ 2 milhões. Fiquei muito feliz ao vistoriar a revitalização da praça central e ver a geração de emprego e renda, são pessoas do município sendo ajudadas, o dinheiro circula na economia local”, analisou Vanda Milani.

Através de transferência especial o município será contemplado ainda com R$ 1,4 milhão para recuperação de ramais (R$ 1 milhão) e reforma do prédio da Câmara Municipal (R$ 400 mil). A saúde do município foi contemplada com emenda em 2022 de R$ 1 milhão.

Continuar lendo

Acre

Ministério da Saúde libera R$ 5,2 milhões em emendas de Alan Rick

Recursos são para investimentos em saúde em 12 municípios acreanos

Publicado

em

O Ministério da Saúde liberou emendas destinadas pelo deputado federal Alan Rick (União Brasil) para investimentos no Acre. Unidades básicas de saúde e hospitais de 12 municípios serão beneficiadas com os recursos para custeio dos serviços de atenção básica. São eles: Acrelândia, Sena Madureira, Xapuri, Porto Acre, Senador Guiomard, Rodrigues Alves, Porto Walter, Mâncio Lima, Manoel Urbano, Cruzeiro do Sul, Capixaba e Marechal Thaumaturgo.

Os recursos para a conclusão das obras e compra de equipamentos das Unidade Mista de Acrelândia e Unidade Mista de Santa Luzia, em Cruzeiro do Sul, também foram pagos. Ainda para a regional Juruá, o MS pagou emenda de R$ 205 mil para aquisição de equipamentos para o laboratório da Unidade de Saúde Indígena Mario Puyanawa Mãpa, em Mâncio Lima.

Para Capixaba, foram quase R$ 700 mil para aquisição de equipamentos e de um micro-ônibus para a apoio as ações de saúde do município.

Alan Rick destacou que sempre que visita os hospitais, as UPA’s, as unidades de saúde se depara com a necessidade das pessoas, com os desafios que precisam ser superados.

“Lembro bem que em uma das idas a Unidade Mista de Santa Luzia, em Cruzeiro do Sul, me deparei com a Dona Maria Inês, de 68 anos, que tinha caído em casa e sentia dores no ombro e na perna. Precisava de um raio-x e a unidade não tinha o equipamento. Ela precisou ir até o Hospital na cidade para fazer o exame e saber se tinha quebrado o ombro. Me coloquei no lugar daquela família apreensiva, daquela idosa sentindo dores, mas saber que com a conclusão da reforma, a ampliação e a equipagem da unidade esse deslocamento, de aproximadamente 30 km, não será mais necessário traz esperança de dias melhores. Vamos realizar um sonho da comunidade” – disse o deputado.

Alan Rick está em Cruzeiro do Sul e fará nova visita à unidade e vistoria na obra, nesta sexta-feira, 24.

Continuar lendo

Acre

Direção do PS afirma que Ailton Oliveira foi prontamente atendido

Publicado

em

Uma nota pública assinada por Dora Vitorino, diretora do pronto-socorro de Rio Branco informa que o secretário de comunicação da prefeitura de Rio Branco, Ailton Oliveira, foi imediatamente atendido pelo médico de plantão na unidade assim que chegou ao local por volta das 22 horas desta quinta-feira, 23.

LEIA TAMBÉM:

>>>Secretário de Comunicação da prefeitura sofre infarto e esposa reclama de atendimento no PS

>>>”Dar dó de ver os pacientes no PS”, diz Bocalom ao comentar caso de Ailton Oliveira

A nota diz ainda que o paciente passou por todos os exames de rotina, entre eles um eletrocardiograma, foi medicado e permaneceu estável, em observação.

De acordo com o comunicado, Ailton Oliveira já foi transferido para o Hospital Santa Juliana, onde vai passar por um procedimento de cateterismo.

A nota, no entanto, não nega que o paciente tenha passado a noite em uma maca no corredor, como denuncia a esposa de Ailton, a jornalista Melissa Jares.

Continuar lendo

Acre

Aleac publica PEC que efetiva servidores temporários do ISE

Publicado

em

Após ser aprovada por 14 deputados, a Assembleia Legislativa publicou no Diário Oficial desta sexta-feira, 24, a Proposta de Emenda à Constituição que efetiva os servidores temporários do Instituto Socioeducativo do Acre (ISE).

A proposta, de autoria do deputado Roberto Duarte (Republicanos), incorpora aos quadros da Polícia Penal os agentes penitenciários e socioeducativos contratados em caráter temporário. Para que isso aconteça, é preciso que o servidor tenha mais de cinco anos de serviço.

Apesar de aprovada por ampla maioria, a PEC é considerada por muita gente inconstitucional, inclusive pelo deputado Pedro Longo (PV) que é juiz de direito aposentado e único voto contrário.

O entendimento é que a PEC é comparada à Lei que tentou incorporar os servidores do Igesac à um quadro em extinção na Secretaria Estadual de Saúde e foi considerada inconstitucional.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!