Conecte-se agora

Estimativas da Defesa Civil apontam que no Acre 117 mil pessoas foram atingidas pela cheia dos rios no Acre

Publicado

em

Estimativas da Defesa Civil apontam que no Acre mais de 117 mil pessoas foram atingidas pelas cheias dos rios. O transbordamento dos rios desabrigou famílias nos municípios de Assis Brasil, Brasiléia, Xapuri, Porto Acre, Rio Branco, Santa Rosa, Manoel Urbano, Sena Madureira, e começa a atingir famílias em Cruzeiro do Sul.

Na manhã desta sexta-feira, o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, estiveram em Rio Branco, avaliando a situação das áreas atingidas na capital. Acompanhados do governador Tião Viana e do prefeito Raimundo Angelim, os ministros fizeram um sobrevôo, seguido da visita aos desabrigados no Parque de Exposições (abrigo com maior número de famílias alojadas). Em seguida, assistiram a apresentação feita pelo governador Tião Viana mostrando a situação de todas as cidades atingidas pela enchente.

Fernando Bezerra anunciou que o Governo Federal irá liberar R$ 3 milhões para o Estado, e R$ 2 milhões para Rio Branco, para que sejam empregados no socorro as vítimas.

Na capital, a enchente já chegou a 22.369 imóveis, atingindo em torno de 89.476 pessoas. A maioria delas está em casa de parentes e amigos e 1.536 famílias estão alojadas em abrigos públicos, num total de 5.805 pessoas. No município de Brasiléia, fronteira com a Bolívia, 95% da área urbana foi atingida, desabrigando mais de 14.700 pessoas.

Na medição divulgada às 12h pela Defesa Civil, o rio alcançou, em Rio Branco, a cota de 17,55 metros, ficando 3,55m acima da cota de transbordamento que é 14m. Na medição das 18 horas o nível subiu para 17,56. Em Xapuri, o rio começou baixar, alcançando 15,04 m. No município de Brasiléia, apesar de apresentar uma tendência de vazante, o rio ainda alaga parte da área urbana da cidade.

O Banco do Brasil no Acre e a Caixa Econômica Federal abriram conta corrente para receber depósitos, que beneficiarão os desabrigados pelas alagações em todo o estado.

Banco do Brasil
Agência: 0071-X
Conta corrente: 100.000-4
CNPJ: 14.346.589/0001-99

Caixa Econômica Federal
Agência: 3320 – Estação Experimental
Operação: 006
Conta: 71-7
CGC: 63.608.947/0002-80
Nome: Coordenação Estadual Defesa Civil

Além disso, o projeto social Acre Solidário, coordenado pela primeira-dama Marlúcia Cândida, faz uma campanha de arrecadação de doações aos desabrigados pela enchente. Vários pontos de coletas foram montados, por meio de parcerias com entidades da sociedade civil organizada e empresas privadas. Todas as doações de alimentos arrecadados são enviadas para o espaço da Conab, cujo armazenamento e distribuição são de responsabilidade do Exército Brasileiro. Fraldas, leite em pó, massa de mingau são armazenadas no Corpo de Bombeiros, que administra a doação aos abrigos públicos de acordo com a demanda de cada lugar.

 

Os números oficiais da enchente em Rio Branco e no Estado do Acre até as 12h são:

Nível do Rio Acre em Rio Branco

17,56 m – Medição das 18h – 24/02/2012

5.805 pessoas alojadas em abrigos públicos (1.536 famílias)

22.369 imóveis atingidos

89.476 pessoas atingidas pela água

3,55 m acima da cota de transbordamento (14m)

Número de pessoas alojadas em abrigos públicos nos municípios atingidos pela enchente:

– Assis Brasil: 180 pessoas

– Xapuri: 113 pessoas

– Porto Acre: 252 pessoas

– Santa Rosa: 924 pessoas

– Sena Madureira: 3.447 pessoas

– Brasiléia: 14.700 pessoas (95% da cidade foi atingida. A população atingida está em sete abrigos e casas de familiares)

– Epitaciolândia: 1.500 pessoas

– Cruzeiro do Sul: 20 pessoas

* Em todo o Estado, a estimativa é de mais de 117.000 mil pessoas atingidas pelas enchentes causadas pelos rios Acre, Iaco, Purus e Juruá.

Níveis dos Rios do Acre

Riozinho do Rôla: 17,89m

Assis Brasil:  (sem comunicação)

Xapuri: 14,89m

Brasiléia: (sem comunicação)

Sena Madureira: 17,62m

Boca do Acre: 19,m (cota de transbordamento: 20m)

Purus: 19,88m

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Rio Branco e Secretaria de Comunicação do Governo do Estado do Acre

Acre

Famílias que não zelam por túmulos na capital correm risco de perdê-los

Publicado

em

Em recente entrevista à imprensa local, o secretário de Cuidados com a Cidade, Joabe Lira, convidou as pessoas que têm parentes sepultados em cemitérios da capital, mas que não estão zelando pelos túmulos, que passem a tomar essa providência. O objetivo do alerta é evitar os tumultos que ocorrem todos os anos no Dia de Finados.

O setor especializado da Prefeitura de Rio Branco marcou, inclusive, uma data limite para que as pessoas possam reformar e até construir os túmulos, que é o dia 19 de outubro. A partir desta data, apenas depois do Dia de Finados. Joabe Lira não falou a respeito, no entanto, existe uma Lei Municipal, a nº 8.809, que permite com que o município tome posse das sepulturas abandonadas ou em ruínas.

De acordo com Joab Lira, o município já fez sua parte no que se refere a limpeza dos cemitérios, melhorando a estrutura do calçamento e administrativa, e que agora cabe às pessoas que possuem parentes sepultados fazer a sua parte com a manutenção dos túmulos.

“Para que na semana que antecede o Dia de Finados não tenhamos nem um tipo de tumulto, estamos chamando agora para que as pessoas venham fazer essas manutenções”, finalizou o secretário.

A lei municipal que responsabiliza o município pela administração, construção, funcionamento, fiscalização de cemitérios e serviços funerários, diz em seu artigo 16 que o Poder Público pode tomar posse de sepulturas abandonadas ou em ruínas. Sendo considerado abandonado ou em ruínas, os túmulos com mais de 10 sem manutenção.

Nesse caso, o proprietário deverá ser convocado através de correspondência e editais publicados em jornais de grande circulação na região para fazer as devidas reformas em 90 dias. Esgotado esse prazo, os tumultos serão destruídos e os restos mortais levados para o ossuário, onde são depositados. A partir daí o Poder Público toma posse.

Continuar lendo

Acre

Artista acreana vai cantar na maior festa de São João do mundo

Publicado

em

Neste sábado, 25, a artista acreana, natural de Cruzeiro do Sul, Vitória Freitas, 22 anos, vai cantar no Parque do Povo, em Campina Grande, na Paraíba, na maior festa de São João do mundo.

Além da acreana, que canta piseiro sertanejo, a famosa dupla Israel e Rodolfo também se apresentará no evento, com público esperado de 120 mil pessoas.

O São João de Campina Grande, conhecido como o maior do mundo , foi realizado a primeira vez em 1983, e se repete nos meses de junho com apresentações de danças, quadrilhas e shows.

A apresentação de Vitória, para as cerca de 120 mil pessoas será, por meio da Produtora Luan, conhecida nacionalmente.

“Será meu maior público desde o início de minha carreira e meus sentimentos se resumem em alegria e gratidão por tudo que está acontecendo em minha vida, depois à Luan promoções, que está proporcionando esse sonho ”, concluiu.

Continuar lendo

Acre

Consumidores do Acre terão bandeira verde na conta de luz

Publicado

em

Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou nesta sexta-feira (24) a aplicação da bandeira verde para as tarifas de energia no mês de julho, sem complemento de cobrança na tarifa.

A bandeira, que sinaliza condições favoráveis de geração de energia elétrica, será válida para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional – a malha de transmissão de energia que cobre quase todo o território brasileiro.

Verde é a cor da bandeira nas faturas desses consumidores desde 16 de abril passado, quando terminou a vigência da Bandeira Escassez Hídrica, instituída pela Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (CREG). Para os consumidores beneficiários da tarifa social, que não precisaram pagar a Bandeira Escassez Hídrica, a bandeira estabelecida pela ANEEL é verde desde dezembro de 2021.

Desde que as bandeiras foram criadas, elas geraram uma economia de R$ 4 bilhões aos consumidores de todo o país, porque evitam a incidência de juros sobre os custos de geração nos momentos menos favoráveis. Leia mais.

Criado pela Aneel, o sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada, possibilitando aos consumidores o bom uso da energia elétrica. Além disso, esse custo é pago de imediato nas faturas de energia, o que desonera o consumidor do pagamento de juros da taxa Selic sobre o custo da energia nos processos tarifários de reajuste e revisão tarifária. A Aneel estima que, desde que as bandeiras foram criadas, elas geraram uma economia de R$ 4 bilhões aos consumidores de todo o país, porque evitam a incidência de juros sobre os custos de geração nos momentos menos favoráveis.

Continuar lendo

Acre

Jovem é abordado por criminosos e ferido com dois tiros na Capital

Publicado

em

O jovem Mateus Felipe Silva, de 19 anos, vulgo “peteca” foi vítima de uma tentativa de homicídio após ser ferido a tiros na noite desta sexta-feira, 24, na Travessa Bem-te-vi, no bairro Novo Horizonte, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, Mateus estava sentado na calçada com alguns amigos, quando dois homens não identificados se aproximaram em uma motocicleta modelo Honda Twister de cor azul e perguntaram por uma pessoa, cujo o vulgo é “peteca”, e em seguida um dos bandidos em posse de uma arma de fogo efetuou vários tiros na direção das vitimas, Mateus foi atingido com dois tiros, um que transfixou o braço e outro nas costas, vindo atingir a região do pulmão. Após a ação, a dupla fugiu na moto tomando rumo ignorado.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas quando os paramédicos chegaram a vítima já tinha sido encaminhada no babageiro de um veículo particular ao Pronto-Socorro de Rio Branco. Segundo o médico plantonista, o estado de saúde de Mateus é grave.

Policiais Militares estiveram no local do crime, colheram umas cápsulas calibre (ponto 45) e fizeram patrulhamento na região em busca de prender os autores do crime, porém, não obtiveram êxito.

O caso será investigado pelos agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) da Delegacia Especializada de Investigação Criminal (DEIC).

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!