Conecte-se agora

Deixemos de hipocrisia

Publicado

em

Paremos com a hipocrisia do bonzinho. Há que se colocar impedimentos a entrada de novas levas de haitianos em Brasiléia, que com os 500 chegados nas últimas 48 horas, já atingem os 1.400. Tão miseráveis como eles são os moradores da periferia de Brasiléia e Epitaciolândia.

Barril de pólvora

Brasiléia, uma cidade pobre, sem estrutura, virou um barril de pólvora que pode explodir a qualquer momento e a manutenção dos haitianos fica cada dia mais caro para o Poder Público.

Olhar os acreanos

A questão é humanitária? É. Mas, em que País você chega a vai entrando sem um controle?.

Na cara de todos

Quem quer saber o que é miséria passe nos bairros periféricos de Brasiléia e Epitaciolândia, aonde centenas de família vivem na linha abaixo da pobreza, e não se ouve vozes a seu favor.

Ted Fogueiteiro 3x Dudé 0

Foi um duelo sensacional o pipocar de fogos do Tede Fogueteiro, na BASE, com a turma do Dudé e do governo na Amadeu Barbosa. O do Dudé acabou e a do Ted ainda ficou 3 minutos.

Hora de definições

Chegamos ao ano eleitoral. A partir de agora é só política. De definições das candidaturas e montagem da chapa completa com o vice. Até junho, mês das convenções, é puro conchavo.

Filão de votos

O PSDB procura um vice com trânsito e prestígio no eleitorado evangélico. Um nome visto como ideal e o da pastora batista Sandra Asfury, mas esta não tem se mostrado disposta.

Posições contrárias

O pastor da Igreja Batista, Agustinho, e o deputado Jamil Asfury (DEM), seu marido, são contra.

Sonho de consumo

No PMDB, o sonho de consumo é que o deputado federal Gladson Cameli (PP) traga o seu partido para se somar numa coligação, que já tem o PSD, e indicar o candidato a vice-prefeito.

Não é consenso

Não há consenso no PP a favor dessa aliança. O deputado José Bestene, um dos dirigentes do PP, tem a simpatia por uma coligação com o PSDB para indicar o nome a vice de Tião Bocalon.

 

 

Guerra aos mouros

O ex-deputado federal João Correia (PMDB) promete até o dia da convenção municipal, em junho, fazer uma guerra dos cruzados contra os mouros, para vir ser o candidato à PMRB.

Convenção certa

João Correia diz que ir à convenção disputar a candidatura do PMDB à PMRB contra o ex-deputado federal Fernando Melo (PMDB) é questão de honra, sem possibilidade de acordo.

Vale o gosto

João não tem votos para ganhar a convenção, mas, um gosto vale mais que um vintém.

Ganharia mais

Segundo lideranças de partidos da FPA, o PT ganharia mais em Brasiléia se deixasse fora dos comícios a prefeita Leila Galvão (PT), com um alto desgaste entre os políticos do município.

Horror aos políticos

Leila Galvão se limitou a fazer uma gestão técnica e a tratar com desdém os políticos.

De uma vez

Em política, as decisões mais duras têm que ser tomadas logo para não se ampliar as divergências, por isso, o PT demora anunciar Marcus Alexandre como candidato à PMRB.

Caso superado

Até porque as divergências internas estão superadas, mas o mesmo não se pode dizer das relações com um grupo do PCdoB, que insiste na candidatura da comunista Perpétua Almeida.

Erro de estratégia

É um erro de estratégia estender o impasse, por isso deixar o eleitorado da FPA com dúvidas.

Não assimilo

Não consigo assimilar a insistência da deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB), conhece cada índio, cada taba da aldeia da FPA, sabe estar só é que o candidato é o Marcus Alexandre.

Planos fracassados

Os apoiadores do ex-prefeito de Tarauacá, Wando Torquato (PP), viram seus planos fracassados, de vê-lo retornar ao mandato, e com a máquina fazer o seu sucessor.

Outra história

Uma coisa é o Wando apoiar um candidato a prefeito estando no poder e o outro fora dele.

 

Único nome

A oposição comete um ato de burrice se lançar mais de um candidato a prefeito de Feijó: não é preciso nem ser expert em política para se saber que só o prefeito Dindim (PSDB) derrota o PT.

Mero participante

O empresário Abner , se insistir em disputar a prefeitura pelo PMDB, é só para fazer número.

Boa passagem

Ao meu amigo Wincler Collier, que morreu na virada do ano, boa passagem e que Deus o acolha.

Não decola

A candidatura do ex-deputado Mazinho Serafim (PMDB) a prefeito de Sena Madureira só decola se tiver como aliada a deputada Toinha Vieira (PSDB), sem isso, não sai do chão.

Péssimas pagadoras

As empresas prestadoras de serviço, na região de Feijó, estão sendo péssimas pagadoras: há meses  não recolhem um centavo do que é devido à prefeitura, como se não tivessem essa obrigação.

 

Quadro pronto

Não esperem nenhuma surpresa, o quadro de candidatos a prefeito da Capital está pronto, faltando apenas os vices, meros acessórios. Pela FPA sairá o engenheiro Marcus Alexandre (PT), o PMDB já se definiu pelo advogado Fernando Melo (PMDB) e os tucanos pelo professor Tião Bocalon (PSDB). O PSL virá de Luiz Calixto. Qualquer outro nome será mero figurante.

Por Luis Carlos Moreira Jorge

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas

Copyright © 2020 ac24Horas.com - Todos os direitos reservados.