Conecte-se agora

Cabide perde liderança do PTC depois de suposta embriagues

Publicado

em

Ray Melo,
da redação de ac24horas
raymelo.ac@gmail.com

“O vereador Cabide precisa saber a quem ele deve ouvir. Jamais vamos aceitar a covardia de ontem [segunda-feira, 26], porque quem tem posição enfrenta o governo cara a cara, vai à sessão publicamente e diz por que não apóia os projetos e não vota nas matérias. Não usa a falta para demonstrar uma falsa coragem. Não nos furtamos a nenhum embate ou debate. Fugir não é da índole do PTC, acreditamos que o dialogo e as discussões fazem parte da política. A covardia, não”, disse a Presidente do PTC, Gabriela Câmara ao informar que Cabide teria sido destituído do cargo de líder do partido na Câmara Municipal de Rio Branco. “Conversei com o vereador Cabide, sobre a importância de ele não faltar à sessão que seria a ultima do exercício 2011, mas ele não cumpriu com as obrigações partidárias”, diz Gabriela.

Sobre a reversão do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (SAERB), a presidente do PTC afirma que estudou juntamente com todos os membros do partido, o projeto e ficou constatado que a reversão não traria prejuízos à população. “o PTC entendeu que se as garantias trabalhistas e o abastecimento estão assegurados, por que não votar a favor? Não estaríamos traindo ninguém, mas ajudando a população do município”, Justifica a presidente do PTC.

Gabriela Câmara revela que ficou surpresa ao conversar ao telefone com nosso vereador Cabide, e estranhamente, ele passou o telefone para o deputado federal Gladson Cameli (PP), que tentou passar que o parlamentar estava aos cuidados do PP. “Eu disse ao deputado Cameli, que ele deveria cuidar de seu partido, que do PTC, cuido eu”.

Para a presidente, a conclusão seria que Cabide, não estaria cumprindo o compromisso que tem com o PTC e a população de Rio Branco. “O PTC não será usado como era antes. Levaram nosso vereador para a bebedeira para suprir suas necessidades e suas garantais de sobrevivência política. O PTC não vai ser diminuído, por quem quer que seja”, afirma.

A decisão de destituir Cabide da liderança do PTC foi tomada com base no estatuto do partido. Gabriela Câmara disse ainda, que o vereador deveria ter votado na reversão do Saerb, para poder cobrar do Estado, as melhorias no abastecimento e, na qualidade dos serviços prestados a população da capital.

Cabide nega embriaguez  – O vereador Cabide (PTC) negou que tenha sido embriagado por membros da oposição.

Em momento algum a oposição me obrigou a tomar nenhuma postura, nosso relacionamento é transparente e nossas conversas acontecem à luz do dia – concluiu Cabide.

Leia também:
“Cães de Guarda do Tião Viana aprovaram esse projeto usando todo tipo de manobra possível”.

 

 

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas