Conecte-se agora

Policia Civil investiga participação de Jonas Dales em tortura de menor

Publicado

em

O delegado de Policia Civil Fabrizio Leonardo confirmou a abertura de um inquérito para investigar a suposta tortura feita ao menor M. S. B. acusado de participar de furto à Drogaria Brasil e uma Loja de Confecções no município de Acrelândia, a 100 km da capital. O principal suspeito é o empresário Jonas Dales. Pesa contra ele, a acusação de tortura durante a tentativa de elucidação dos fatos. O empresário diz que é vitima de furto e de linchamento político. Ele é pré-candidato a prefeito pelo DEM.

O depoimento que tenta incriminar Jonas é o de Marcia Assaline de Lima, esposa do menor M. S. B. Ela conta que o empresário parou a caminhonete em frente a sua casa e levou o seu marido para um local no ramal Bengala onde o mesmo teria sido espancado.

– Eles bateram nele para ele confessar que era o autor do furto e também para me envolver no caso. Eu trabalho no salão da esposa do Jonas Dales – disse Marcia.

O OUTRO LADO:

O empresário Jonas Dales confirma que levou o menor para o ramal Bengala na companhia do outro comparsa, conhecido como Nego, na tentativa de ajudar a policia elucidar os fatos. Jonas disse que os dois menores sem querer assumiram a culpa pelo furto se agrediram.

– Mas a briga ocorreu entre os autores, o M. S. B. queria empurrar a bucha pra cima de Nego que não aceitou assumir a culpa sozinho e partiu para agressão. Comunicamos a Policia que deu sequência nas investigações – acrescenta Jonas.

PARECER TÉCNICO:

A reportagem conversou com o delegado Frabrizio Leonardo que rechaçou os exageros sobre tortura. Ele confirmou lesões corporais leves que foram apontadas preliminarmente, mas disse que em momento algum existiu no local de abordagem aos supostos envolvidos, armas ou buraco para enterrar o menor como vem sendo comentado na cidade. O adolescente foi enviado no final da tarde para fazer exame de corpo delito no IML de Rio Branco.

Garantindo apurar com responsabilidade os fatos, Fabrizio pede ajuda da população. “A população é fundamental nesse tipo de crime”, acrescentou. O delegado confirmou que foram apreendidos objetos do furto encontrados em poder de M.S.B. mas não falou durante a entrevista na existência de outro comparsa como afirma Jonas da Farmácia.

CONSELHO TUTELAR

Procurada, a presidente do Conselho Tutelar que atendeu com o nome de Solange, disse que acompanhou o caso, mas se negou a conceder entrevista. Aparentando nervosismo ela acrescentou que “não queria se envolver nessa questão” e que falaria com a permissão da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Jairo Carioca – da redação de ac24horas
jscarioca@globo.com

Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Vacinação da indústria e construção civil registra filas no Ginásio do Sesi

Publicado

em

A vacinação no Ginásio do Sesi contra à Covid-19 segue em ritmo intenso nesta quarta-feira (16). Imagens enviadas por populares mostram uma intensa movimentação de funcionários da indústria e construção civil em busca do imunizante.

No local, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) dividiu em dois lados a campanha de vacinação.

Do lado direito, os integrantes da construção civil podem ser vacinados sem restrição de idade, ou seja, dos 18 aos 59 anos, a categoria compõem a 4º fase de vacinação do Ministério da Saúde. Do lado esquerdo, a vacinação é para a população em geral que tenha entre 50 a 59 anos.

De acordo com informações repassadas por populares, a vacinação do grupo que tem de 50 a 59 anos, ocorre de forma célere pela baixa procura da população, já o público da construção e indústria de 18 a 59 anos, esperam até uma hora para receber a primeira dose contra à covid-19.

Continuar lendo

Acre

Pedro Longo pede posto de vacinação na Cidade do Povo

Publicado

em

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Pedro Longo (PV), disse nesta quarta-feira (16) em sessão virtual que considera a questão da vacina contra Covid-19 concentradora da atenção dos deputados e da sociedade.

“A vacinação é o caminho mais efetivo para que possamos deixar para trás estes tempos”, disse, relatando a questão da Cidade do Povo, cuja população passa por grande dificuldade devido à distância dos postos de vacinação.

Ele indica ao Governo do Estado criar um posto naquele bairro. O município de Rio Branco, destacou, já anuncia mutirão de vacinação, mas o parlamentar cobrou um Dia D da 2ª Dose.

“Só aqui em Rio Branco mais de 5 mil pessoas não tomaram a 2ª dose”, disse, pedindo busca ativa para localizar os faltosos.

Longo destacou também o ato do Instituto Ecumênico, que lançou manifesto pela vacinação geral.

Continuar lendo

Acre

Duarte considera desumano atendimento do 190 em Feijó

Publicado

em

O deputado Roberto Duarte (MDB), que se encontra em Feijó, disse na sessão virtual da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (16) que mais uma manifestação ocorre por falta de gestão e planejamento do governo. Os policiais penais reivindicam o “soldão” e a Lei Orgânica da categoria.

Duarte denunciou a situação crítica do Hospital de Feijó, que foi inaugurado em más condições pela gestão governamental anterior. Segundo o deputado do MDB, é necessário reconstruir a unidade.

Outra situação, disse ele, é quanto ao 190, o telefone de emergência da segurança pública. “As chamadas são atendidas em Rio Branco, que repassa para Tarauacá, que aciona, via WhatsApp, a polícia ou os Bombeiros de Feijó na ocorrência em questão. Não é culpa dos policiais daqui, mas do sistema implementado. Falta gestão”, criticou.

Continuar lendo

Acre

Acre fica de fora em autorização de nova importação da Sputnik V

Publicado

em

Mais uma vez o Acre não foi contemplado com a autorização para a importação excepcional da vacina Sputnik V. Após aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nessa terça-feira, 15, irão receber o imunizante os estados do Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Rondônia, Pará, Amapá, Paraíba e Goiás.

A importação aprovada nesta quarta-feira também deverá ser realizada sob condições controladas. Para isso, foram estabelecidas as mesmas responsabilidades e condicionantes aos requerentes.

As principais condições preveem que a vacina deverá ser utilizada apenas na imunização de indivíduos adultos saudáveis; todos os lotes das vacinas importados somente poderão ser destinados ao uso após liberação pelo INCQS; a Anvisa receberá relatórios periódicos de avaliação benefício-risco da vacina; a vacina deverá ser utilizada em condições controladas com condução de estudo de efetividade, com delineamento acordado com a Anvisa e executado conforme Boas Práticas Clínicas; a Anvisa poderá, a qualquer momento, suspender a importação, distribuição e uso das vacinas importadas; dentre outros aspectos destacados no Voto do relator.

Na deliberação da Anvisa, também foram autorizados quantitativos reduzidos de doses a serem importadas para vacinação de 1% da população de cada um dos estados, o que permitirá o adequado monitoramento e ação imediata da Agência, caso seja necessário.

Veja os quantitativos da Sputnik V para os estados:

Rio Grande do Norte – 71.000 doses;

Mato Grosso – 71.000 doses;

Rondônia – 36.000 doses;

Pará – 174.000 doses;

Amapá – 17.000 doses;

Paraíba – 81.000 doses;

Goiás – 142.000 doses.

Fonte: CNN BRASIL 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas