Conecte-se agora

MPE identifica problemas em unidades de saúde do interior do Acre e encaminha relatórios ao governador Tião Viana

Publicado

em

Os relatórios de vistorias realizadas pela Coordenadoria da Saúde do Ministério Público do Estado do Acre (MPE) mostram que hospitais e postos de saúde do Acre enfrentam problemas sérios, que vão desde a falta de condições estruturais até o reduzido número de profissionais. Os documentos são um resumo das atividades desenvolvidas por meio do projeto “Saúde para Todos”, que integra o Planejamento Estratégico do MPE.

Uma das atividades previstas no projeto é a realização de diligências que visam instruir os assessores que auxiliam os promotores com atuação na área de saúde, além de apurar possíveis irregularidades no setor de saúde.

O Hospital de Clínicas Raimundo Chaar, em Brasiléia, foi uma das primeiras unidades que receberam a visita das servidoras da Coordenadoria de Saúde, Marisete de Cássia Ligeiro Moraes e Marcela Braga, que identificaram problemas graves, como falta de equipamentos necessários para realização de exames. Na unidade, o aparelho de raio-x não está funcionando como deveria por falta de manutenção. Na mesma condição encontram-se os equipamentos de eletrocardiograma e monitor cardíaco- este último trata-se de um dispositivo eletrônico que serve para contar as batidas do coração. Além da carência de médicos, verificou-se que o lixo hospitalar é dispensando junto com o lixo comum.

Em Epitaciolância, no Posto de Saúde da Família Manoel Araújo da Costa, foram encontradas instalações em péssimas condições. Na sala onde são armazenados os medicamentos não há refrigeração e falta água nas torneiras. Também foram encontrados remédios com prazo de validade vencido, que segundo a direção do posto, seriam recolhidos pela Vigilância Sanitária. O PSF não oferece serviço odontológico, e quem precisa de dentista, se desloca para outro município.

Apesar de dispor de boas condições em termos de estrutura física, o Hospital Geral Manoel Marinho Monte, no município de Plácido de Castro, não oferece atendimento especializado por falta de médicos. O centro cirúrgico está fechado, por isso, nem uma simples cesariana pode ser feita. São realizados apenas partos normais. O hospital também não dispõe de equipamento de raio-x. Situação semelhante foi constatada no Hospital Geral Dr. Ary Rodrigues, em Senador Guiomard.

Em condição ainda pior encontra-se o hospital de Assis Brasil, onde o prédio está deteriorado, com problemas na instalação elétrica e hidráulica. O aparelho de autoclave, utilizado para esterilizar instrumentos cirúrgicos e odontológicos, está sendo usado para esquentar comida. “A unidade não tem nenhuma condição para funcionar”, disse a secretária-geral da coordenadoria de saúde, Marisete Moraes.

A diligência realizada em Assis Brasil apurou que as novas instalações do hospital estão prontas, mas ainda não estão em funcionamento porque a prefeitura estaria atrasando a pavimentação da rua de acesso, apesar dos insumos estarem comprados. “O que se entende é que pretende-se fazer a inauguração no período eleitoral para se obter vantagem política”, afirmou a procuradora de justiça, Gilcely Evangelista de Araújo Souza.

Na última sexta-feira foram visitados dois postos e o hospital geral de Tarauacá, onde as maiores deficiências são os médicos que não cumprem a carga horária de trabalho e o transporte dos pacientes, tendo em vista que ambulância está em péssimas condições. Por outro lado, o hospital é o único dos que foram visitados até agora que utiliza toalhas descartáveis, sabonete líquido, dentre outras medidas previstas no programa “Higienização das Mãos”, do Ministério da Saúde.

Relatórios serão entregues ao governador
O projeto “Saúde para Todos”encerrará suas atividades deste ano na primeira quinzena de dezembro, em Rio Branco, onde a Coordenadoria de Saúde vai promotores de Justiça do interior para discutir o Sistema Único de Saúde (SUS).

A procuradora de justiça Gilcely Evangelista, que esteve em Feijó e Tarauacá na semana passada, está em Cruzeiro do Sul para lançar o projeto no Juruá. A agenda prevê diligências e palestras sobre o SUS para conselheiros de saúde e promotores de justiça.

Gilcely Evangelista disse que um relatório sobre a situação das unidades de saúde visitadas por meio do projeto será entregue ao governador Tião Viana. “Além do governador, a secretária de Saúde Suely Melo e os secretários municipais das cidades visitadas também irão receber o relatório, e esperamos que medidas sejam tomadas para garantir o melhoramento dos serviços que são prestados nessas unidades”, destacou.

Agência de Notícias – MP/AC

Acre

Longo promove reunião para fortalecimento do cooperativismo

Publicado

em

O deputado e presidente da Frente Parlamentar de Apoio ao Cooperativismo (Frencoop) na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), Pedro Longo promoveu uma reunião nesta quarta-feira (7), na Casa do Povo, com demais deputados e algumas lideranças, incluindo representantes de órgãos governamentais e integrantes do setor que contribui para o crescimento econômico do Estado.

O encontro que contou com a presença especial do secretário de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict), Assurbanipal Barbary, teve o objetivo de fomentar as discussões e as políticas necessárias para o avanço do cooperativismo por meio da atuação do Governo do Estado em todos os segmentos ligados ao movimento.

“Essa reunião foi uma atividade da Frencoop, junto com os órgãos do governo – que são encarregados de fomentar esse segmento – com a participação também da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB). Foi criada uma comissão no âmbito da Seict – equipe a qual a frente parlamentar terá também participação – e tem como objetivo verificar todas as áreas do governo em que o cooperativismo pode ser aproveitado na geração de emprego, de atividades na agricultura familiar, na apresentação de cursos para formação das pessoas vinculadas ao setor do cooperativismo. Basicamente, essa é a ideia”, defendeu o líder do governo.

Longo argumentou também que a equipe está trabalhando na capitalização de um fundo, que já existe no âmbito da Secretaria da Indústria e Comércio, para ampliar os investimentos.

“A finalidade seria a obtenção de recursos federais dos Ministérios e de outras entidades, bancos, que trabalham também nessa área, com contrapartida Estadual, para viabilizar a geração dessas atividades previstas”, finalizou.

Assurbanipal defendeu que a reunião foi proveitosa e reforçou a necessidade de ter os poderes unidos para fortalecer o cooperativismo no Acre.

“Parabenizo aqui o deputado Pedro Longo pela iniciativa de atender os anseios dessa categoria e criar uma frente parlamentar que está comprometida com o avanço do Acre, dentro da Aleac. A união dos poderes é fundamental nesse momento. A Seict fará o que for preciso, no sentido de angariar e gerenciar recursos, trabalhar em parceria com outras secretarias para dar mais condições às cooperativas, que geram emprego, renda e riqueza no nosso Acre”, finalizou.

Continuar lendo

Acre

Policiais terão prioridade em registro de ocorrências em delegacias

Publicado

em

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública (SEJUSP) publicou no Diário Oficial desta quarta-feira, 7, uma portaria que pretende fazer com que o atendimento e o registro das ocorrências apresentadas nas delegacias que envolvam policiais aconteçam de forma mais célere, permitindo o imediato retorno dos agentes ao patrulhamento nas ruas.

A partir de agora, os policiais militares e civis de serviço terão atendimento preferencial em todas as ocorrências criminais apresentadas à Polícia Civil.

A portaria especifica ainda que no acionamento de policial militar para comparecimento em hospitais, prontos socorros e congêneres relacionados à entrada de vítimas de crimes diversos e, verificando não haver campo para ações da Polícia Militar ou pessoas a serem presas e não estando o ofendido com alta médica, deverá ser elaborado o BO/PM na Plataforma SINESP, onde não é necessária a ida do policial até uma delegacia. Já em caso de flagrante delito, a portaria deixa claro que deverão ser adotadas posturas para a rápida liberação dos policiais militares, previamente lavrando-se as peças complementares que dependam de suas assinaturas, buscando a pronta liberação da guarnição após as suas oitivas e a entrega do recibo de preso.

O objetivo, de acordo com a portaria, é evitar perda de tempo nas situações de menor gravidade. Por exemplo, nas ocorrências de constatação de morte natural, ou seja, não havendo indícios da prática de crime, o policial militar deverá realizar o registro eletrônico do BO/PM na plataforma SINESP/PPE, assim como nas ocorrências criminais de mera transmissão de dados.

Continuar lendo

Acre

Prefeitura de Rio Branco sugere a volta do uso de máscaras

Publicado

em

Os casos da Covid-19 voltaram a crescer no Acre. Nos últimos 15 dias, o estado registrou quase 2 mil novos casos de pessoas infectadas. Para tentar frear o crescimento da Covid-19, a prefeitura de Rio Branco publicou uma portaria no Diário Oficial desta quarta-feira, 7, onde orienta a população sobre cuidados necessários e estabelece uso obrigatório de máscaras em suas unidades de saúde.

A recomendação para o uso de máscaras de proteção facial, industriais ou caseiras, por todas as pessoas sintomáticas, portadoras de comorbidades, vacinadas ou não, que necessitarem sair de suas residências. Estabelece ainda o uso obrigatório de máscaras faciais por funcionários, pacientes e visitantes em qualquer estabelecimento de saúde no âmbito do município.

A portaria também orienta que a população evite aglomerações, mantendo sempre um distanciamento seguro de 1 metro. Todos os ambientes de trabalho e comerciais devem ser mantidos constantemente abertos, arejados e ventilados, de preferência de forma natural. Caso o uso de aparelhos de ar condicionado seja necessário, os componentes do sistema de climatização como bandejas, serpentinas, umidificadores, ventiladores e dutos, devem ser mantidos limpos de forma a evitar a difusão ou multiplicação de agentes nocivos à saúde humana e manter a qualidade interna do ar.

Em relação às empresas e órgãos públicos, a portaria deixa claro que qualquer trabalhador/colaborador ou cliente que apresentar sintomas de síndrome gripal (febre aferida ou referida, tosse, dificuldade respiratória ou dor de garganta) deverá procurar atendimento de saúde e ficar em isolamento domiciliar conforme avaliação diagnóstica e/ou atestado médica.

Há ainda a orientação para evitar tocar os olhos, nariz e boca; cobrir a boca e nariz com um lenço de papel quando tossir ou espirrar e descartar o lenço usado no lixo; caso não tenha disponível lenço descartável, tossir ou espirrar no antebraço; higienizar as mãos sempre após tossir ou espirrar; Realizar a lavagem constante das mãos ou higienização com álcool a 70%, sendo que os estabelecimentos público e privados devem disponibilizar dispositivos com álcool a 70%, para uso individual, em locais de maior circulação como entradas, banheiros e corredores.

Continuar lendo

Acre

Governo realiza mutirão de vacina para crianças no sábado

Publicado

em

A Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) vai promover no próximo sábado, 10, um mutirão de vacinação para imunização de crianças de 6 meses a 5 anos contra a Covid-19. A vacinação vai ocorrer no Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (Crie), localizado na Getúlio Vargas, 595, bairro Bosque, das 8 da manhã às 5 da tarde.

A criança deverá estar acompanhada dos responsáveis e com a carteira de vacinação e o cartão do Serviço Único de Saúde (SUS) no momento da vacinação.

Ao contrário do que costuma acontecer no Crie, neste sábado não será preciso agendamento para imunizar a criança. A expectativa da campanha é vacinar pelo menos 500 crianças durante o dia.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.