Conecte-se agora

Prefeitura de Senador Guiomard recebe novo mobiliário para as escolas

Publicado

em

A secretária Maria Raimunda [a Branca] que responde pela educação do município de Senador Guiomard, localizado a 23 km da capital, começou nesta terça-feira (01), mudar o mobiliário das escolas da rede municipal de educação. Os investimentos ocorrem graças ao esforço da gestão em parceria com o Ministério da Educação através do Plano de Ações Articuladas da Educação – PAR.

– Vamos trocar todo o mobiliário composto de mesas e cadeiras, entregues para escolas do ensino fundamental – disse Branca.

Ela destacou ainda a dedicação do prefeito James Gomes que determinou à secretária, uma educação com acesso para todos. Ela destacou ainda, o envolvimento dos professores, dos pais dos alunos e de toda a comunidade com o projeto.

– O prefeito James deixou claro, ele quer que a escola faça parte da vida das comunidades e nós vamos trabalhar para isso – acrescentou a secretária.

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Cotidiano

Rios apresentam vazante, mas preocupa Defesa Civil: “momento é de observação”

Publicado

em

O relatório de inundação da Defesa Civil do Acre, publicado nesta quinta-feira (4) indica que o nível dos rios continuam apresentando vazante, porém, de modo instável.

O Rio Acre, em Rio Branco, diminuiu em 74 cm seu nível de água; o Purus em 68; o Iaco em 66 e o Tarauacá em 46 cm. Por outro lado, houve aumento no nível das águas do Rio Juruá, 11 cm; e do Envira, 23cm.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Eudemir Bezerra, a maioria dos rios está abaixo da cota de alerta, com exceção do Juruá, que está acima da cota de alerta e abaixo da cota de transbordamento; e do Iaco, que está acima da cota de transbordamento.

“O momento agora é de observação, assim que tivermos certa segurança de que não teremos novas cheias, aí entramos com a fase de limpeza, recuperação e reconstrução”, destacou o coordenador.

Continuar lendo

Cotidiano

‘Chega de frescura, de mimimi. Vão ficar chorando até quando?’, diz Bolsonaro

Publicado

em

Por

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quinta-feira que é preciso parar de “frescura” e “mimimi” com a pandemia de Covid-19 e questionou até quando as pessoas ficarão “chorando”. Para Bolsonaro, é preciso “enfrentar nossos problemas”. O novo coronavírus já matou quase 260 mil brasileiros, e a mortes estão em alta, batendo recordes nos últimos dias.

A declaração ocorreu durante inauguração de um trecho da ferrovia Norte-Sul, em São Simão (GO). O presidente elogiou produtores rurais por terem continuado trabalhando durante a pandemia e questionou em seguida “onde vai parar o Brasil se nós pararmos”, em referência a medidas que estão sendo tomadas por governadores e prefeitos em todo o país para diminuir a circulação de pessoas, em uma tentativa de frear o avanço da Covid-19.

Na quarta-feira, o Brasil bateu, pelo segundo dia consecutivo, o recorde de registros de mortes em 24h. Foram 1.840 óbitos contabilizados pelas secretarias estaduais de saúde. A média móvel dos últimos sete dias também bateu um novo recorde: 1.332. É o quinto dia consecutivo em que isto ocorre.

Nesta quinta, Bolsonaro disse lamentar as mortes, mas afirmou que “tem que ter uma solução”.

— Até quando vão ficar dentro de casa, até quando vai se fechar tudo? Ninguém aguenta mais isso. Lamentamos as mortes, repito, mas tem que ter uma solução. Tudo tem que ter um responsável.

Depois, negou que privilegie a economia em detrimento da saúde e afirmou que a economia é importante inclusive para compras vacinas:

— Lamento as mortes, repito. Antes que comecem a falar por aí, essa imprensa, que eu estou ignorando mortes e pensando em economia. Por que vocês não ouvem falar de vacina em países da África? Ou em alguns países aqui da América do Sul? Porque não tem dinheiro. Não tem economia, então não tem vacina. Se nós destruirmos nossa economia, podem esquecer um monte de coisa.

‘Apelo’ a governadores e prefeitos

Bolsonaro fez um “apelo” a governadores e prefeitos contra o fechamento de comércio e disse que “o povo quer trabalhar”:

— Eu apelo aqui, já que me foi castrada a autoridade, para (que) governadores e prefeitos repensem a política do fechar tudo. O povo quer trabalhar! Venham para o meio do povo, conversem com o povo! Não fiquem me acusando de fazer aglomeração, aqui tem aglomeração, em todo lugar tem.

Para o presidente, toda atividade que ajuda no sustento das pessoas é essencial:

— A grande maioria tem que trabalhar. Quando se fala essa em “essa atividade é essencial, aquela não”. Atividade essencial é toda aquela necessária para o chefe de família levar o pão para dentro de casa, porra.

Continuar lendo

Cotidiano

Tico Santa Cruz, Israel Novaes e outros artistas fazem show para ajudar o Acre

Publicado

em

A nova rede social Clubhouse estará mais movimentada na noite desta quinta-feira (4) com a realização do show beneficente de artistas nacionais em favor das famílias afetadas pelas enchentes dos rios e que sofrem com a Covid-19 e outros dramas no Estado do Acre.

O show promoverá a campanha SOS Acre, realizada pelo Ministério Público do Acre, em parceria com o Tribunal de Justiça do Acre.

O show é organizado pelo Brazilian In Clubhouse e vai reunir a partir das 20 horas artistas nacionais para em nome da música pedir solidariedade e ajuda para o estado, são eles: De Maria, Delão / Fica Comigo, Fantine, Israel Novaes, João Klein, Kell Smith, Matheusinho, Nina, Rodrigo Sepultura, Tico Santa Cruz, Zoo.

Além dos músicos, a sala contará com a participação de moderadores que estão na organização do evento, e alguns recados importantes de outros artistas, entre eles, a acreana Gleici Damasceno, que junto ao coordenador do Voz das Comunidades, Rene Silva, foi responsável em iniciar a mobilização de artistas de todo o Brasil para divulgarem a campanha SOS Acre.

Do Acre também participam as cantoras Lina Grasiela e Iana Sarquis, que foram idealizadoras da Live Solidária, que reuniu artistas acreanos em show na semana passada, com o mesmo intuito.

Continuar lendo

Cotidiano

Governador aguarda resultado de novo exame de Swab e segue sem sintomas de Covid-19

Publicado

em

O boletim médico do governador Gladson Cameli divulgado nesta quinta-feira, 4, informa que Cameli está aguardando resultado de novo exame de Swab que realizou para saber se ainda está com o vírus presente no organismo e avaliação clínica.

Enquanto isso, o chefe do Palácio Rio Branco segue recebendo acompanhamento médico domiciliar. O governador também passará por uma nova tomografia pulmonar para avaliar a ocorrência ou não de comprometimento do órgão. “Os marcadores inflamatórios demonstram estabilidade”, diz o boletim.

Além disso, o governador segue sem febre ou quaisquer outros sinais e sintomas clínicos e laboratoriais de alarme, como atesta o médico responsável, Marcos Parente.

Gladson está em isolamento desde a última segunda-feira, quando recebeu resultado positivo para Covid-19. A primeira-dama Ana Paula Cameli e o filho Guilherme também passaram por exames, mas não testaram positivo para a doença.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas