Cavaram o que queriam

Receba notícias do Acre no grupo de WhatsApp do ac24horas.

Ao entrar na justiça comum contra a CBF, o RBFC mais cedo ou mais tarde iria pagar bem caro.  O campeonato da “Série C” foi suspenso de novo com a Liminar da justiça estadual cassada, o caso enviado à FIFA, de onde, segundo o presidente do STJD, Rubens Aprobato, poderá vir a medida extrema de desfiliação da CBF, não podendo, assim, o clube nem disputar o campeonato acreano. Deveria ter ficado calado, disputar a “Série D”, mas, com uma burrada atrás da outra pode jogar na lama uma longa tradição. Fim triste o do meu querido “estrelão”! O mínimo que o presidente Natal Xavier deveria fazer no momento era renunciar imediatamente. Vai entrar na história como o presidente que acabou com o RBFC.


Porta na cara
A cúpula do PMDB rejeitou as últimas tentativas de composição de chapa única com o PSDB para a disputa da PMRB. Alguns dirigentes chegaram ser irônicos: “chapa única, só se Tião Bocalon for nosso vice”. O PMDB é convicto que chega com Fernando Melo no segundo turno.


Não suportam
De público não falam, mas, nos bastidores, quando o nome de Tião Bocalon (PSDB) é citado no PMDB, uma saraivada de críticas vem em seguida. PMDB e PSDB apenas se suportam.


Parte do acordo
A candidatura de Fernando Melo à PMRB é parte de um acordo entre PMDB e PSD, pelo qual o senador Sérgio Petecão (PSD) indicará o vice de Melo, e remete para nova aliança em 2014.


Se assanhando
Uma fonte próxima do deputado federal Flaviano Melo (PMDB) me disse ontem que, ele já admite “analisar” uma candidatura ao Senado em 2014, algo que não admitia há pouco tempo.


Nivelando por baixo
Dos nomes citados entre os aliados como possíveis candidatos à sucessão do prefeito Nilson Areal, no quesito densidade eleitoral se nivelam por baixo, fracos como caldo de mandi.


O resto é fraquinho
Dentro da FPA, em Sena Madureira, só tem um nome forte, o do prefeito Nilson Areal, que se pudesse ser candidato seria difícil de ser batido.


Briga de pequinês


Pela oposição, como a deputada Toinha Vieira (PSDB), com problemas no TCE, não poderá ser candidata a prefeita, e aí, a disputa da prefeitura de Sena vira briga de cachorro pequinês.


Também não
A oposição não tem um nome que chegue perto de sua densidade eleitoral


Não abre
A fonte é segura: o PT não abre mão de indicar o candidato a prefeito de Plácido de Castro. É questão fechada que, aonde o PT governo, indica o nome para a prefeitura.


Assunto morto
Assim sendo, se o médico Roney Firmino quiser disputar a prefeitura será pelo PSB.


Pela janela
Se tivesse ficado na oposição seria prefeito certo, mas, quis tirar vantagem, e se deu mal.


Nova data
O governador Tião Viana transferiu para sexta-feira a decisão se anunciará ou não a abertura da 364 durante o inverno, quer antes ter a certeza de que não haverá problemas.


Difícil superado
O mais complicado da estrada eram as pontes, mas, estas estão todas concluídas.


Longe do palanque
Situação complicada é a do prefeito de Capixaba, Joais Santos (PT), pelo alto desgaste popular, nenhum aliado quer tê-lo no palanque na eleição do próximo ano.


Nada de santuário
A floresta não pode virar santuário e nem se devastada, por isso, a exploração pelo manejo sustentável é o único método que evita a devastação sem controle científico.


Outro debate
Se a população da floresta não tem recebido o preço justo pela madeira tirada é outro debate.


Se matasse
Amigo do prefeito do Bujari, Padeiro (PSB), me disse ontem que, se arrependimento matasse, por ter deixado o PMDB, o polêmico prefeito estaria morto.


Sem transtornos
Pouco se falou, mas, a estrada que gerou todo esta polêmica na Bolívia, permitirá uma saída mais vantajosa para o Pacífico via Rondônia, por não cruzar os Andes.


Sempre pesa
As pesquisas apontam o ex-prefeito Luiz Helosman (PP) na dianteira para prefeitura de Mâncio Lima. Mas, é bom não subestimar o prefeito Cleidson Rocha (PMDB), a máquina sempre pesa.


Duas vantagens
Em Cruzeiro do Sul, Wagner Sales (PMDB), entra na eleição com duas vantagens: tem sido um bom prefeito, é o que apontam as pesquisas, e tem a máquina na mão.


Bom vereador
O sindicalista Marcelo Jucá (PSB) vem fazendo um bom trabalho como vereador.


Ruim para o PT
A disputa interna no PT retardou o anúncio do nome à PMRB, o que deixa o partido engessado, e a oposição avançando, fato fácil de notar na conversa com a população.


Caminho certo
O PT não vive bom momento político na Capital. Isso é inquestionável. Então é correta a estratégia de suas lideranças de apresentar uma cara nova, sem arestas, que possa dar um novo alento e reverter o cansaço dos eleitores com candidaturas de políticos manjados e antigos. E também porque, partido que não busca uma renovação de quadros, morre.


Por Luis Carlos Moreira Jorge


Participe do grupo e receba as principais notícias na palma da sua mão.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.