Conecte-se agora

Falta insulina na rede pública de saúde. Pacientes vão recorrer ao Ministério Público

Publicado

em

Cresce a cada dia o número de pacientes do Sistema Único de Saúde que procuram o Ministério Público para reclamar da saúde do Acre. O paciente Hudson Roque, de 45 anos, entra hoje pela manhã (19), com ação pedindo que o Estado garanta mensalmente, 3 frascos de insulina tipo lantus [indicada para o tratamento de diabetes mellitus, quando o tratamento com insulina for requerido].

Hudson levou à defensoria pública toda documentação exigida para o recebimento do medicamento através da saúde pública, entre eles, o laudo do Endocrinologia. Segundo os documentos, há 17 anos Hudson sofre de diabetes. Ele disse que não há nem previsão para a chegada do medicamento nos Postos de Saúde.

– Liguei hoje para o departamento e eles voltaram a me dizer que não tem nem previsão de chegada – acrescentou o paciente.

Ainda segundo Hudson, o caso envolve vários pacientes da rede pública que assim como ele, precisam tomar o medicamento mensalmente. Segundo um especialista, a composição indicada vem alcançando excelentes resultados em diabetes tipo 1 e 2. Um frasco pode ser adquirido na rede particular pelo preço de R$ 330,00.

A reportagem procurou o departamento responsável pela entrega do medicamento. A primeira atendente, de nome Equilene, disse que somente o senhor Raimundinho poderia falar sobre o assunto. Era 11h51 quando tentamos falar através do telefone 3244 1470 com o encarregado, mas elenão estava no setor. Raimundinho não retornou para o telefone da redação.

Jairo Carioca – da redação de ac24horas
jscarioca@globo.com

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Mais de 5 mil trabalhadores da Saúde serão imunizados no Acre

Publicado

em

Com a chegada da vacina contra Covid-19 da Índia, fornecida pela indústria Astrazeneca, o Estado do Acre será contemplado com 5.080 doses, que serão distribuídas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e destinadas aos trabalhadores da Saúde, o que representa mais 27% desse público-alvo que passa a ser contemplados com a primeira dose, conforme orientação do Ministério da Saúde (MS).

“Este é um marco histórico em nosso país, uma mobilização nacional e internacional com o objetivo maior, que é o de salvar vidas. As vacinas estão chegando para imunizar nossa população, por isso destaco o trabalho conjunto e a importância de vacinar os públicos prioritários e sequencialmente todos acreanos”, destaca Gladson Cameli.

A chegada está prevista para próxima segunda-feira, 25, e terá o mesmo formato de distribuição aos municípios. O MS tem como previsão várias etapas de entregas semanais aos estados, que ainda serão definidas e alinhadas.

“Com essa nova remessa, vamos totalizar 61 % dos trabalhadores da Saúde. Esse é um esforço conjunto entre as Instituições e Governo do Estado para que possamos vacinar com celeridade e segurança a nossa população”, destaca a chefe de Imunização do Estado do Acre, Renata Quilles.

Além destas, está prevista mais 4 milhões e meio de doses da Coronavac que serão distribuídas pelo Instituto Butantan para as Unidades Federativas, com previsão de entrega para a próxima semana. A vacina do Butantan também será utilizada para a conclusão do público da Saúde, e dependendo do quantitativo destinado pelo MS poderá ser iniciada a vacinação dos idosos com idade acima de 75 anos.

Continuar lendo

Acre

Enem: Rio Branco manterá 47 ônibus rodando neste domingo

Publicado

em

Como medida para evitar aglomerações e a propagação do vírus da covid-19, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Superintendência de Transportes e Trânsito de Rio Branco (RBTrans), informou que neste domingo, 24, repetirá a mesma frota de ônibus do primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Ao todo, 47 coletivos farão o transporte dos estudantes em Rio Branco. Os portões abrem às 9h30 (horário do Acre) e fecham às 11 horas (horário do Acre) e o início das provas deve ser às 11h30, também horário local.

Neste segundo domingo os candidatos vão responder 90 questões das áreas de ciência da natureza e suas tecnologias – Química, Física e Biologia – e de matemática e suas tecnologias. Os candidatos podem deixar a sala sem o caderno de questões a partir das 13h30 (horário do Acre). Neste domingo, as provas encerram meia hora mais cedo, às 16h30.

Ao todo, 40.674 candidatos se inscreveram para fazer o Enem 2020 no Acre na modalidade de provas impressas. Desses, 19.721 marcaram presença e 20.953 faltaram.

Continuar lendo

Acre

Ifac abre seleção de docentes de Francês para aperfeiçoamento

Publicado

em

O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) lançou, nesta quinta-feira (21/1), um edital para seleção de professores de francês para participação no curso Animer des classes virtuelles – Mode d’emploi. A formação, a distância e gratuita, está prevista para ocorrer entre os dias 8 e 12 de fevereiro, com aulas de 1h30 de duração.

As inscrições podem ser feitas até dia 4 de fevereiro de 2021, por meio de um formulário eletrônico (acesse aqui). A seleção será feita por sorteio e a chamada pública irá selecionar 15 professores ativos permanentes ou substitutos de Francês da Rede Federal e com, no mínimo, nível intermediário de proficiência em francês. Os requisitos completos de participação estão disponíveis no edital.

A chamada pública é resultado da parceria do Conif com a Embaixada da França no Brasil.

Acesse o edital

Continuar lendo

Acre

Marcello Moura diz que “toque de recolher” é uma medida necessária

Publicado

em

Presidente da Acisa diz que momento é de cautela para evitar prejuízos ao comércio e o colapso do sistema de Saúde

O presidente da Associação Comercial (Acisa), Marcello Moura considera necessária a medida anunciada pelo governador Gladson Cameli, na manhã desta sexta-feira, 22, sobre o início do “toque de recolher” das 22h às 6h.

Para Marcello Moura, com o avanço dos casos e das mortes, é preciso que medidas sejam tomadas, para evitar o colapso do sistema de Saúde.

“É uma medida que, no primeiro momento, parece ser ruim para alguns setores do comércio, mas quando levamos em consideração o aumentos dos casos de Covid-19, percebemos que o momento é de medidas que possam contribuir para diminuir o contágio. Nós acreditamos que, todos unidos, logo estaremos retornando à normalidade”, afirmou.

Afirmando que o momento é de união de todas as entidades e o Poder Público, para evitar um colapso do Sistema de Saúde, Marcello Moura lembra que é preciso agir agora, para evitar mais prejuízos ao comércio.

“Já temos o início da vacinação. Mas tudo está apenas começando. Precisamos nos unir e buscar alternativas para evitar prejuízos aos comerciantes e a nossa economia. Com a colaboração de todos, tenho certeza que em breve estaremos com nosso comércio funcionando dentro da normalidade”, disse.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas