Conecte-se agora

Esquenta a briga pelo sindicato dos servidores do Poder Judiciário do Acre

Publicado

em

Na próxima sexta-feira, 21, 940 servidores do Tribunal de Justiça do Acre vão às urnas escolher a nova diretoria do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário. Ontem, o presidente da Comissão Eleitoral, Aderson Camelo, negou a instalação de mais uma urna no edifício sede onde existem mais 100 servidores aptos a votarem. Camelo alegou falta de recursos humanos.

Para a chapa encabeçada por Lelsson Rangel, a medida prejudica o pleito. As eleições acontecem nos 22 municípios. Na outra ponta, tenta voltar para a direção do sindicato, a funcionária Rosane Ferraz, ex-presidente da instituição. O principal ponto de debate entre as chapas concorrentes é o PCR, plano de cargos e remuneração. A reivindicação vai fazer aniversário de quatro anos. Rangel defende um sindicato mais participativo. Ele encabeçou o movimento pela transparência no Orçamento do Estado.

Jairo Carioca – da redação de ac24horas
jscarioca@globo.com

Anúncios
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Bombando

Anúncios

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Leia Também

Mais lidas