Conecte-se agora

Desfiles cívicos marcam o encerramento das comemorações dos 107 anos de Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A população de Cruzeiro do Sul mostrou que continua valorizando a história de uma grande cidade que ajudou a construir apesar do isolamento no meio da Amazônia. Essa valorização foi transmitida mais uma vez através da criatividade dos desfiles de instituições militares, civis, estudantes e outras entidades.
A festa aconteceu na noite de quarta-feira, 28 de setembro, dia em que o município completou 107 anos de intendência política e administrativa. A exemplo de anos anteriores, os militares do 61° BIS foram os primeiros a se apresentar em um desfile vibrante que atraiu a atenção do público. Na sequência passaram pela avenida, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Aeronáutica e apresentações de centenas de estudantes de várias escolas municipais e estaduais.
Colocadas em um palanque à margem da avenida, as autoridades acompanharam atentas as apresentações. Um dos momentos mais marcantes do desfile foi a passagem de alunos e servidores da Associação dos Pais e Amigos do Excepcionais (APAE) com exibição de cartazes agradecendo a administração do prefeito, Vagner Sales, que deu atenção especial para a entidade que ganhou uma moderna sede própria em abril desse ano.
Após os desfiles a população fez festa na praça, ao som de muita música e cantores regionais.
“É uma data marcante e uma festa muito bonita. O povo cruzeirense valoriza sua cidade, isso é muito importante. Quanto cheguei aqui, Rodrigues Alves, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo ainda faziam parte de Cruzeiro do Sul e a população total era de apenas 10 mil habitantes. Assim é possível ter uma idéia do tanto que Cruzeiro do Sul se desenvolveu”, comenta o funcionário público, Gildo Gaspar, natural de Brasiléia, mas que mora em Cruzeiro do Sul há 28 anos.
O prefeito Vagner Sales avalia que a cidade vive um momento muito bom de desenvolvimento e conquistas. Ele lembrou a importância do presente que o município ganhou no dia do aniversário, ao se referir a unidade Integrada SESI/SENAI que cumprirá um papel importante no desenvolvimento de Cruzeiro do Sul qualificando mão de obra e atuando na educação profissional. “Estou muito feliz porque graças a Deus estamos conseguindo desempenhar um bom trabalho. É claro que nem a nossa administração, nem a próxima vai conseguir resolver todos os problemas, mas diante das dificuldades que enfrentamos, acho que já demos passos importantes para melhorarmos a infraestrutura da nossa cidade que é sem dúvida a maior exigência da nossa população, além de investimentos em educação e saúde”, resume.
O deputado federal Gladson Cameli (PP), presente na solenidade avaliou a importância de comemorar o aniversário da cidade onde nasceu e comemorou a liberação de uma emenda no valor de R$ 1,5 milhão para calçamento de ruas e a construção de uma parada de ônibus no trevo da Vila Santa Rosa que vai beneficiar a população de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves. A parada fica no encontro das rodovias que ligam as três cidades. O recurso será administrado pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul.
Também estiveram presentes, o deputado federal, Flaviano Melo, deputado estadual, Chagas Romão, a deputada estadual Antonia Sales, os prefeitos Cleidson Rocha e Randson Almeida, vereadores, secretários e ex-ocupantes de cargos públicos que fizeram parte da história recente do município.
Copão do Vale do Juruá
Também na manhã desse dia 28, o prefeito Vagner Sales entregou no Estádio Cruzeirão o troféu de campeão, a Seleção de Rodrigues Alves que conquistou o título do Copão do Vale do Juruá, ao vencer na final o time de Guajará (AM) por 2X0.
O Copão foi mais uma competição esportiva resgatada pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul no intuito de fortalecer e integrar a região do Vale do Juruá revelando novos talentos no futebol. Nesta edição participaram seleções de seis municípios e Rodrigues Alves apareceu como uma surpresa para conquistar o título.
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Conectar

Deixe uma resposta

Acre

Vacinação da indústria e construção civil registra filas no Ginásio do Sesi

Publicado

em

A vacinação no Ginásio do Sesi contra à Covid-19 segue em ritmo intenso nesta quarta-feira (16). Imagens enviadas por populares mostram uma intensa movimentação de funcionários da indústria e construção civil em busca do imunizante.

No local, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) dividiu em dois lados a campanha de vacinação.

Do lado direito, os integrantes da construção civil podem ser vacinados sem restrição de idade, ou seja, dos 18 aos 59 anos, a categoria compõem a 4º fase de vacinação do Ministério da Saúde. Do lado esquerdo, a vacinação é para a população em geral que tenha entre 50 a 59 anos.

De acordo com informações repassadas por populares, a vacinação do grupo que tem de 50 a 59 anos, ocorre de forma célere pela baixa procura da população, já o público da construção e indústria de 18 a 59 anos, esperam até uma hora para receber a primeira dose contra à covid-19.

Continuar lendo

Acre

Pedro Longo pede posto de vacinação na Cidade do Povo

Publicado

em

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Pedro Longo (PV), disse nesta quarta-feira (16) em sessão virtual que considera a questão da vacina contra Covid-19 concentradora da atenção dos deputados e da sociedade.

“A vacinação é o caminho mais efetivo para que possamos deixar para trás estes tempos”, disse, relatando a questão da Cidade do Povo, cuja população passa por grande dificuldade devido à distância dos postos de vacinação.

Ele indica ao Governo do Estado criar um posto naquele bairro. O município de Rio Branco, destacou, já anuncia mutirão de vacinação, mas o parlamentar cobrou um Dia D da 2ª Dose.

“Só aqui em Rio Branco mais de 5 mil pessoas não tomaram a 2ª dose”, disse, pedindo busca ativa para localizar os faltosos.

Longo destacou também o ato do Instituto Ecumênico, que lançou manifesto pela vacinação geral.

Continuar lendo

Acre

Duarte considera desumano atendimento do 190 em Feijó

Publicado

em

O deputado Roberto Duarte (MDB), que se encontra em Feijó, disse na sessão virtual da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (16) que mais uma manifestação ocorre por falta de gestão e planejamento do governo. Os policiais penais reivindicam o “soldão” e a Lei Orgânica da categoria.

Duarte denunciou a situação crítica do Hospital de Feijó, que foi inaugurado em más condições pela gestão governamental anterior. Segundo o deputado do MDB, é necessário reconstruir a unidade.

Outra situação, disse ele, é quanto ao 190, o telefone de emergência da segurança pública. “As chamadas são atendidas em Rio Branco, que repassa para Tarauacá, que aciona, via WhatsApp, a polícia ou os Bombeiros de Feijó na ocorrência em questão. Não é culpa dos policiais daqui, mas do sistema implementado. Falta gestão”, criticou.

Continuar lendo

Acre

Acre fica de fora em autorização de nova importação da Sputnik V

Publicado

em

Mais uma vez o Acre não foi contemplado com a autorização para a importação excepcional da vacina Sputnik V. Após aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nessa terça-feira, 15, irão receber o imunizante os estados do Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Rondônia, Pará, Amapá, Paraíba e Goiás.

A importação aprovada nesta quarta-feira também deverá ser realizada sob condições controladas. Para isso, foram estabelecidas as mesmas responsabilidades e condicionantes aos requerentes.

As principais condições preveem que a vacina deverá ser utilizada apenas na imunização de indivíduos adultos saudáveis; todos os lotes das vacinas importados somente poderão ser destinados ao uso após liberação pelo INCQS; a Anvisa receberá relatórios periódicos de avaliação benefício-risco da vacina; a vacina deverá ser utilizada em condições controladas com condução de estudo de efetividade, com delineamento acordado com a Anvisa e executado conforme Boas Práticas Clínicas; a Anvisa poderá, a qualquer momento, suspender a importação, distribuição e uso das vacinas importadas; dentre outros aspectos destacados no Voto do relator.

Na deliberação da Anvisa, também foram autorizados quantitativos reduzidos de doses a serem importadas para vacinação de 1% da população de cada um dos estados, o que permitirá o adequado monitoramento e ação imediata da Agência, caso seja necessário.

Veja os quantitativos da Sputnik V para os estados:

Rio Grande do Norte – 71.000 doses;

Mato Grosso – 71.000 doses;

Rondônia – 36.000 doses;

Pará – 174.000 doses;

Amapá – 17.000 doses;

Paraíba – 81.000 doses;

Goiás – 142.000 doses.

Fonte: CNN BRASIL 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas