Conecte-se agora

Justiça: Acre lidera o ranking nacional com maior rapidez no julgamento dos processos

Publicado

em

O presidente da Associação dos Magistrados do Acre (Asmac), Marcelo Carvalho, comemora o excelente desempenho obtido pelos magistrados do Acre no julgamento de processos durante o ano de 2010.

De acordo com o relatório “Justiça em Números”, divulgado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o Judiciário Acreano alcançou os primeiros lugares no ranking nacional quando o assunto é o cumprimento de metas e produtividade.

No que se refere à taxa de congestionamento de processos na fase de execução do 1º Grau e dos Juizados Especiais, o Tribunal de Justiça do Acre ocupa o primeiro lugar entre os tribunais estaduais do Brasil, com um índice de 40,6 %, enquanto a média nacional é 85,6%.

A taxa de congestionamento é um importante índice. Ela mede a agilidade nos julgamentos. Isso significa que quanto menor a taxa de congestionamento, maior a rapidez com que os processos são resolvidos.

Outro importante desempenho ficou por conta da taxa de congestionamento do 1º Grau e Juizados Especiais dos processos na fase de conhecimento, com um percentual de 30,9%, o que coloca a Justiça do Acre em segundo lugar do País. Neste quesito a média nacional é de 60%.

Ficou evidenciado que além de permanecer nas primeiras colocações no ranking, as taxas de congestionamento correspondem à metade da média nacional.

Magistrados acreanos estão entre os que mais julgam

No Acre, cada magistrado julga em média 1.677 processos por ano. Esses números colocam o judiciário acreano em 4º lugar no ranking nacional entre Tribunais estaduais. Além disso, foram arquivados mais processos do que o número de processos distribuídos durante o ano, ou seja, foram baixados 18% mais processos que o número de processos novos.

Para o Presidente da ASMAC, os resultados demonstram o elevado nível do Judiciário do Estado do Acre. “Os números divulgados pelo Conselho Nacional de Justiça só confirmam a percepção de que o Magistrado do Estado do Acre é muito comprometido e operoso. Isto prova que a magistratura está na direção correta. Parabéns aos Magistrados do Acre. O cidadão que mora neste Estado merece esse resultado e um Judiciário cada vez melhor, que possa atender de modo cada vez mais eficiente a população”, comemora Marcelo Carvalho.

Por Ângela Rodrigues

Acre

Bem-vinda de volta à vida, Jéssica!

Publicado

em

Com o anúncio da deputada federal Jéssica Sales de que está curada do câncer, a euforia no MDB foi grande. Não apenas pelo fato de que poderá disputar o Senado, mas, porque é uma sobrevivente entre milhares de mulheres e homens que morrem afetados pela doença do câncer no Acre e no Brasil. Jéssica é médica e, mais do que ninguém, sabia que lutava contra um inimigo terrivelmente mortal.

Mas, como ela mesma revelou ao receber o telefonema do médico dando a notícia da cura: “O meu coração transborda alegria, exala gratidão e amor à Deus, à família e as pessoas”. Sim, ao povo, porque Jéssica desde o primeiro sintoma da doença não escondeu nada de ninguém, não sentiu vergonha de dizer: “Estou com câncer e posso morrer, mas vou lutar e vou sobreviver”. Lutou e venceu com ajuda da medicina, porém com fé e com as orações dos que clamaram a Deus pela sua vida.

Ana, mãe do profeta Samuel, um dos maiores na história dos hebreus, disse em sua oração de gratidão pela cura do útero, pelo milagre que recebeu: O Senhor faz descer a sepultura e faz subir, o Senhor abate e exalta, o Senhor tira um pobre do monturo e o faz assentar-se dentre os príncipes para herdar o trono de glória. Jéssica glorificou a Deus pela sua cura. Quem é o homem ou filho de homem para duvidar da sua fé? Para julgar seu coração? Bem-vinda de volta a vida, Jéssica Sales!

“A tua fé de curou”. (Jesus de Nazaré)

. Aos poucos, a pré-candidatura a vice de Márcia Bittar (PL) vai se diluindo entre os aliados do governador Gladson Cameli, principalmente dentro do PROGRESSISTA.

. Vai sendo assimilada como em processo que, a princípio, parecia estranho.

. Estranho mesmo só o mundo!

. Aliás, tudo é estranho.

. A Covid-19 voltou e a pergunta que se faz nas ruas é:

. Haverá Expoacre?

. Sim, desde que o povo se vacine, volte a usar álcool em gel e máscaras.

. Também crie o hábito de lavar as mãos!

. O deputado Jenilson não deveria atrelar sua candidatura ao governo as decisões do PT.

. Vai à luta, homem!

. A terra gira!

. E como gira!

. Muita reclamação nos municípios do interior, tem dinheiro para tudo, menos para medicamentos, pavimentação de ruas etc.

. Aprenda a votar!

. Bom dia!

Continuar lendo

Acre

84% dos empreendedores do Acre se declaram pretos ou pardos

Publicado

em

Os pequenos negócios são uma das principais forças motoras da economia brasileira. Dados de levantamento inédito feito pelo Sebrae mostram que apenas com a renda gerada pela atividade de Microempreendedores Individuais (MEI), juntamente com as Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, o segmento gera uma renda mensal para os empreendedores de R$ 35 bilhões, o que representa aproximadamente R$ 420 bilhões por ano.

O “Atlas dos Pequenos Negócios” revela que, em 2022, considerando a renda dos MEI em atividade, esse perfil de empreendedor gera, todos os meses, R$ 11 bilhões com o seu trabalho.

Um dos apontamentos do Atlas é que no Acre 84% dos empreendedores se declaram pretos ou pardos.

No período de um ano os Microempreendedores Individuais sozinhos injetam R$ 140 bilhões na economia brasileira. Já os donos de Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, geram, mensalmente, R$ 23 bilhões. No período de um ano, o total movimentado por esse perfil de empresa chega a R$ 280 bilhões.

Entre 2012 e 2021, o número de trabalhadores por conta própria no Brasil cresceu 26%, passando de 20,5 milhões para 25,9 milhões. Já o número de formalizações entre os MEI passou de 2,6 milhões para 11,3 milhões, um incremento de 323%. Isso significa um crescimento mais de 12 vezes maior entre os MEI se comparado com os donos de negócios que não se formalizaram.

De acordo com pesquisa do Sebrae, 28% dos MEI já atuavam fora do mercado formal, sendo que suas ocupações principais eram empreendedorismo informal (13%) ou empregado sem carteira (15%), quando decidiram adotar o regime do Microempreendedor Individual. A proporção de informais vem sendo reduzida ao longo do período (2013-2021), principalmente em relação ao empreendedor informal. Estima-se que 2,5 milhões de pessoas foram retiradas da informalidade, em 2021 (28% de 8,7 milhões de MEI em atividade), decorrente do registro do MEI.

Já em relação às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, 13% dos empreendedores eram informais antes da abertura do negócio, sendo que 6% já exerciam a atividade como empreendedor informal e outros 7% eram empregados sem carteira assinada.

Continuar lendo

Acre

Caravana do Desenvolvimento tem início em Senador Guiomard

Centenas de alunos participam dos cursos de qualificação profissional ofertados pelo Sistema FIEAC, em parceria com a Fecomércio, por meio do Senac, e Prefeitura do Quinari

Publicado

em

Teve início na segunda-feira, 4 de julho, em Senador Guiomard, mais uma edição da Caravana do Desenvolvimento. O mutirão gratuito de qualificação profissional é ofertado pelo Sistema Federação das Indústrias do Estado do Acre, que reúne FIEAC, IEL, SENAI e SENAI, em parceria com a Federação do Comércio (Fecomércio), por meio do Senac, e Prefeitura Municipal do Quinari.

Centenas de pessoas estão matriculadas e já começaram os cursos profissionalizantes, que seguem até o dia 22 de julho. Francisco Jandiro, de 56 anos, inscreveu-se nos cursos de Informática Básica e Cozinha Brasil. Ele está desempregado e pretende ficar melhor preparado para quando surgir uma oportunidade de trabalho. “Não podemos perder uma chance de ouro como essa. Trabalhei muito tempo em fazenda, tive alguns problemas na coluna, e agora quero atuar em uma atividade que exija menor esforço físico. Estou me qualificando para isso”, comentou.

Já Ana Lúcia Alencar Bessa trabalha com a venda de bolos e chocolates e optou por fazer quatro cursos da Caravana do Desenvolvimento para atualizar e ampliar seus conhecimentos. “Comecei nessa área após fazer um curso no SENAI. Agora, decidi fazer os cursos de Bolos e Tortas, Pães e Massas, Confeitaria Básica e Pizzaiolo. Deus abriu essas portas e temos que aproveitar ao máximo. Eu teria que me programar para fazer esses cursos e agora nem precisarei mais de todo esse esforço de deslocamento”, enfatizou.

Entre os cursos ofertados pela Caravana do Desenvolvimento em Senador Guiomard estão os de Montador de Móveis, Trabalho em Altura (NR-35), Aperfeiçoamento em Instalações Hidráulicas, Fabricação de Móveis sob Medida – MDF, Aperfeiçoamento em Pintura de Obras, Corte de Cabelo, Design de Sobrancelhas, Primeiros Socorros, Redação para o Enem, Leitura e Interpretação de Desenho Técnico, entre outros. As aulas são realizadas em carretas móveis do SESI e do SENAI e em espaços públicos da cidade.

Assessoria FIEAC

Continuar lendo

Acre

Acreana é eliminada e não segue para a final do Miss Brasil 2022

Publicado

em

O top 5 do Miss Universo Brasil 2022 foi anunciado na noite desta segunda-feira, 4, e a acreana Juliana Melo, não foi uma das integrantes escolhidas para a próxima etapa.

Com 27 anos, a cruzeirense foi eleita pelo segundo ano consecutivo para representar o Estado no concurso, que este ano está sendo realizado em formato de casting, uma seleção com análise dos perfis da melhor candidata.

As finalistas que seguem na disputa são as misses Rebeca Portilho, do Amazonas, Luana Lobo, do Ceará, Mia Mamede, do Espírito Santo, Isa Murta, de Minas Gerais e Alina Furtado, do Rio Grande do Sul.

A previsão para o anúncio da grande vencedora deve ser feito até o final do mês de julho.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!