Menu

Pesquisar
Close this search box.

Médicos ameaçam ação civil por falta de vigilantes armados em UBS’s de Rio Branco

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed) e o Conselho Regional de Medicina do estado (CRM/AC) divulgaram notas de repúdio após funcionários e pacientes da Unidade Básica de Saúde (UBS) Aeroporto Velho, na região da Sobral, na capital acreana, ficarem sob a mira de uma arma de fogo e terem seus pertences roubados nessa terça (2).


O Sindmed afirmou que cobrará urgência à prefeitura de Rio Branco a contratação de vigilantes armados para as unidades básicas de saúde.


Já o CRM, além de classificar o ato como episódio lamentável, diz que solicitou uma reunião com o Secretário de Segurança Pública e o Secretário Municipal de Saúde para discutir medidas urgentes para garantir a segurança de pacientes e servidores.

Anúncios


Veja abaixo as notas:


Nota oficial do CRM-AC sobre violência em unidade de saúde*


O Conselho Regional de Medicina do Estado do Acre (CRM-AC) vem a público manifestar sua profunda preocupação com o incidente ocorrido na Unidade Básica de Saúde (UBS) Aeroporto Velho na manhã desta terça-feira, 2. Diante do episódio de violência que afetou funcionários e pacientes, o CRM-AC destaca a necessidade urgente de reforço na segurança das unidades de saúde para garantir um ambiente seguro para todos.


Em resposta a esse lamentável acontecimento, o CRM-AC já solicitou uma reunião com o Secretário de Segurança do Estado do Acre e com o Secretário Municipal de Saúde para discutir medidas imediatas e efetivas que possam ser implementadas para evitar que situações semelhantes se repitam.


O CRM-AC reitera seu compromisso com a segurança e bem-estar dos profissionais de saúde e dos pacientes, e continuará a trabalhar incansavelmente para que as unidades de saúde sejam locais de atendimento seguro e de qualidade.


2 de julho de 2024


Dra. Leuda Dávalos


Presidente do CRM-AC


Nota de Repúdio do CRM-AC


O Sindicato dos Médicos do Estado do Acre (Sindmed-AC) repudia mais um ato de violência que vitimou trabalhadores da saúde e pacientes na manhã desta terça-feira, 02, na Unidade Básica de Saúde (UBS) Aeroporto Velho. A Diretoria desta entidade exige das autoridades agilidade na prisão dos assaltantes.


Para garantir maior segurança aos servidores e às pessoas que procuram atendimento, o Sindicato ainda cobrará urgência na contratação de vigilantes armados para as unidades básicas. Caso não haja resposta, uma ação civil pública será ajuizada com o objetivo de punir a Prefeitura, obrigando-a a adotar medidas efetivas de segurança em todas as unidades básicas de saúde, a exemplo do que o sindicato já fez no âmbito das unidades estaduais de saúde, ao obter uma tutela judicial que provê mais segurança aos seus usuários e trabalhadores.


A prefeitura será em breve oficiada pelo sindicato acerca do evento e da situação vivenciada por pacientes e trabalhadores.

Anúncios


A Diretoria desta entidade não aceitará medidas precárias como solução para a insegurança.


A Diretoria do Sindmed-AC


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido