Menu

Pesquisar
Close this search box.

Dependente químico recebe “corretivo” de criminosos com ripadas na cabeça

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

O dependente químico Francisco de Assis Nascimento, de 36 anos, conhecido como “Macaxeira”, foi agredido a golpes de ripa na noite dessa segunda-feira, 1°, após receber uma “disciplina” imposta por uma organização criminosa. O fato ocorreu na rua dos Operários, no bairro Boa Vista, na região da Baixada da Sobral, em Rio Branco.


Segundo informações da Polícia, Francisco estava na via pública quando membros da facção o abordaram e, munidos de uma ripa, aplicaram o corretivo. A vítima foi atingida com vários golpes na cabeça e sofreu um afundamento de crânio, além de vários hematomas pelo corpo. Após a ação, os criminosos fugiram do local.


O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado, e uma ambulância básica foi enviada. Os paramédicos prestaram os primeiros atendimentos a Francisco e, devido ao agravamento do quadro clínico, foi necessário solicitar o apoio da ambulância de suporte avançado. O paciente foi estabilizado e encaminhado ao Pronto-Socorro. Segundo o médico do SAMU, Francisco sofreu um Traumatismo Crânioencefálico leve, com sangramento ativo. Seu estado de saúde é estável, mas pode se agravar.

Anúncios


Policiais Militares estiveram no local, colheram as características dos autores do crime e, em seguida, realizaram patrulhamento na região em busca de prendê-los, mas eles não foram encontrados.


Populares informaram à reportagem que Francisco é morador antigo do bairro, usuário de drogas, e essa é a segunda disciplina que ele recebe da organização criminosa por furtar e roubar na região. O caso será investigado pela Polícia Civil.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido