Menu

Pesquisar
Close this search box.

Quadrilha acusada de comprar drogas no Peru tem prisão preventiva decretada

Receba notícias do Acre gratuitamente no WhatsApp do ac24horas.​

Os sete envolvidos na Operação Nárke 2 da Polícia Civil, realizada por meio da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DENARC) em diversas cidades, incluindo Assis Brasil, Rio Branco, Brasília e municípios em Goiás, tiveram a prisão preventiva decretada durante audiência de custódia em Epitaciolândia. As informações são da TV5.


A operação teve como objetivo desmantelar uma quadrilha que comprava drogas no Peru e as transportava para o Brasil. Foi conduzida pela Diretoria de Operações Integradas e de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública. Os entorpecentes tinham como destino final o estado de Goiás.


Entre os presos, que foram submetidos a exames de corpo de delito antes de serem transferidos para a capital do estado, destaca-se um estudante de medicina. As investigações começaram em janeiro deste ano, após a apreensão de 4 kg de drogas em uma encomenda destinada a Goiás. Com base nessa apreensão, a polícia implementou diversas medidas investigativas que permitiram identificar e desarticular o grupo criminoso.

Anúncios


Com informações da TV 5


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido