Piloto acredita em falha mecânica na tragédia que matou 12 pessoas em Rio Branco

Avião explodiu próximo à pista do Aeroporto Internacional de Rio Branco nesse domingo, 29, causando 12 mortes, entre passageiros e tripulação - foto: Davi Sahid

Receba notícias do Acre no grupo de WhatsApp do ac24horas.

Pedro Mendes é piloto com mais de 2 mil horas de voos em aviões Caravan, modelo que caiu e explodiu próximo à pista do Aeroporto Internacional de Rio Branco nesse domingo, 29, causando 12 mortes, entre passageiros e tripulação.


LEIA MAIS: Avião Caravan cai em Rio Branco, explode e 12 pessoas morrem


Em conversa com o ac24horas, Pedro ressaltou que só as investigações vão poder apontar com certeza a causa da tragédia, mas disse que, por conta das características do acidente, acredita em falha mecânica.


Pedro Mendes é piloto com mais de 2 mil horas de voos em aviões Caravan – Foto: Cedida

“Nesse tipo de acidente, durante a decolagem, o principal ponto que se pode observar é uma falha mecânica. É muito difícil que pela baixa altura tenha sido uma falha do piloto, até porque também levamos em conta a proximidade com a pista. Por isso, a possibilidade de ser uma falha mecânica é muito alta”, disse Mendes.


Pedro fala que o tipo de aeronave que caiu na capital acreana é considerado um dos mais seguros da categoria. “Realmente, em relação à aeronave, dos monomotores turbo-hélice, está entre os mais seguros do mundo. Agora, é preciso esperar a conclusão da investigação do acidente, que vai levantar as informações, inclusive sobre a manutenção do avião”, destaca.


O piloto tem mais de 12 anos de experiência na aviação e nos últimos dois anos voa no Caravan e já acumula mais de 2 mil horas de voo.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido