Maio de 2023 teve o menor índice de queimadas dos últimos 7 anos no Acre

Primeiro mês da estação seca na Amazônia, maio apresenta, historicamente, números relativamente baixos de queimadas. No Acre, em 2023, a quantidade de focos detectados pelo satélite de referência do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) neste mês é a menor dos últimos 7 anos.


Em maio deste ano, foram registrados apenas 8 focos de queimadas, contra 33 do ano passado. O ano em que tivemos um número menor de registros foi 2015, com apenas 2. Nos últimos 4 anos, a média de focos detectados pelo Inpe sempre esteve acima de 30.


De janeiro a até o dia 4 de junho, foram registrados 19 focos de queimadas no Acre, -71% do que no mesmo período do ano passado, quando foram detectados 66 focos de calor. É a maior redução para o período entre todas as unidades federativas, segundo o banco de dados do Programa Queimadas, do Inpe.


Já com relação à Amazônia na totalidade, somente em maio, foram contabilizados 1.692 focos, o segundo maior valor para o período desde 2005, só perdendo para ano passado, quando foram registrados 2.287 focos no mês.


A quantidade de focos registrados em maio é 58% maior do que a média para o mês (1.067 focos). Durante todo o ano – até 4 de junho – já foram contabilizados 5.425 focos, valor 3% maior que o observado no ano passado, quando foram detectados 5.228 focos de queimadas no bioma.


INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* Campo requerido
plugins premium WordPress