Conecte-se agora

Lar dos Vicentinos realiza campanha para arrecadar alimentos e produtos de higiene

Publicado

em

A direção do Lar dos Vicentinos está realizando uma campanha para arrecadar alimentos e produtos de higiene para conseguir proporcionar melhor qualidade de vida aos idosos que moram no local. Atualmente, são 47 idosos, com idade entre 60 e 104 anos, abrigados no Lar.

De acordo com a coordenação, a casa de acolhida está com dificuldades e precisa de alimentos como carne, frango, leite líquido e em pó, manteiga, bolachas para lanche, café, achocolatado, massa para mingau, óleo, macarrão, legumes, verduras, frutas e suco. Já os produtos de higiene mais necessários são desodorante spray, shampoo, lavanda, sabonete, fraldas g e gg.

“Nós estamos com dificuldades e apelando para a solidariedade das pessoas. Temos 47 idosos e mais 11 funcionários que almoçam no Lar dos Vicentinos. Estamos passando por mais uma fase difícil, com poucos recursos e um número grande de residentes e não estamos conseguindo suprir com qualidade nossas refeições. O dinheiro que tínhamos de emenda e o Cartão do Bem que eram usados para compra da alimentação já acabaram”, afirma Ana Sobreira, diretora do Lar dos Vicentinos.

Quem tiver o interesse em ajudar pode fazer as doações direto no Lar dos Vicentinos ou se preferir em dinheiro, pode usar o PIX 04.090.791.0001-04 (CNPJ).

Cotidiano

Demarcação de terras indígenas tem 14 processos prontos no Acre e 13 Estados

Publicado

em

Fotos Sérgio Vale/ac24horas

Existem 14 processos de demarcação de terras indígenas prontos para homologação pelo governo federal em vários Estados, incluindo no Acre, segundo a ministra dos Povos Indígenas, Sônia Guajajara.

“Temos 14 processos identificados, que estão com os estudos prontos, concluídos, já têm a portaria declaratória. A gente espera que o presidente Lula possa assinar a homologação”, destacou, sem entrar em detalhes.

A retomada desses processos foi um compromisso de campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No fim ano passado, durante a transição de governo, o grupo de trabalho temático sobre questões indígenas já havia incluído, no relatório, uma lista de áreas prontas para demarcação. Ao todo, elas somam cerca de 1,5 milhão de hectares.

São áreas localizadas em oito estados de quase todas as regiões do país: Ceará, Bahia, Paraíba, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Amazonas e Mato Grosso, além do já citado Acre. O governo anterior, de Jair Bolsonaro, havia paralisado todos os processos de demarcação de terras indígenas, o gerou diversos problemas à essas comunidades, como explica a ministra Sônia Guajajara. (com EBC)

Continuar lendo

Cotidiano

Inscrições para venda de alimentos no Carnaval de Rio Branco começam na segunda

Publicado

em

As inscrições para os interessados em comercializar produtos e alimentos durante o Carnaval da Família, na Arena da Floresta, em Rio Branco, estarão abertas a partir da próxima segunda-feira, 06.

Para participar é preciso demonstrar interesse até o dia 08 de fevereiro na sede da Secretaria de Indústria, da Ciência, do Comércio, do Empreendedorismo e do Turismo (Seicetur).

As vagas serão preenchidas por meio de sorteio, que ocorrerá no dia 10 de fevereiro, às 10h, no Quadrilhódromo do Arena da Floresta.

O Carnaval na capital inicia dia 17 de fevereiro, com a escolha da Realeza, e se estende até a quarta-feira de cinzas. Além de diversos shows de artistas locais, a programação conta ainda com um baile infantil e outro da melhor idade.

Continuar lendo

Cotidiano

Mais de 6 toneladas de carne podem não ter sido entregues no presídio da capital

Publicado

em

O Instituto de Administração Penitenciária do Acre (IAPEN) decidiu abrir um procedimento para apurar a denúncia de que a empresa fornecedora de alimentação para os detentos estaria mandando a proteína, seja carne bovina, ave ou peixe fora do que é estipulado pelo contrato.

O assunto e a decisão da abertura de um procedimento administrativo foram temas de uma reunião entre os policiais penais, que são os fiscais do contrato, e o representante do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC).
A comida fornecida aos detentos do Complexo Penitenciário Francisco de Oliveira Conde é realizada por uma empresa vencedora de uma licitação, mas conta com o trabalho dos presidiários. Além de nutricionista e outros funcionários contratados, cerca de 40 apenados trabalham no local.

Caso a denúncia seja confirmada, pode significar que em um mês cerca de 6 toneladas de carne deixaram de ser entregues pela empresa. Se feita uma conta simples, colocando a R$ 20 o quilo da proteína, o contribuinte estaria pagando em torno de R$ 120 mil mensais em carne que não chegou na boca dos detentos.

“Os policiais penais me mostraram dezenas de notificações de irregularidades dessa empresa. A mais grave é que no contrato está especificado que a proteína carne tem que vir com uma gramatura e 150 a 180 gramas. De acordo com a denúncia dos fiscais do contrato, a empresa estaria fornecendo apenas 100 gramas. A pequena quantidade de carne já tinha sido objeto de reclamação dos detentos. Isso é seríssimo, já que se for comprovada, a empresa estaria ganhando 200 quilos de carne por dia, já que são mais de 3 mil marmitas fornecidas diariamente. Dependendo do resultado desse procedimento de investigação, o IAPEN pode até rescindir o contrato e assinar com outra empresa”, afirma o promotor de justiça Tales Tranin.

A reportagem do ac24horas procurou também a presidência do IAPEN. Glauber Feitoza confirmou que o instituto vai abrir o procedimento de investigação. “Vamos apurar esse fato. Nossa fiscalização tem sido constante quanto ao controle da alimentação fornecida, assim como a gramatura do que vem especificado no contrato. Na próxima semana, vamos abrir o procedimento administrativo para apuração, cobrando as devidas medidas para que a empresa cumpra com o que está no contrato”, disse.

A empresa que tem o contrato de fornecimento de alimentação para o presídio é a Gran Nutriz, empresa de Brasília. A reportagem tentou entrar em contato com a empresa, mas não obteve êxito. O espaço segue aberto, caso haja interesse em se manifestar.

Continuar lendo

Cotidiano

Sesacre informa duas mortes e 28 novos casos de Covid-19 ao longo da última semana

Publicado

em

Apesar do registro de poucos novos casos, a Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre),informou que dois óbitos causados pela Covid-19 foram registrados da semana que compreende o dia 28 de janeiro até esta sexta-feira, 3 de fevereiro. Agora, o número oficial de mortes pela doença chega a 2.043 em todo o Acre.

As mortes são da paciente M. J. A., de 81 anos, deu entrada no Pronto-Socorro de Rio Branco no dia 14 de janeiro e faleceu no dia 27 do mesmo mês e do paciente J. C. B. R., de 61 anos, deu entrada na Fundação Hospitalar do Acre no dia 14 de janeiro e faleceu no dia 31 do mesmo mês.

O boletim também atualiza o número de novos casos. De acordo com a Sesacre, apenas 28 novos casos foram registrados, o que dá uma média de 4 casos diários.

O número de infectados notificados é de 160.191 em todo o estado.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.