Conecte-se agora

Disputa entre Marina e Izabella, pode fazer Lula optar por Jorge Viana como ministro

Publicado

em

​​A disputa nos bastidores da transição entre as ex-ministras do Meio Ambiente Marina Silva (Rede-SP) e Izabella Teixeira criou um dilema para Luiz Inácio Lula da Silva: a depender do modelo escolhido para a Autoridade Climática, que ele prometeu criar na campanha, uma delas pode acabar fora do governo em 2023.

Até o momento, a tendência de Lula é dar o ministério para uma e a autoridade para outra. Mas, segundo fontes dos grupos de meio ambiente na transição, Marina tem insistido para que a autoridade fique vinculada ao Ministério do Meio Ambiente (MMA), enquanto para Izabella o ideal é que essa estrutura seja diretamente ligada à Presidência da República. E ainda: interlocutores de Izabella dizem que ela aceitaria ser ministra, mas, se a Autoridade Climática ficar sob o controle do MMA, ela não topa comandá-la.

As ex-ministras têm um histórico de atritos na área ambiental, que vem desde o governo de Dilma Rousseff. Já divergiram sobre o Código Florestal aprovado na gestão Dilma e também sobre a construção da usina de Belo Monte, também iniciada com Dilma. No caso atual, a discussão sobre a autoridade climática, estão em jogo a governança e o funcionamento do da política ambiental do futuro governo — além, é claro, da disputa de poder.

As duas propostas foram detalhadas nos relatórios da transição para o meio ambiente e já entregues ao vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) pelo coordenador dos trabalhos , o ex-governador do Acre Jorge Viana (PT). Elas devem ser apresentadas a Lula nos próximos dias.

O grupo de Izabella sugeriu que fosse criada uma secretaria especial na Presidência da República, com poder para comandar e coordenar ações relativas à sustentabilidade e meio ambiente em vários ministérios. A ideia desse grupo é que, sob o comando de Lula, a pauta climática seria “empoderada”, além de evitar problemas como os já ocorridos no passado, quando os interesses de ministérios como Agricultura ou do Desenvolvimento Econômico se chocavam com os do Meio Ambiente.

Já para o grupo de Marina Silva (Rede-SP), eleita deputada federal em outubro passado, a vinculação da Autoridade ao MMA seria necessária porque a agenda climática tem que estar associada aos temas da pasta, a exemplo de iniciativas como o Fundo Amazônia e o Fundo do Clima. A proposta de criar essa autoridade foi uma das que Marina apresentou como condição para aderir à candidatura de Lula, ainda antes do primeiro turno das eleições.

“O argumento em favor do MMA é forte, mas a questão climática envolve de 8 a 10 outros ministérios, como Agricultura, Transportes, Minas e Energia. Se a Autoridade ficar submetida ao Meio Ambiente, o ministério vai acumular brigas sucessivas com os outros. Se ficar na presidência, as decisões já serão pactuadas com mais força e operacionalidade, e menos conflito”, disse o ex-ministro Carlos Minc (PSB), membro da transição.

Defensores da segunda solução citam arranjos institucionais que já funcionam em outros países — como os Estados Unidos, onde não há ministério do Meio Ambiente, e o presidente Joe Biden nomeou o ex-secretário de Estado John Kerry como enviado presidencial especial para o clima. Kerry fica diretamente ligado ao presidente e trabalha em conjunto com outras agências governamentais ligadas ao tema.

A Alemanha, que transformou seu Ministério da Economia em uma pasta para Bem-Estar e Proteção Climática, distribuiu as atribuições ligadas ao meio ambiente em quatro ministérios diferentes.

No Brasil, há ainda um debate sobre com quem ficará a representação do país na discussão climática internacional — em que tanto Marina Silva como Izabella costumam circular bastante.

As duas, porém, acumulam um histórico de diferenças de conceito e de atritos pessoais que se tornaram explícitos durante a campanha eleitoral de 2014.

Depois de criticar o governo de Dilma Rousseff por Belo Monte e o Código Florestal, Marina disse na ocasião que Dilma representava um retrocesso na área do desenvolvimento sustentável, e acusou sua gestão petista de ser “conivente” com o desmatamento na Amazônia – na prática, uma estocada em Izabella, que era a ministra. A presidente então respondeu dizendo ter feito mais pela Amazônia que Marina.

Com esse histórico e visões diferentes do que deve ser a gestão ambiental do novo governo, nenhum dos membros do grupo da transição acredita que as duas poderiam se acomodar no mesmo ministério.

Nesse caso, Lula poderá indicar aliados que correm por fora da disputa pelo MMA, como o do ex-governador do Acre Jorge Viana (PT), coordenador do GT de Meio Ambiente, e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Lula tem menos de um mês para solucionar o xadrez.7

FONTE: O GLOBO

Destaque 4

Rio Branco abre inscrições para a matrícula na rede de ensino da educação infantil

Publicado

em

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Seme), está com inscrições abertas para o preenchimento de vagas nas unidades de educação infantil do município.

Para realizar a inscrição, o pai e/ou responsável deve entrar no site da prefeitura, http://www.riobranco.ac.gov.br/, para acessar o formulário online ou se preferir, de forma presencial, se dirigir até a unidade educativa, no período de 1 a 7 de fevereiro, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Para o processo de inscrição é necessário apresentar ou anexar as cópias da Certidão de Nascimento ou RG da criança, Cartão do Auxílio Brasil, se for o caso; e a cópia do laudo médico da criança ou do responsável com deficiência, se for o caso.

Segundo a gerente do Departamento de Gestão de Rede Escolar da Seme, Gervânia Mota, este ano a prefeitura ofertará mais de 4 mil vagas, distribuídas entre o Centro de Integração (CEI), creche, pré-escola I e II, e o berçário que é um projeto-piloto que será implantado no CEI Maria Danila Pompeu, na Cidade do Povo, devido à estrutura do espaço.

“Este ano, nós temos ofertas desafiadoras para atender a sociedade que precisa deste serviço de deixar sua criança em um local educacional apropriado. A pedido do prefeito, estaremos realizando o recebimento das crianças a partir dos 6 meses de vida e a inovação de recebermos crianças a partir de 1 ano e 7 meses nas creches”, explicou.

Após a confirmação da inscrição, o sorteio será realizado de forma presencial no dia 10 de fevereiro, às 9h nas dependências de cada instituição educativa à qual a criança foi inscrita.

“Se nas unidades educativas houver uma procura acima do que a nossa unidade comporte, o critério será o de sorteio. Logo que a criança seja contemplada a escola estará disponibilizando o dia para que o pai leve a documentação necessária”, disse.

Os pais responsáveis das crianças sorteadas, serão convocados para efetivação das matrículas, na instituição, no período de 13 a 17 de fevereiro, das 7h às 11h e das 13h às 17h. Os documentos necessários para a efetivação da matrícula são: 2 fotos 3×4, cópia da Certidão de Nascimento, declaração de Vacinação em Dias (DVD), cópia do comprovante de endereço, com CEP, cópia do Cartão do SUS e a cópia do NIS da criança, se houver.

Continuar lendo

Destaque 4

Escola SESI realiza acolhida a professores e colaboradores para o ano letivo de 2023

Publicado

em

Refletir, transformar, planejar, sentir, engajar, agir e alegrar-se. Essas foram as palavras inseridas pela Escola SESI no painel de boas-vindas a professores e colaboradores que atuarão na unidade de ensino no ano letivo de 2023. A tradicional acolhida foi realizada na tarde da última quarta-feira, 1º de fevereiro, no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC).

O evento teve uma série de atividades e contou com a palestra da comunicóloga Vanessa Igami, que abordou como tema “A comunicação no processo de ensinar e aprender”, detalhando como a liderança afetiva pode contribuir com a transformação destes novos tempos.

Na abertura do evento, o superintendente do SESI, João César Dotto, deu boas-vindas a todos e ressaltou os desafios para este novo ano. “Vocês têm uma jornada que é das mais importantes. Estamos investindo bastante na nossa infraestrutura e também na qualificação de toda a equipe para proporcionar a melhor educação aos nossos estudantes. Nossa responsabilidade é enorme e estamos preparados para avançarmos cada vez mais”, frisou.

Já a diretora da Escola, Maria Regiana Araújo, pontuou que o momento era de grande felicidade. “Sejam bem-vindos ao ano letivo de 2023. Essa acolhida tem muita simbologia. Agradeço à Gerência de Educação por organizar esse evento maravilhoso e por proporcionar essa recepção que transborda a alegria característica da Escola SESI”, destacou.

Suzi Maria de Oliveira, gerente de Educação do SESI, enalteceu o profissionalismo dos colaboradores da instituição e externou seu orgulho por fazer parte de uma equipe tão competente. “Nossa missão é ofertar educação de qualidade. Temos inúmeros desafios, novas plataformas educacionais, o programa de educação tecnológica terá mudanças e vamos melhorar ainda mais a nossa atuação”, salientou.

O ano letivo na Escola SESI de Rio Branco terá início no dia 13 deste mês de fevereiro. Mais de mil estudantes estão matriculados para turmas que vão da Educação Infantil ao Novo Ensino Médio.

ENTREGA DE CERTIFICADOS – Durante o evento, foram entregues certificados aos colaboradores e gestores que concluíram o Programa SESI de Gestão Escolar (PSGE) após participarem do grupo de trabalho intitulado GTAP, visando aperfeiçoar e dar maior transparência aos processos escolares, otimizar custos e garantir sua sustentabilidade, bem como melhorar os resultados de aprendizagem dos alunos. Foram 200 horas de formação e atividades no período de agosto de 2021 a outubro de 2022. A iniciativa foi coordenada pelo Centro SESI de Formação em Educação do Departamento Nacional.

Continuar lendo

Destaque 4

Prefeito Bocalom nega boicote a vice Marfisa e diz que sempre a tratou como “filha”

Publicado

em

Na chegada da abertura dos trabalhos legislativos da Câmara de Vereadores de Rio Branco, que acontece na manhã desta quinta-feira, 2, na sede da Federação das Industrias do Acre (FIEAC), o prefeito Tião Bocalom fugiu da polêmica que envolve sua vice-prefeita e secretária de Assistência Social, Marfisa Galvão.

Marfisa, durante entrevista ao Bar do Vaz, nesta quarta-feira, 1º, disse, entre outras coisas, que não tem suas reivindicações atendidas e que Bocalom atrapalha seu marido, o senador Sérgio Petecão. Ela ainda afirmou que a população está insatisfeita com a gestão que faz parte.

ASSISTA:
Marfisa diz que indicados por Bocalom não trabalham e que prefeito atrapalha Petecão

Perguntado sobre as declarações, Bocalom saiu pela tangente e não quis polemizar. “O que posso dizer é que o tempo é senhor de tudo, da verdade e dono da razão. Eu estou focado é no trabalho, eu preciso dar resultado, a população de Rio Branco espera que a gente recupere as ruas, inicie o nosso programa de habitação e que possamos melhorar a educação e saúde”, afirmou.

Bocalom disse ainda que sempre tratou Marfisa como filha. “Não existe boicote, o que pode ter havido são alguns contratempos que são naturais da gestão. Ela é a minha amiga pessoal, gosto muito dela e a sempre tratei como filha”, disse o prefeito.

Com produção de Whidy Melo

Continuar lendo

Destaque 4

Polícia acaba com reunião de organização criminosa, prende um e apreende drogas

Publicado

em

Uma ação dos Policiais Militares da ROTAM do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) resultou na prisão de Nathan Amâncio Mendonça, de 19 anos, pelo crime de tráfico de drogas, na noite desta quarta-feira, 1°, em uma residência situada na Travessa 14 irmãos, no Ramal do Macarrão no segundo distrito de Rio Branco.

A guarnição Policial recebeu informações que em uma residência na travessa 14 irmãos estava ocorrendo um reunião de faccionados. Os Policiais Militares se deslocaram até o bairro e quando se aproximaram da casa ao qual os faccionados estavam, eles perceberam a guarnição Policial, pularam as janelas da casa e correram pra uma área de mata e conseguiram fugir. Durante a fuga os criminosos trocaram tiros com os policiais e ninguém saiu ferido.

O membro da facção, Nathan, não quis correr quando os policiais chegaram e ficou dentro da casa. A guarnição policial fez busca na residência e encontrou uma barra grande de maconha e outras duas menores, balança de precisão e material para embalar o entorpecente.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão e Nathan foi encaminhado juntamente com as drogas à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.