O encanto da Copa do Mundo está de volta, mesmo que a passos lentos. Ruas enfeitadas, crianças interagindo com os vizinhos e muita descontração. Quatorze ruas da capital acreana se inscreveram no concurso ‘Minha Rua é Louca pelo Brasil’, que este ano está em sua sétima edição realizada pela Associação Comercial, Industrial, de Serviço e Agrícola do Acre (Acisa). ­

 

Em 2022, o concurso foi lançado no mês de outubro e a data limite para as inscrições foi a última sexta-feira (18), na sede da Acisa. Até agora, apenas a rua Alércio Dias, situada no bairro Cadeia Velha, que não conseguiu se inscrever em Rio Branco, deu início, de fato, à ornamentação da via nesse final de semana. As demais ainda aguardam a compra dos produtos necessários, doações e até mesmo recapeamento asfáltico por parte da prefeitura municipal.

 

 

Seu Careca, como é conhecido por amigos e familiares, tem 74 anos e mostrou ao ac24horas detalhes da pintura que ele e os vizinhos vêm empregando na rua Alércio Dias. As crianças participam ativamente do trabalho ao lado dos familiares. Na primeira visita em Rio Branco, no dia 23/11, em que haverá jogo entre Brasil x Sérvia, os jurados irão avaliar as ruas: João Batista, Quadra 08, na Cidade do Povo, Rua Jaguar, no Loteamento Santa Luzia; Rua Jaubaté, no Residencial Novo Eldorado II e a Rua México, na Baixada da Habitasa.

 

No dia 27/11, no jogo entre Brasil x Suíça, as ruas visitadas serão: Avenida Eugênio Beco Bezerra, 100, no Condomínio Green Garden; Rua Railson Nascimento, Setor III, Cidade do Povo; Rua 16 de Outubro, no bairro Quinze; Rua Amoty Pascoal, no Wanderley Dantas e Rua Longuinho da Silva, 179, no Tangará.

 

Na terceira visita, dia 01/12, quando Brasil enfrenta Camarões, a avaliação será das ruas: Avenida São Pedro, no Raimundo Melo; Rua Formosa, no bairro Nova Estação; Travessa Abacabeira, na Vila da Amizade; Rua Alameda Manacás, na Chácara Ipê e Rua Nova Andirá, no Cidade Nova.

 

 

A participação no concurso é gratuita e limitada a 30 vagas entre ruas abertas e dentro de condomínios. Com a ação, busca-se renovar o espírito esportivo e patriótico junto à seleção brasileira e seus atletas. “O principal objetivo do concurso é chamar as pessoas para uma confraternização. Às vezes, no corre-corre do dia a dia, elas não têm tempo nem para conversar com o vizinho, então esse é o momento de confraternizar através de uma pintura na rua, dos enfeites”, conta o organizador do projeto no Acre, Pedro Silva.

 

O concurso também é uma forma de o estado fomentar as vendas de adereços, roupas e outros produtos no comércio voltado à Copa do Mundo 2022. “A criatividade e originalidade são os pontos altos e que emocionam os jurados, o que realmente pode dar as maiores notas”, afirma Silva.

 

Uma reunião com todos os representantes das ruas inscritas ocorrida na última sexta-feira alinhou os últimos detalhes do concurso. “Já é comum as pessoas se reunirem com a família ali na rua, em confraternização desse momento com churrasco, bebida, e a gente faz incrementar ainda mais esse kit comemoração”, explica o coordenador.

 

Representantes de ruas inscritas no concurso em Rio Branco se reúnem na Acisa

 

As premiações serão realizadas a cada jogo do Brasil, quando a rua vencedora irá receber kits esportivos no valor de R$ 2 mil e um kit churrasco. Já na grande final, as ruas selecionadas irão concorrer a uma moto 0 km. “Há premiação que agrada as crianças, os jovens, que são os troféus, bolas de futebol, handebol, vôlei e basquete”.

 

Com apoio do governo do Acre e da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Acre (Federacre), a Acisa conseguiu levar o evento para seis cidades acreanas este ano, sendo elas: Rio Branco, Feijó, Tarauacá, Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves e Mâncio Lima. As 14 ruas inscritas na capital vão ser divididas nos três primeiros jogos da seleção. Em cada jogo, uma rua será campeã. “Vai ser avaliada, principalmente, a criatividade, porque não é só colocar bandeirola, pintar, mas as danças, a forma como recebem os jurados, a originalidade”, destaca Pedro.

 

 

A competição já é tradicional na capital acreana. Segundo a Acisa, nesta edição o intuito é fomentar o sentimento de brasilidade, o associativismo, o cooperativismo e a harmonia entre os moradores nos bairros da cidade. Além disso, visa melhorar as relações entre as comunidades e fortalecer a torcida pela equipe brasileira de futebol em suas competições oficiais, bem como aquecer a economia dos setores comerciais envolvidos nas festividades.

 

Para participar do concurso, foi necessário um mínimo de 5 e máximo de 8 moradores ou comerciantes residentes ou estabelecidos em 5 ou 8 casas ou lojas diferentes da rua. Eles organizaram mutirão para eleger um representante que assume as responsabilidades oriundas da decoração da rua ou condomínio e da participação na disputa.

 

Assista ao vídeo:

RUA COPA
play-rounded-fill
Previous
Next
error: Este conteúdo é protegido.