Conecte-se agora

Família que vivia em barraco dentro de matagal recebe doações

Publicado

em

Nos últimos dias, o ac24horas mostrou a realidade de Juliana Gomes, que grávida e com mais três filhos, passava por uma situação de desespero. Morando em um barraco construído em uma área de floresta de Rio Branco, o pedido de ajuda da família foi ouvido.

Após a publicação, diversas pessoas ajudaram as crianças, a mulher e seu marido com presentes, alimentos e objetos para casa. O pequeno Júlio Gabriel, que não aguentando o calor que faz no Estado, implorou que pelo menos um ventilador fosse entregue, recebeu 4 para todos.

“Eu ganhei 1 botija de gás, 4 sacolões, fios para iluminação e mais uma quantia em dinheiro”, disse Juliana.

Além disso, a prefeitura da capital conseguiu inscrever os moradores no Aluguel Social, com pagamento previsto depois de 30 dias. Faltando quase um mês para receber o benefício, o valor correspondente também foi doado e a família logo estará na nova residência.

“Estamos acompanhando o caso da família, junto a diretoria de assistência e a divisão de benefícios eventuais. Eles logo serão atendidos com o aluguel social. Não vão ingressar agora porque o dono do local alugado não aceitou esperar receber o dinheiro só daqui a 30 dias”, explicou Rila Freze, diretora dos Direitos Humanos da prefeitura de Rio Branco.

Assista ao vídeo:

video
play-rounded-fill

Acre 01

Justiça penhora bens de vereador por não quitar multa de R$ 22 mil por desmatamento ilegal

Publicado

em

O juiz Cláudio Gabriel de Paula Saide, da Vara Federal Cível e Criminal da SSJ de Cruzeiro do Sul – AC, resolveu deferir o processo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA e resolveu penhorar bens materiais de Valdozinho Vieira do O, conhecido por Valdo do O, vereador no município de Tarauacá pelo PSDB.

De acordo com os autos do processo, Valdo é acusado por suposto crime ambiental, consistente em “desmatar sem autorização 4,5 ha de mata primária, entre os anos de 2004/2005” – na Zona Rural de Tarauacá, no interior do Acre.

Contudo, o juiz federal destacou que mesmo com a multa aplicada pelo IBAMA, o vereador não quitou o débito, com isso, o órgão decretou a penhora dos bens do parlamentar – uma moto modelo YAMAHA/LANDER XTZ250, placa: QLY0701; um caminhão, marca/modelo: FORD/F4000 4X4, placa: NPB1357; e uma caminhonete, marca/modelo: MMC/L200 4X4 GLS, placa: MZW8398. “É para garantir a execução, cujo débito exequendo até a data de dezembro de 2021, importa no valor de R$22.289,78, a ser atualizado na data da sua quitação”, diz trecho do documento.

Depois de efetivada a penhora, Valdo do O poderá apresentar embargos à execução, no prazo de 30 (trinta) dias. “Os bens penhorados poderão ainda ficar depositados em mãos do vereador e, no caso de recusa deste, em mãos de terceira pessoa, sob o compromisso de guardá-lo e conservá-lo”, diz a decisão judicial.

A reportagem do ac24horas tentou contato com o parlamentar, contudo, não obteve resposta até o fechamento da matéria.

Continuar lendo

Na rede

Assaltantes invadem casa em Cruzeiro do Sul mantém homem em cárcere privado

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira, 29, dois assaltantes, Quele Gomes de Souza e Carlos Eduardo, invadiram uma casa no bairro Formoso, em Cruzeiro do Sul, amarraram e amordaçaram o dono, Edmar Tomas da Silva, e tentaram levar pouco mais de R$ 1.000,00 da vítima. A dupla usava uma arma de pressão e um deles era monitorado pela Justiça, com o uso de tornozeleira eletrônica. A Polícia Militar agiu rápido, prendeu a dupla, recuperou o dinheiro e a moto usada pelos assaltantes.

“Os dois abordaram um cidadão ao sair de casa, amarraram e tentaram levar dinheiro e objetos de valor. Nossa guarnição conseguiu chegar no momento e impedir a continuidade do fato e os dois foram presos”, contou o comandante da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul tenente coronel Edivan Rogério.

Edmar contou à polícia que recebeu socos dos assaltantes e que foi ameaçado de morte para entregar o dinheiro. Durante a ação, quando a PM chegou ao local, após ser acionada por vizinhos da vítima, um dos assaltantes, Quele Gomes de Souza, se identificou como filho do dono da residencia, voltou para dentro da casa e nesse momento a dupla tentou fugir sendo presa em seguida.

A vítima passou mal e o Serviço Móvel de Urgência – SAMU, foi chamado e o homem foi levado para o Hospital do Juruá com a pressão alta.

Continuar lendo

Acre 01

Rua de Rodrigues Alves, no interior do Acre, pode barrar ruas de Rio Branco

Publicado

em

O hábito de ornamentar as ruas voltou com força total entre os acreanos nesta Copa do Mundo e a competição do Concurso Minha Rua é Louca pelo Brasil, tornou a ação, mais que uma diversão entre amigos. Na maioria dos municípios, os moradores se unem e investem alto na pintura, uso de bandeiras, tecidos e outros adereços e apresentam belos resultados.

Em Rodrigues Alves, várias ruas estão enfeitadas e na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, no Bairro Manoel Gomes, o resultado do trabalho dos moradores, chama atenção de quem passa pelo local. A via se destaca pelo volume e beleza da ornamentação.

O investimento foi de R$ 7 mil. Foram utilizados mais de 100 litros de tinta e 1.400 metros de tecido com as cores da bandeira do Brasil. Um mini campo de futebol foi feito no local.

“Nós levamos 20 dias para deixar tudo pronto e foi muito bom estar com os vizinhos nesta confraternização para deixar a rua bonita”, relatou Orlenildo Bussons, um dos moradores mais antigos

Nesta segunda-feira,29, a comissão organizadora da Promoção, formada pela Associação Comercial, Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Acre – Federacre, esteve no local avaliando a rua, a apresentação de coreografias e o resultado deverá ser anunciado em 2 de dezembro, dia do jogo entre Brasil e Camarões no Parque Municipal. O prêmio para a rua vencedora de Rodrigues Alves é um boi.

Além do Manoel Gomes, participam da promoção em Rodrigues Alves, os bairros Roberto Leite, Centro, Cohab, Dario Pereira e São Francisco.

Veja o vídeo da rua:

Continuar lendo

Extra Total

Avança PEC que permite cessão de servidor ser paga por órgão onde ele vai trabalhar

Publicado

em

Em audiência conjunta, as Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Serviço Público aprovaram da Assembleia Legislativa aprovaram nesta terça-feira (29) a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que promove algumas mudanças na Constituição do Estado do Acre, tratando da cessão de servidor público e transforma para lei ordinária a estruturação básica da administração, medida que atualmente requer Lei Complementar e revoga o caráter honorífico nos mandatos dos conselhos estaduais e municipais, permitindo pagamento de jeton para conselhos.

O ponto mais polêmico é a mudança da Lei Complementar para lei ordinária, a estruturação do governo. Já os demais pontos foram aprovados sem ponderações. “Não vai pagar, mas permitir que se pague”, explicou o líder do governo na Aleac, deputado Pedro Longo (PDT), acerca da possibilidade de jeton aos conselheiros.

De acordo com a PEC, no caso da cessão de servidor, o ônus passará ao órgão após período de ajuste de um ano. Hoje há desestruturação de algumas carreiras, como a de contador, no Poder Executivo, devido à cessão desses profissionais. “Na medida em que você abre mão de algumas alterações diminui o quórum dessas mudanças”, disse o deputado Edvaldo Magalhães, observando que o Legislativo tem sua importância diminuída com essa PEC. “Não é bom para a democracia”, completou.

Edvaldo lembrou que matéria semelhante foi apresentada há mais de vinte anos, no governo de Jorge Viana, e foi retirada após forte discurso contrário do então deputado João Correia.

Magalhães apelou por uma conversa entre parlamentares e a Mesa Diretora da Aleac, uma vez que a cessão de servidores tem a ver com a gestão do Poder Legislativo, o que foi acatado.

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.