Conecte-se agora

Justiça aperta o cerco contra crimes eleitorais

Publicado

em

Faltando apenas cinco dias e algumas horas para as eleições deste ano, a Justiça Eleitoral vai apertar ainda mais o cerco contra a prática de crimes eleitorais no Acre. O Ministério Público Eleitoral, às Polícias Federal e Civil já investigam denúncias que chegam a cada momento sobre prática de crimes eleitorais dos candidatos. Outro agravante, são as pegadas de irregularidades deixadas nas prestações de contas apresentadas até agora. Contas não aprovadas impedirão a diplomação e a eventual posse dos eleitos.

Na reta final de campanha, segundo as estatísticas, é o momento em que ocorrem as maiores operações contra a compra de votos. Apesar do rigor da Justiça Eleitoral, o caixa dois continua abastecendo as campanhas eleitorais, ou seja, dinheiro vivo para a compra de votos. A maior dificuldade dos candidatos hoje é transformar os recursos públicos de campanha do Fundo Especial Eleitoral, o “Fundão” de campanha em dinheiro vivo. Para isso, são usadas notas fiscais fictícias e laranjas.

Outra observação que a Justiça Eleitoral está levando a sério é o grande volume de campanha de alguns candidatos incompatível com os recursos ínfimos recebidos. A grande quantidade de votos recebida por um candidato pode ser incongruente com o baixo volume de recursos levando à conclusão de uso de caixa dois. O inverso também acontece, quando um candidato recebe muito dinheiro, mas não tem votos. O crime é conhecido como efeito laranja e atinge principalmente candidatas mulheres.

“O primeiro método para estimar a inteligência de um governante é olhar para os homens que tem à sua volta”. (Maquiavel)

. O candidato ao governo Sérgio Petecão, PSD, trabalha para desmoralizar todas as pesquisas que o colocam com apenas 5%, ou seja, apenas cerca de 30 mil votos (dos votos válidos).

. A candidata Mara Rocha (MDB) vai no mesmo rumo.

. Aliás, Mara tanto bate no candidato Gladson quanto no candidato Jorge Viana, que nas pesquisas aparece em primeiro e segundo lugar respectivamente.

. Tirando um pouco da acidez, ela está correta, afinal de contas, não é a eleição do Papa pelos cardeais no Vaticano.

. Já o candidato Gladson, entre um sorriso e outro, vai se movimentando com Ney Amorim a tira colo tentando virar o jogo para cima do Alan Rick, candidato ao Senado sempre bem-posicionado nas pesquisas.

. Sábado foi dia de carreata do candidato a deputado estadual Tarcísio Pinheiro ao lado da família e de muitos amigos.

. Outro que está que nem doido comendo milho assado é o candidato a deputado estadual Eber Machado; dorme depois da meia noite e acorda às quatro da madrugada.

. Em uma reunião que eu mesmo participei no sábado à noite no bairro Conquista, 25 participantes não tinham candidato a DEPUTADO FEDERAL.

. Para o SENADO, a maioria indecisa entre três e quatro nomes.

. Para o governo, a maioria na reunião era Gladson com alguns Jorge Viana, Petecão e Mara Rocha.

. Como se diz a frase inventada pelo Lula:

. Está chegando a hora da onça beber água.

. E como está!

. Bom dia!

Coluna do Astério

Gladson e o segundo mandato!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

O político avestruz!

Publicado

em

Continuar lendo

Acre

Ex-prefeito Marcus Alexandre poderá ir para o Dnit

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Guinada à esquerda!

Publicado

em

Continuar lendo

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas

error: Este conteúdo é protegido.